Senado deve ouvir Queiroga no dia 25 sobre vacinas e leitos em UTIs

Ministro da saude

O presidente da comissão temporária da covid-19, senador Confúcio Moura (MDB-RO), anunciou que o novo ministro da saúde, Marcelo Queiroga, será ouvido no dia 25, em uma sessão de debates temáticos sobre o enfrentamento à pandemia no plenário da Casa. Em sessão remota ontem, os senadores aprovaram um convite para ida do novo ministro da Saúde à Casa.

Os parlamentares querem ouvir do médico como fica a aquisição de vacinas, a disponibilização de leitos e oxigênio frente à pasta. Queiroga foi anunciado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, na última segunda-feira (15) como novo ministro da Saúde, no lugar de Eduardo Pazuello. A nomeação ainda não foi publicada no Diário Oficial da União.

Queiroga é médico, com área de atuação em hemodinâmica e cardiologia intervencionista. Ele também é presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Hoje a comissão da Covid-19 presidida por Confúcio, também aprovou vários requerimentos de convites para audiência pública. Além de Marcelo Queiroga, o colegiado quer ouvir nas próximas reuniões representantes da Fiocruz e do Instituto Butantan sobre a produção de vacinas para combate ao novo coronavírus, com Anvisa e distribuidoras de oxigênio e o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, para que preste informações sobre ações do ministério para obtenção de vacinas.

Fonte: Agência Brasil

São Desidério: Polícia Civil apoia Embasa em operação para combate a furto de água

9b3502f7-b9bb-4dbc-a739-07681796a3de

687b488f-b081-4b38-873a-a84af974f5f1

c3cb565a-efa4-4482-89d6-f93d19063c5a

c8f24403-1063-4615-a835-2deb568d774c

ef20cd84-29c8-4b07-92eb-e1091ee0e5cb

Com o apoio a Embasa, a Polícia Civil promoveu nesta quarta-feira (10) uma operação de retirada de pontos de ligações clandestinas na rede distribuidora de água em São Desidério. Uma pessoa foi presa em flagrante por furto de água, com base no artigo 155 § 4º incido II do Código Penal Brasileiro, que prevê pena de reclusão de dois a oito anos, e multa.

Segundo apurado, o indivíduo preso, vinha sendo utilizada também a água da Embasa para a irrigação de uma produção de milho.
Na operação, o Departamento de Polícia Técnica constatou o furto de água do imóvel e de outros três pontos de fraude na rede, apoiando Polícia Civil e os técnicos da Embasa na eliminação de cerca de 500 metros de tubulação instalada de forma irregular para fornecer água em terrenos invadidos da parte alta do bairro Tangará.

Ao acompanhar a ação no local, o delegado de Polícia Civil, Carlos Ferro, explica que o autor da fraude foi conduzido pelo crime de furto qualificado, e que a ação visou ainda coibir eventuais ameaças que estavam sofrendo os funcionários da empresa em ações anteriores. “As ameaças vinham acontecendo de forma sistemática com as equipes da Embasa, e diante dos prejuízos provocados ao patrimônio público, que prejudica toda a população, foi necessária a prisão em flagrante para que cessassem os transtornos à sociedade diante do furto de água”, explica.

Apesar dos técnicos trabalharem regularmente para identificar e retirar estas irregularidades, o advogado da Embasa, Gildemar Bittencourt, que intermediou a ação, explica que qualquer intervenção no hidrômetro e na rede da Embasa com o intuito de furtar água é crime e o infrator está sujeito ao cumprimento das penalidades de multa e reclusão previstas na legislação.

“A operação da Polícia Civil foi fundamental para coibir estas ações criminosas que ocorrem de forma rápida e reiterada causando prejuízos com as perdas de água tratada, além de salvaguardar a segurança dos profissionais da Embasa. Por causa deste tipo de furto, aqueles que pagam as suas contas em dia podem ser prejudicados por causa do desperdício destas ligações clandestinas reduzindo o volume disponibilizado de água tratada, e pelos riscos de contaminação com o acesso indiscriminado à rede distribuidora.”, explica.

Em caso de suspeitas de irregularidades, a população pode encaminhar as denúncias de forma anônima pela agência virtual (www.embasa.ba.gov.br) ou pelo 0800 0555 195.

Fonte: Assessoria de comunicação da Policia Civil de São Desidério

São Desidério recebe mais doses da vacina contra Covid-19

1

2São Desidério recebeu hoje, 10 de março, uma nova remessa da vacina contra a Covid-19, seguindo as orientações das etapas do plano de imunização para 100% dos profissionais de saúde e público prioritário de 80 anos acima, além de dar início ao público prioritário de 75 a 79 anos.

De acordo com a Comissão Intergestores Bipartite (CIB), os municípios que tiverem administrado e registrado 85% das primeiras doses recebidas estão habilitados a receber mais doses da vacina contra a Covid – 19 e São Desidério é um dos quatro municípios da microrregião do extremo oeste baiano habilitado para receber as novas doses, pois já aplicou e registrou mais de 90% das primeiras doses.

