Programa Idade Viva é destaque no Encontro para Fortalecimento da Atenção Básica em Salvador

Capa

Image 02

Image 11.48.34

O Ministério da Saúde através da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, juntamente com o Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde – COSEMS, realizaram nessa quinta-feira, 05, em Salvador, o Primeiro Encontro para Fortalecimento da Atenção Básica, com o intuito de fomentar ações primarias que fortaleçam a saúde básica nos municípios baianos. As ações foram selecionadas nos 417 municípios que participaram desse primeiro encontro e Barreiras recebeu Menção de Excelência em destaque pela experiência exitosa do Programa Idade Viva.

Com a finalidade de promover o cuidado da saúde da terceira idade, por meio de ações intersetoriais, dando ênfase ao seu estado funcional e a qualidade de vida, o Programa Idade Viva foi legitimado através da Lei Municipal nº 1.265/2017 e tem como principal objetivo proporcionar à pessoa idosa espaço de convivência, que vise a promoção do envelhecimento saudável e o seu reconhecimento quanto cidadã ativo no cuidado com a sua saúde.

As ações desenvolvidas vinculam o programa ao CNES nº 6623220, cujo financiamento é com recursos do tesouro municipal. O Coordenador Geral da Secretária Municipal de Saúde, Aderson Vian e a Coordenadora de Atenção Básica, Mônica Valéria participaram do encontro e apresentaram aos demais municípios o funcionamento, objetivo, metodologia e os resultados do Programa Idade Viva.

“Ficamos satisfeitos pelo convite em demonstrar como é na prática o Programa Idade Viva para os demais municípios e pelo destaque de experiência exitosa nesse encontro. Em 2017 dentro da plataforma do programa de Saúde Humanizada, formalizamos o Idade Viva oficialmente como um Programa Municipal.  A equipe de profissionais que compõem o Idade Viva, melhora a qualidade de vida dos nossos idosos, resgate a autoestima e a promoção da saúde no requisito atenção básica”, destacou Anderson Vian.

Atualmente, o Programa Idade Viva está funcionando na Avenida Maia, nº 914, bairro São Pedro em frente ao Hospital Eurico Dutra, de segunda a sexta-feira. Em média, 150 idosos participam por dia do Programa, que além de participarem das oficinas de arte, música, dança, têm acompanhamento com clínico geral, psicólogos, geriatra, fisioterapeuta, nutricionista, assistência social, educadores físicos e transporte gratuito.

Dircom Barreiras