São Desidério sedia reunião com secretários municipais de Saúde do oeste que compõem a Comissão de Intergestores Regional

01

02

03

04

Fortalecer as principais políticas públicas de saúde dos municípios foi a pauta da reunião da Comissão de Intergestores Regional- CIR, que aconteceu na amanhã dessa quinta-feira, 05, de março no Centro Cultural em São Desidério. A reunião contou com a presença do Secretário Municipal de Saúde, Zé Barbosa, vereadores, gestores e profissionais da saúde dos municípios da região.

A Comissão Intergestores Regional (CIR) é um colegiado no qual participam as Secretarias Municipais de Saúde da região oeste, cujo objetivo é promover a gestão colaborativa no setor, discutir e pactuar de forma consensual as regras da gestão compartilhada do SUS.

Os membros destas Comissões reúnem periodicamente para deliberar as ações propostas em pauta. Eles atuam no âmbito estadual, com a Comissão Intergestores Bipartite (CIB); no âmbito nacional, com a Comissão Intergestores Tripartite (CIT); e no âmbito regional, com a Comissão Intergestores Regional- CIR.

Na abertura da reunião o Secretário de Saúde Zé Barbosa afirmou que o êxito das ações e serviços de saúde depende do empenho de todos e que é necessário manter em patamar de excelência os resultados das atividades em saúde. “Já diz o ditado, a união faz a força, então o nosso compromisso é manter em equilíbrio a efetividade do trabalho de qualidade e transparência, por isso a importância da existência dessa ferramenta de integração entre todos os gestores públicos, para a discussão dos desafios da saúde e elaboração de intervenções que tragam melhorias na operacionalização de ações e serviços no âmbito regional”, ressaltou.

A coordenadora da Comissão de Intergestores Regional- CIR, Suzete Cristine Dias, destacou a importância da reunião e elogiou o município de São Desidério como referencia em saúde. “Venho realizando trabalhos em vários municípios e vejo São Desidério como destaque nas atividades de saúde. A CIR tem objetivo de constituir um canal permanente e contínuo de negociação e decisão entre os gestores municipais e o estado para constituição de rede regionalizada, pactuando de forma consensual”, explicou.

Para apoiadora do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde da Bahia- COSEMS, Verônica Moura, a reunião foi realizada com sucesso e na oportunidade “Foi apresentado o modelo de financiamento de atenção primária, instituído pela portaria nº 2.979 de 12 dezembro de 2019 e também foi discutido e apresentado o novo modelo de financiamento do SUS”, disse.

Ascom/ São Desidério

CRAS EM AÇÃO leva serviços sociais aos moradores e estudantes do bairro Buritis em Barreiras

Capa

DSC_21.37

DSC_21.38

DSC_afe8

DSC_c75a (1)

A Escola Municipal Valdete Piedade de Holanda foi sede do projeto CRAS EM AÇÃO nesta quarta-feira, 04, durante todo o dia no bairro Buritis. Centenas de moradores do Buritis I e II, projeto Barreiras Norte, Fazenda Senhor dos Aflitos, Ribanceira, loteamentos Cidade Nova, Havena, além de crianças e estudantes receberam atendimentos na área de saúde, assistência social, atividades recreativas, orientações e documentação em um único espaço.

Promovido pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho através do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS I), localizado no Loteamento Rio Grande, diversos atendimentos e muita descontração para os pequenos marcaram a programação especial, que contou ainda com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Educação, Conselho Tutelar, CREAS, Mestre Soares e da Academia de Cabeleireiros Ângelo Patrício.

Quem compareceu pôde fazer a inclusão e atualização do CAD ÚNICO, desbloqueio do Bolsa Família, carteirinha do idoso e passe livre, cadastramento do ID Jovem, pesagem das crianças cadastradas no Bolsa Família e ainda retirar a segunda via de certidão de nascimento, casamento e RG. Palestras sobre os programas sociais também fizeram parte da programação, além de orientação dos conselheiros tutelares sobre os direitos das crianças e adolescentes.

