Prefeitura de Barreiras toma medidas para proteger pessoas em situação de rua do Coronavírus (Covid-19)

Capa (1)
DSC_0325
DSC_0337Diante da disseminação do novo Coronavírus em todo país, a Prefeitura de Barreiras também tem se preocupado em resguardar as vidas das pessoas que vivem em situação de rua no município. Dessa forma, firmou a parceria com a Diocese de Barreiras na tarde dessa segunda-feira (23) com o objetivo abrigar essas pessoas, provisoriamente, no Albergue São José, situado no bairro São Pedro. No local serão oferecidos refeições, higienização individual adequada, atividades socioeducativas, acompanhamento psicológico e social através da equipe do Centro POP.

O encontro para definir as medidas de redução do risco de contaminação desse público aconteceu na Cúria Diocesana e contou com a participação do administrador diocesano, Padre Manoel, da secretária de assistência social e trabalho, Karlúcia Macêdo, assistente social Tehônya Lanusa, e também de Samatha Gadelha e Amanda Silva que compõem a equipe da Campanha da Fraternidade.

De acordo com a secretária de assistência social, o trabalho do Centro POP tem se intensificado devido ao enfrentamento diário contra a pandemia da Covid-19, assim, após uma reunião que contou também com a participação do coordenador Fernando Garcia e da coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Dorací Oliveira, no último domingo (22), ficou estabelecido que nesse período de quarentena social e domiciliar, os técnicos do Centro POP e um enfermeiro da Secretaria de Saúde irão à busca das pessoas em situação de rua fazendo o convite para o Abrigo e o Albergue São José, cumprindo o protocolo básico para identificação do Coronavírus.

“Neste período, os moradores de rua estão sendo atendidos com alimentação, higienização e um convite para os locais de abrigamento, fazemos todo esforço para que compreendam a importância dessa quarentena em combate à pandemia, uma vez que a decisão de dormir nos abrigos é de cada um. Esse trabalho que já vem sendo realizado no Centro POP e com a AMOB se reforça agora com esse acolhimento no albergue São José, estamos acompanhando de forma humanizada todas essas pessoas”, pontuou Karlúcia Macêdo.

O administrador diocesano de Barreiras falou da importância dessa parceria nesse momento que requer atenção redobrada de todos. “A Campanha da Fraternidade já fala do sentir, da compaixão e do acolhimento, essa atitude que também é da igreja é um ato de caridade. Só temos a ganhar com essa parceria, esse é o momento de um ajudar o outro, a Igreja junto à sociedade. É um ato positivo, por isso estamos disponibilizando o Albergue e colocamos também a casa e retiro São Bento à disposição caso tenha maiores necessidades, estamos todos lutando contra o Coronavírus”, relatou Padre Manoel.

Fonte: Prefeitura de Barreiras