Prefeitura de São Desidério realiza Campanha de Prevenção e Combate ao Abuso Sexual contra Crianças e Adolescentes  

01

02

03

04

05

06

A Prefeitura Municipal de São Desidério por meio da Secretaria de Assistência Social realizou na tarde dessa sexta-feira, 16, no Centro de Referência de Assistência Social–CRAS, a culminância do Projeto Faça Bonito um momento de reflexão, com apresentações teatrais, musicais e palestras em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes (celebrado em 18 de maio).

A pasta desenvolveu várias ações durante todo o mês de maio dentro do projeto ‘Faça Bonito’, voltadas para famílias do serviço de convivência do CRAS, em especial ao público da zona rural. “Uma média de 700 estudantes,  entre as escolas das localidades de Almas, Canabravão, Sitio Novo e Vila Nova, receberam atendimento com palestras, orientações e dinâmicas da equipe do CREAS’’, disse a coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social, Maria Carolina Santos.

 “Por meio das atividades propostas queremos levar informações sobre o tema buscando prevenir e mostrar que as vítimas têm nosso apoio para denunciar os casos, em sigilo. Juntos podemos lutar contra esse mal que assola muitas crianças e adolescentes”, informa a secretária de Assistência Social, Vandreia Mendes.

O projeto pretende dar total visibilidade ao tema buscando diminuir o número de casos e empoderar as vítimas de abuso sexual infantil para buscarem justiça. “O resultados estão sendo positivos, essa aproximação com famílias se torna mais viável chegar aos casos que estão presentes em nossa sociedade”, frisou a coordenadora do Cras, Renata Cibelle.

A mãe da pequena Laise Vitória de dois anos de idade, Angelica Maria, esteve presente e falou da importância dessas ações. “É um momento importante para todos nós, para que possamos refletir sobre essas questões de abuso sexual infantil que estão presentes em todo lugar, mas, podemos multiplicar essas orientações e proteger as nossas crianças”, reforçou.

Ascom SD