A dona de casa Maria Auxiliadora aproveitou a oportunidade e levou o filho para cortar o cabelo e atualizar os dados cadastrais do Bolsa Família. “Eu não perdi a oportunidade hoje de receber atendimento do CRAS e ainda cortar o cabelo de meu filho, que foi muito bem recebido. É muito bom este atendimento em um único local, além disso, o Buritis é longe da cidade e quando temos essa atenção especial, tem que aproveitar”, disse sorridente.

O diretor Joacir Nascimento e a vice-diretora da escola municipal Valdete Piedade de Holanda, Cacau Miranda, agradeceram a ação e enfatizaram a importância dos atendimentos sociais, saúde e de cidadania. “A nossa comunidade estava ansiosa por este dia, sem contar que nossos estudantes queriam conhecer mais sobre o ID Jovem e o programa Criança Feliz. Aqui todos receberam atendimento, cortaram cabelo, tiraram dúvidas e a escola pode contribuir também com essa ação de cidadania”, ressaltou a vice-diretora Cacau Miranda.

Contabilizando mais de 400 atendimentos na comunidade, a coordenadora do CRAS I Eliana Araújo disse que o objetivo é unir serviços essenciais e promover momentos de interação com a comunidade. “O bairro Buritis integra nossa área de abrangência, e temos periodicamente equipes volantes que atendem a comunidade, mas o projeto CRAS EM AÇÃO vem para fortalecer ainda mais os atendimentos as famílias, proporcionando momentos de interação comunitária, conversa, tirar dúvidas e aproximação com toda comunidade”, enfatizou Eliana.

Dircom Barreiras

Brasil confirma o oitavo caso de coronavírus

coronavirus_3001209365_0

O Ministério da Saúde (MS) confirmou mais quatro casos de coronavírus no Brasil, totalizando seis em São Paulo, um no Rio de Janeiro e outro no Espírito Santo. Segundo o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, o caso confirmado no Espírito Santo entrará no banco de dados do ministério nas próximas horas, mas já está confirmado.

Com a atualização dos dados de hoje, o Brasil tem 636 casos suspeitos e oito confirmados. Os casos confirmados estão em isolamento domiciliar. O caso do Espírito Santo é uma mulher de 37 anos, com histórico de viagem.

O caso confirmado no Rio é de uma mulher de 27 anos, que fez viagem à Itália e Alemanha entre 9 e 23 de fevereiro. Ela sentiu os primeiros sintomas ainda durante a viagem, em 17 de fevereiro. A paciente teve febre, falta de ar e apresentou coriza. Foi atendida, no Brasil, no dia 2 de março.

Além disso, existe um caso confirmado no Distrito Federal, após exame feito por um laboratório particular. O ministério ainda aguarda a contraprova, realizada por uma instituição credenciada pelo Ministério da Saúde para realizar o exame, para confirmar oficialmente. Trata-se de uma mulher, de 53 anos, que viajou pela Inglaterra e Suíça.

Existe um caso atípico em São Paulo, também dentre os confirmados. Uma jovem de 13 anos retornou da Itália, não apresentou sintomas, mas teve a presença do vírus confirmada no organismo. Ela procurou atendimento médico por outro motivo, ter rompido um tendão. E, durante os procedimentos médicos, os exames detectaram o vírus.

Isso não significa que essa jovem pode transmitir o vírus. Segundo o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, ela não está em isolamento e não transmitiu o vírus a ninguém. “Ela teve a presença, a identificação, de fragmentos do vírus. Ela pode ir pra escola, vida que segue. Ela é um portador assintomático, mas não quer dizer que esse vírus pode ser transmitido. O vírus não é viável, ele está fragmentado. As pessoas próximas não pegaram”.

De acordo com Wanderson de Oliveira, o Brasil passou a ser um país com transmissão local, ou seja, existem dois tipos de contaminados: os que chegaram de viagem internacional, vindos de países com circulação do vírus; e pessoas que tiveram contato com essas pessoas que estiveram no exterior.

Ainda não existe transmissão comunitária do vírus no Brasil. Já a China, Coreia do Sul e Itália estão enquadradas como países de transmissão comunitária, quando nem sempre é possível identificar a fonte de contaminação de um caso positivo.

