Rosario:Polícia evita sequestro de Funcionaria do CICREDI

IMG-20170203-WA0010
IMG-20170203-WA0012  IMG-20170203-WA0014Fotos Rede Social

No final da tarde de ontem, quinta-feira, 02, uma funcionária do banco SICREDI, unidade do distrito do Rosário, município de Correntina, sofreu uma tentativa de sequestro.

De acordo com informações da polícia militar, três homens armados invadiram a casa onde a funcionária mora com sua família. No momento da invasão só estava na casa a cunhada da funcionária, que foi feita refém.

Dois criminosos ficaram esperando a chegada da funcionária do lado de dentro da residência e outro na área do lado de fora. Quando ela chegou, junto com seu filho e seu sobrinho, abriu o portão que fica há alguns metros da porta da casa, onde estava sua cunhada, que pediu para que ela entrasse rápido por que havia três homens armados no local.
A funcionária então voltou atrás e entrou de volta no carro de sua mãe que havia acabado de deixá-la no local. Elas então fugiram com o carro e imediatamente ligaram para a polícia.
Nesse momento uma picape Fiat Strada, cabine estendida de cor branca, com placas do Rio Grande do Norte, foi vista próxima da residência, local de onde se evadiu em alta velocidade.

Ao chegar na residência, a PM não encontrou mais os criminosos. A mulher que foi feita refém não sofreu nenhuma agressão física.
A ação de busca pelos suspeitos realizada pela polícia militar do Rosário contou com apoio de guarnições da Polícia Militar de Posse/GO, porém, infelizmente os suspeitos não foram encontrados.
No ano passado outro funcionário do SICREDI Rosário teve a família sequestrada e passou por horas de agonia e aflição até que o caso fosse resolvido e a família encontrada.

Esquecido – Tudo isso é reflexo da falta de segurança com a qual o sempre esquecido distrito do Rosário tem que conviver.

(Fonte Blog Sigi Vilares/odestak)

 

CNA cria Observatório da Criminalidade no Campo

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), por meio de seu Instituto, criou o Observatório da Criminalidade no Campo com o objetivo de traçar um diagnóstico e propor ações que combatam a violência que atinge o produtor rural e seus familiares.

A primeira ação do Observatório foi o lançamento de um formulário no site da CNA (cnabrasil.org.br) onde os produtores de todo o país podem relatar casos de violência no campo.

“Os nomes dos produtores e das fazendas serão mantidos em sigilo, mas as informações são importantes para criarmos um perfil da violência no campo”, afirmou André Sanches, secretário-executivo do Instituto CNA (ICNA).

Com o cadastro, será possível saber, por exemplo, as regiões mais atingidas pela violência, os tipos de crimes e até os produtos mais visados para roubos e furtos. A partir deste diagnóstico,  será possível oferecer informações estratégicas aos órgãos competentes para que tomem as providências adequadas.

“Temos relatos de casos gravíssimos. O produtor está acuado e muitas vezes até deixa de ir à propriedade. Por isso precisamos mapear os casos ocorridos em todo o Brasil. Com essas informações, vamos debater com especialistas e autoridades de segurança pública e encaminhar propostas com ações efetivas”, disse Sanches.

O secretário-executivo do ICNA diz que as federações e os sindicatos têm papel fundamental para ajudar e estimular o produtor no preenchimento do formulário disponível no site da CNA.

Informações como a data do crime, as condições, o que foi roubado ou furtado, se houve ou não violência, são fundamentais para traçar o perfil da violência no campo.

Assessoria de Comunicação CNA

Escavadeira hidráulica cai de cima de caminhão, em Mundo Novo

retro
retro1
Um caminhão que estava transportando uma escavadeira hidráulica não conseguiu subir a ladeira da barragem, em Mundo Novo-BA, desceu de ré e fez um L.
 A escavadeira que estava em cima do caminhão, tombou na estrada, impedindo a passagem de veículos. Graças a Deus, não houve vítimas.
 A estrada liga Mundo Novo ao povoado de Umbuzeiro. O acidente aconteceu no início da tarde desta quinta-feira, 02 de fevereiro de 2017. A barragem fica perto da cidade.  (Equipe da Fricell)
(Fonte Blog Léo Barbosa)

Homem é executado em Barreiras na Manhã desta quinta feira.

IMG-20170202-WA0048Homem é executado em Barreiras na Manhã desta quinta feira dia 02 nas proximidades da escola Luis Viana Filho, bairro Vila Brasil, A polícia já o identificou, como sendo, Ricardo da Cunha Batista, integrante de uma quadrilha envolvida no assalto a uma agência bancária em Formosa do Rio Preto/BA, em setembro de 2015. em Barreiras/BA. Ele foi atingido, provavelmente, com tiros de arma calibre 12.
De acordo com informações, ele foi pego de surpresa e morto sem chance de defesa, no interior de uma caminhonete de cor branca. Os demais ocupantes do veículo não foram alvejados.
A Polícia Militar foi acionada para registrar a ocorrência, onde fez o isolamento da área e aguarda a equipe do Departamento de Polícia Técnica para realizar a perícia de local de crime e remover o corpo ao IML regional, onde serão realizados outros exames periciais.

IMG-20170202-WA0046

IMG-20170202-WA0049

IMG-20170202-WA0050

Capsulas de Balas recolhidas pela policia no local do crime

bf5870e1-30ab-4a6e-acb4-b3d580d0d44b

A movimentação de curiosos no local

IMG-20170202-WA0056

Ainda há poucas informações sobre o(s) atirador (es), que possivelmente se encontravam em um Honda Civic, mas o Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) vai iniciar os trabalhos de investigação.

