Sema participa de reunião do Comitê de Bacia do Rio Grande em Barreiras

1562926967Materia

Encerrando uma agenda de trabalho na região Oeste da Bahia, o secretário estadual do Meio Ambiente (Sema), João Carlos Oliveira participou na quinta-feira (11), no município de Barreiras, da reunião ordinária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Grande (CBHG). Dentre as pautas discutidas, destaca-se a apresentação da contratação do Plano de Bacia do Rio Grande que vai beneficiar as cidades de Luís Eduardo Magalhães, Catolândia, Cristópolis, Cotegipe, Wanderley, Angical, Barreiras, Riachão das Neves, Santa Rita de Cássia, Mansidão e  Formosa do Rio Preto.

De acordo com o presidente do CBHG, Demósthenes Júnior, a expectativa é muito grande na questão de já iniciar os próximos estudos. “Iremos agora apreciar o plano de trabalho para consolidar de fato o plano de Bacia do Rio Grande. Assim, Estado e a sociedade, com seus vários atores sociais, irão ter ferramentas importantes para realizar uma gestão eficaz dos recursos hídricos na região”, destacou. Na ocasião, o coordenador de Recursos Hídricos do Inema, Bruno Jardim, explicou aos membros do Comitê a proposta para a cobrança pelo uso da água e abordou o tema sobre outorgas.

Entre os outros encaminhamentos da reunião, também teve a apresentação do plano de manejo da Área de Proteção Ambiental (APA) da Bacia do Rio de Janeiro, situada entre Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, que está sendo elaborado pelo Inema e que precisa ser examinado pelos conselheiros. Outro ponto discutido foi a proposta de um encontro promovido pelo CBHG, com a participação de secretários municipais do Meio Ambiente e de Educação de todos municípios da Bacia para a formatação de um programa de educação ambiental na região do Rio Grande.

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Grande é um colegiado de caráter consultivo  normativo e deliberativo, instituído pelo Governo do Estado e composto por representantes dos poderes públicos municipal, estadual e federal, representantes da sociedade civil organizada e dos usuários da água. Sua função é discutir e deliberar sobre os assuntos de interesse comum, visando a harmonização do uso e a mediação de conflitos.

Ascom Sema