Segundo ele, o brasileiro não deve mudar seus hábitos, como usar máscaras, por exemplo. O que deve ser feito é adotar práticas de higiene, como lavar as mãos e levar as mãos à boca ao espirrar. “Não muda nada nas condutas adotadas até o momento. […] Se apresentar sintomas gripais não vá trabalhar, não vá viajar e não vá estudar. Não vá para locais públicos, fique em casa se hidratando e se alimentando bem”.

Fonte: Odestaque/ Agência Brasil

Bahia Farm Show 2020 está chegando

Aérea-BFS-2019

BFS-2019

Vista-aérea-BFS-2019A feira já tem 90% da área ocupada por antigos e novos expositores

Faltando mais de dois meses para o início da Bahia Farm Show 2020, a feira internacional de tecnologia agrícola e negócios contabiliza a marca histórica de vendas dos espaços oferecidos aos expositores – considerando o mesmo período das edições anteriores – já ocupados, totalizando 90% da área. O número revela, mais uma vez, a força do evento e a sua consolidação como feira internacional, com participação cada vez mais efetiva de expositores de outros países interessados em mostrar suas marcas, produtos e serviços. A Bahia Farm será de 26 a 30 de maio, no município de Luís Eduardo Magalhães, Oeste da Bahia.

Em 2019, quando comemorou 15 anos, a BFS contabilizou um resultado superior a R$ 1,9 bilhão em volume de negócios, cifras que posicionaram a feira entre as principais da América Latina. Os mais de 68 mil visitantes que passaram pelo evento se depararam com uma feira 30% maior em relação a 2018, graças ao segundo pavilhão coberto, inaugurado no ano passado e que abrigou 62 expositores que nunca haviam participado do evento, mas que gostaram tanto da experiência que já confirmaram o retorno. Para esta edição de 2020 a expectativa dos organizadores é que os espaços oferecidos se esgotem em breve. Dos já comercializados, 20% são de expositores estreantes.

“A grande procura e a consolidação das vendas para esta edição da Bahia Farm Show se atribui ao bom desempenho da agricultura na região, com expectativa, mais um ano, de uma safra promissora. Costumo dizer que se a agricultura vai bem, a economia vai bem. Atrelado a isso está uma equipe de pessoas comprometidas que trabalham duro e que ao final de cada edição, começam a organizar a próxima. O resultado não poderia ser outro a não ser um evento que atrai cada vez mais expositores e que movimenta toda a economia regional, com geração de empregos, renda e oportunidades”, destaca a gerente comercial da feira Regiane Oliveira.

Além de contratos em fase de fechamento, para esta edição já estão confirmados 210 expositores nos segmentos de maquinário e equipamentos agrícolas, sementes, defensivos e fertilizantes, aviação, veículos, software, tecnologia de irrigação, entre outros produtos e serviços. O Complexo Bahia Farm Show compreende uma área total de 144 mil m2, moderna e completa infraestrutura com ruas 100% asfaltadas, restaurantes, auditórios, amplos estacionamentos, posto médico, sanitários e segurança 24 horas.

A Bahia Farm Show é uma realização da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), com o apoio da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Fundação Bahia, Associação dos Revendedores de Máquinas e Equipamentos Agrícolas do Oeste da Bahia Ltda. (Assomiba) e Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães.

 

Fonte: Abapa

Produtores rurais cedem drones ao Comando da Polícia Militar do Oeste da Bahia

IMG_5699

IMG_5702

IMG_5708Equipamentos vão auxiliar o efetivo nas ações da Operação Safra

Muitos setores da sociedade passaram por uma revolução tecnológica com a introdução dos Veículos Aéreos Remotamente Pilotados (VARP) – popularmente conhecidos como drones – na rotina de trabalho. A segurança pública foi uma das áreas mais beneficiadas, tendo as polícias estaduais e federais criado divisões especializadas na operação desse tipo de aparelho. Na região oeste esta tendência virou realidade, nesta terça-feira (3), com a assinatura do termo de cessão, entre a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e o Comando de Policiamento Regional Oeste (CPRO), em Barreiras. No ato, dois kits, contendo os dispositivos voadores e seus acessórios, foram entregues pela entidade representativa dos produtores rurais, para incrementar as ações realizadas pela Polícia Militar.