POLÊMICA:Dançarinas do “É o Tchan” gravam vídeo denunciando humilhação em show; Confira

 

e_o_tchan

Fãs da banda “É o Tchan” foram pegos de surpresa nas últimas horas. Tudo por conta de dois vídeos que circulam em diversos grupos nas redes sociais, nos quais as dançarinas da banda de pagode, Joyce e Elizângela, acusam assédio moral e humilhação em um show.

Nas filmagens , de pouco mais 3 minutos, não é possível identificar com precisão qual foi o dia, tampouco em que show ocorreu o incidente.

A assessoria do grupo preferiu não se pronunciar sobre o caso.

Fonte polemica Paraíba/Odestak

Fachin é o novo relator da Lava Jato no Supremo

Edson Fachin

O ministro Edson Fachin foi escolhido para ser o novo relator dos processos da Operação Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), em sorteio realizado nesta quinta-feira (2) por determinação da presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia.

O ministro vai herdar os processos ligados à operação que estavam com o ministro Teori Zavaski, morto num acidente aéreo em janeiro.

Cabe ao relator decidir sobre medidas judiciais, como pedidos de prisão e diligências das investigações. Já decisões sobre a condenação de investigados são tomadas de forma colegiada pela 2ª Turma do Supremo, à qual pertence o relator. (mais…)

Dois Funcionários da Paviservice morrem Na BR 020 após colidirem moto em caminhão tombado

Acidente Próximo ao Povoado do Novo Paraná

IMG-20170202-WA0020 IMG-20170202-WA0017

IMG-20170202-WA0015

Braga-05

foto

foto2

foto3

Na madrugada desta quinta-feira, 2, por volta de 1h40, ocorreu um acidente na BR 020, cerca de 45 km de LEM,Próximo  do povoado do Novo Paraná, no município de São Desidério.

um caminhão Mercedes Benz 1620 carregado de gesso, que de acordo informações colhidas no local, seguia sentido Brasília quando o condutor perdeu o controle do caminhão após um veículo que trafegava à sua frente ao reduzir a velocidade. O caminhão rodou na pista ficando com à frente sentido contrário que o mesmo seguia.

O SAMU foi até o local socorreu o caminhoneiro que teve apenas ferimentos leves para a UPA de Luís Eduardo Magalhães.

Horas Depois o Segundo Acidente

O segundo acidente ocorreu pouco mais de duas horas após  o atendimento ao caminhoneiro, o SAMU sinalizou a pista com cones e conduziu o motorista para a UPA.

Por volta das 4h, um motociclista – juntamente com o carona, ambos funcionários da Empresa PAVISERVICE – seguia sentido Roda Velha quando colidindo na traseira do caminhão que estava tombado na pista. O SAMU novamente foi acionado e voltou ao local,do acidente porém nada pôde fazer a não ser a constatar o óbito do motociclista e do carona, identificados pelos prenomes de Gilmar e Fernando.

De acordo com informações do SAMU, os cones – que a equipe médica havia deixado no local sinalizando o acidente com o caminhão, foram furtados.

A polícia rodoviária federal, juntamente com a polícia militar, esteve no local. Os corpos das vítimas Foram removidos para o IML de Barreiras.

VEREADORES DE OPOSIÇÃO EM SÃO DESIDÉRIO SE REÚNEM COM O COMANDO DO 85° CIPM E PEDE SEGURANÇA PARA O MUNICÍPIO

16442966_736640366498162_414394131_o 16442955_736640343164831_486008_o 16444115_736640316498167_885070324_o

Na tarde desta quarta-feira, 01, em Luis Eduardo Magalhães os Vereadores de oposição de São Desidério Nerito Carvalho, Tião de Roda Velha, Devanir Figueira, Jair Lisboa e Edilson Araújo. estiveram reunidos com o comandante da 85° CIPM. Geovanni Castro Damasceno e com o Comandante da Polícia Rodoviária Estadual Major Fábio Wartmann.
Os signatários infra firmados na qualidade de vereadores do município de São Desidério e no interesse dos munícipes que estão vivendo em estado de pânico e em virtude dos recorrentes assaltos, roubos e furtos, acontecimentos este que prolifera dia após dia e que já fazem parte do cotidiano da então pacata são Desidério, vimos solicitar providências de segurança em caráter de urgência para nossa cidade.  (mais…)

Brasil: Sérgio Moro encabeça lista tríplice da Ajufe com indicações de ministro para o STF

sergio-moro-senado-AFP-EVARISTO-SA-420x281

O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Roberto Veloso, entregou nesta quarta-feira (1º) ao ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, uma lista com três nomes de magistrados federais como sugestão ao presidente da República para ocupar a vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) do ministro Teori Zavascki, morto em um acidente aéreo no dia 19 de janeiro. Responsável pelos processos da Operação Lava Jata na primeira instância, o juiz Sérgio Fernando Moro aparece como primeiro da lista, elaborada a partir de votação dos próprios magistrados. O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Reynaldo Fonseca e o desembargador Federal de São Paulo Fausto De Sanctis completam a lista. Michel Temer não tem obrigação legal de aceitar a indicação da Ajufe ou de outras entidade. Em nota, Moro afirmou que a lembrança do nome dele pelos colegas reflete o apoio dos magistrados federais aos trabalhos da Operação Lava Jato. “É importante para que se possa prosseguir”, destacou. Caso Moro seja indicado para  o cargo, como ministro ele não poderá participar em nenhum julgamento da Corte relacionado à Operação Lava Jato. De acordo com o Código de Processo Penal (CPP), “o juiz não poderá exercer jurisdição no processo em que tiver funcionado como juiz de outra instância”.