“Essa tecnologia vai contribuir imensamente para reprimir ações criminosas, mas o nosso maior interesse é a ação preventiva contra roubos e outros crimes que tenham como alvo a sociedade e as propriedades rurais”, disse Rosi Cerrato, produtora rural e assessora da presidência da Aiba. Ela destacou que a nova ferramenta vai auxiliar os policiais a alcançarem áreas de difícil acesso, como escarpas, áreas de proteção ambiental (APP) e cursos d’água. “A varredura de uma área que, normalmente, as viaturas levariam horas, agora será possível fazer em poucos minutos, inclusive à noite”, explicou.

O comandante do CPRO, Coronel PM Osival Cardoso, comemorou os avanços da Operação Safra. “Desenvolvemos essa operação há seis anos e, a cada edição, vamos aperfeiçoando com a inserção de novas tecnologias e estratégias para garantir ainda mais a segurança, tanto das áreas rurais, quanto da população de um modo geral”. O oficial agradeceu o apoio dos produtores rurais e destacou a preocupação da instituição militar na busca pela capacitação dos policiais que vão operar os equipamentos. O treinamento, com duração de 30 dias, foi realizado junto ao Grupamento Aéreo (Graer).

O equipamento possui sensor de obstáculos, atinge velocidade de 72 km/h, conta com lentes de zoom ótico de 24-48mm com capacidade para gravação de vídeo em formato 4K, fotografias de 12 megapixels, transmissão de sinal em um raio de 8 quilômetros e aproximadamente 30 minutos de autonomia em cada bateria.

Um dos operadores, o capitão PM Franciel falou sobre a aplicação do equipamento recebido. “Esses drones serão utilizados dentro da linha operacional e de inteligência. Será muito útil na identificação de objetos, pessoas e reconhecimento do terreno”.

Participaram do encontro o produtor rural e diretor da Aiba, Valter Gatto, representando os associados; o tenente-coronel Camilo Uzeda; Major Araken e outros membros da corporação.

Fonte: Ascom Aiba

Feirinha ‘Luar do Cerrado’ em São Desidério homenageia o ‘Dia Internacional da Mulher’

feira 1A 9ª edição da Feirinha Luar do Cerrado, realizada na noite desta quarta-feira 04 de março, na Praça Abelardo Alencar em São Desidério, homenageou o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 08 de março.  A feira já conquistou a simpatia do público que desta vez, além da arte, culinária e cultura local e regional, prestigiou barracas com ornamentos alusivos ao dia das mulheres, que foram o destaque desta edição.

 feira 2

“Dos 60 expositores que a feirinha tem hoje, tanto da sede e também da zona rural, são as mulheres que ocupam o maior número. Elas são destaque e sempre nos motiva com criatividade, determinação e a força que cada uma tem”, destacou o secretário da SEMATUR, Joacy Carvalho.

 feira 4

A expositora Edilúcia Patrine dos Santos está satisfeita com os resultados da feirinha. “Eu avalio de forma positiva, como não tenho renda fixa, é uma ótima oportunidade para eu mostrar o meu trabalho e adquirir mais experiência. Acredito que é ótimo para tantas mulheres expositoras que são guerreiras e que assim como eu, tem a feira como um ambiente para expor sua arte, mostrar o que gostam de fazer e que conquistam cada dia seu espaço”.

 feira 5

Realizada mensalmente, nesta edição, além de apresentações teatrais o palco livre foi dedicado à participação de mulheres. “Esse momento representa um grande incentivo principalmente para as mulheres que durante muito tempo foram excluídas e hoje mostram sua força e conquistas, prova disso são as expositoras da feirinha que são a maioria”, destacou a cantora Maura Silva.

 feira 6

‘Mulheres lindas, fortes e livres’ – Durante a programação da feirinha, a equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS) realizou ações da Campanha Municipal de Combate à Violência Contra a Mulher. Abordando o tema ‘Mulheres lindas, fortes e livres’ foram realizados trabalhos de orientação e distribuição de material gráfico de cunho informativo ao público.

Fonte: Prefeitura de São Desidério

Barreiras: Colégio CAIC é arrombado e tem vários objetos furtados

caic43220Foi registrado nesta terça-feira (03), um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Barreiras denunciando que a Escola CAIC – Murilio Avellar Hingel, localizada no bairro Cascalheira foi arrombada e teve vários objetos furtados da sala de vídeo da referida escola. O fato teria acontecido no dia 28/02.
De acordo com o registro, elemento desconhecido, pulou o muro da escola, subiu na parte do telhado, retiraram o acrílico do janelão, arrombaram a janela da sala de vídeo e furtaram uma TV de 40 Pol. marca Panasonic preta, um monitor Samsung, estabilizador SMS e um mouse.
Com o furto, professores, crianças e jovens ficam prejudicados.

Fonte: Blog Bahia  / Blog Braga

Congresso mantém veto presidencial sobre a LDO

Presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, preside sessão que analisa veto sobre orçamento impositivo
Presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, preside sessão que analisa veto sobre orçamento impositivo

O Congresso Nacional manteve, na tarde de hoje (4), o veto presidencial sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A manutenção do veto veio após acordo entre Congresso e Palácio do Planalto, o que explicou a votação maciça favorável ao veto. O acordo envolveu o envio, pelo governo, de Projetos de Lei (PL) que tratam da distribuição das verbas de emendas e do relator-geral do Orçamento.

Com a manutenção dos vetos, o relator-geral do orçamento não poderá indicar prioridades na execução de obras realizadas com orçamento público. O governo não terá mais o prazo limite de três meses para repassar a verba do Orçamento. Na prática, o orçamento destinado a emendas de comissão e do relator não são mais impositivas. Além disso, não haverá penalização ao governo caso ele não faça o pagamento dessa verba.

Independentemente do acordo, partidos de vários matizes ideológicos, como Rede, Novo, PSL e MDB, mostraram-se favoráveis aos vetos. Para eles, se o veto fosse derrubado, a governabilidade e o poder de gestão do presidente da República sobre a verba pública ficariam prejudicado. Partidos de oposição se colocaram a favor do veto, considerando que a medida prejudicaria não só o atual presidente, mas todos os que se seguirem.

A votação ocorreu após dias de negociações e acordos entre governo e Congresso, encabeçados, principalmente, pelo presidente do Congresso, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), e o ministro da Secretaria-Geral de Governo, Luiz Eduardo Ramos.

Os projetos de lei encaminhados ontem (3) pelo governo passarão pela Comissão Mista do Orçamento, onde poderão sofrer alterações através de emendas. Alcolumbre quer votaro taisprojetos no plenário na próxima sessão do Congresso, prevista para a terça-feira que vem (10).

Poder reduzido

Nos últimos dias, os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, e da Câmara Rodrigo Maia, tiveram reuniões com representantes do governo para estudar um acordo que agradasse tanto ao Executivo quanto ao Legislativo. Os projetos encaminhados pelo governo definem que o relator do Orçamento terá liberdade de indicar a destinação apenas das verbas acrescidas ao projeto original. Na prática, isso limita o poder do relator.

Por exemplo, se o governo manda um projeto de lei para construção de escolas no valor de R$ 80 milhões, o relator do Orçamento só poderá indicar a destinação de uma verba extra que o Congresso acrescente ao projeto original.

“O Congresso faz um trabalho de revisão de receita, de corte de despesa, de encontrar recurso que não está sendo executado. Tudo isso permite que o Congresso remaneje recursos para áreas prioritárias. Nessas ações que têm acréscimo, o Congresso pode fazer a indicação”, explicou o relator-geral do Orçamento, deputado Domingos Neto (PSB-CE), à TV Câmara, após a sessão do Congresso de ontem (3).

Ciência e tecnologia

Como parte do acordo, a liderança do governo no Congresso orientou os parlamentares a derrubarem um veto sobre o contingenciamento de verbas para órgãos de ciência, tecnologia e pesquisa. O acordo foi cumprido e o veto, derrubado.

Com isso, instituições públicas como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) não podem ter a verba retida pelo governo federal.

Agência Brasil