“Nosso trabalho é intenso no sentido de manter uma rotina constante de imunização em todo o território do município, seguindo as orientações de aplicação e registro, continuaremos vacinando as pessoas que são do público prioritário de 80 anos acima que ainda não foram vacinadas, bem como os profissionais de saúde até atingir os 100%, ao mesmo tempo em que iniciamos a imunização do público de 75 a 79 anos”, explica a coordenadora da Atenção Básica, Ana Carla Moreno.

As pessoas que estão inseridas nas etapas do plano de imunização devem se dirigir ao posto de saúde mais próximo para garantir sua vacinação.

Fonte: Ascom prefeitura de São desidério

São Desidério: Policia Civil cumpri mandado de prisão contra Mulher acusada de atear fogo no companheiro

Delegado Carlos Ferro
Delegado Carlos Ferro

No inicio da tarde desta quarta-feira (10), por volta das 13:00 horas, após serem desenvolvidas diligencias, nos Povoados de Ilha do Vitor e Derocal, ambos localizados zona rural de São Desidério, foi localizada N.B.DA R. R. que no dia 03/10/2020, por volta das 18:30 horas, após discussão com seu companheiro José Gabriel de Oliveira, jogou álcool e ateou fogo na vítima, que embora socorrido rapidamente, e encaminhado ao Hospital do Oeste em Barreiras, foi à óbito, no dia seguinte, em razão das lesões sofridas.

Diante do ocorrido, logo após a tomar conhecimento dos fatos noticiados, o DPC – Carlos Ferro, instaurou Inquérito Policial, através portaria, pela prática de homicídio doloso, tendo sido evidenciado no autos, após a coleta de provas testemunhais e do próprio depoimento da autora do fato delituoso, a existência das qualificadoras de Motivo torpe, emprego de fogo e impossibilidade de defesa da vítima, razão pela qual foi indiciada, por homicídio triplamente qualificado, com fulcro artigo 121, §2º, incisos I, III e IV, todos do Código Penal.

Ao final, foi representado pela prisão preventiva de Nicélia Bispo da Rocha Ramos, tendo sido deferida a ordem de prisão, pela juíza da Comarca de São Desidério/BA, que restou cumprida no dia de ontem, pelo Delegado Carlos Ferro, e sua equipe, com apoio da 11ª Coorpin/Barreiras (Coordenador Dr. Rivaldo Almeida Luz).

Fonte: Assessoria de comunicação da Policia Civil de São Desidério

Polícia Militar de São Desidério apresenta novo comando à gestão pública

A Polícia Militar de São Desidério apresentou à gestão pública municipal os novos comandantes do 3º pelotão da PM, na tarde desta segunda-feira 08 de março, no auditório da Prefeitura Municipal.

apresentação comando 1

São Desidério, juntamente com Luís Eduardo Magalhães e Catolândia, faz parte da 85ª Companhia Independente da Policia Militar comandada pelo Major Giovanni. A partir de agora o comando do 3º pelotão em São Desidério será feito na sede pelo subtenente, Adevânio Souza e no distrito de Roda Velha, pelo subtenente Carlos Alberto Oliveira.

“Sempre contamos com a parceria da Prefeitura Municipal, deixo aqui meu agradecimento ao prefeito Zé Carlos. Essas mudanças eram necessárias para a melhoria da qualidade do serviço e a partir de agora teremos o comando mais próximo da sociedade”, destacou o Major Giovanni. “Estou muito feliz com mais essa responsabilidade passada pelo nosso comandante e o intuito é de contribuir mais”, disse o subtenente Adevânio Souza. “O objetivo é unir mais à comunidade, e estou à disposição do município”, complementou o subtenente Carlos Alberto Oliveira.

apres. comando 2

São Desidério é um município vasto em extensão territorial, e além da sede conta com mais de 160 povoados e dois distritos. Para manter um trabalho contínuo e ordeiro o poder Executivo mantém parcerias importantes com a Polícia Militar.

“Fizemos investimentos importantes no setor de segurança em Roda Velha e em Sítio Grande com a reinstalação do posto policial, aqui na sede a reforma total e requalificação do prédio da Delegacia de Polícia e vamos continuar com esta parceria. Agradeço o apoio da Polícia Militar e essa atitude de apresentação do novo comando porque entendemos que é necessário estreitar a relação entre a comunidade e a polícia. Estaremos sempre à disposição para melhorar a segurança de nosso município”, frisou o prefeito Zé Carlos.

Ascom prefeitura de São Desidério

Governadores articulam anunciar medidas restritivas em conjunto contra avanço da Covid-19

Rui Costa

Governadores articulam anunciar conjuntamente medidas restritivas a fim de reduzir o avanço da Covid-19 no Brasil. Eles concordaram em divulgar ações até o dia 14 de março, pelo menos. O país atravessa o pior momento da pandemia, com recordes diários de mortes.

O pedido de uma ação nacional chegou a ser feito para o Ministério da Saúde, mas a resposta foi a de que o presidente Jair Bolsonaro não deixa.

A ideia é a de que entre no pacto algumas iniciativas básicas, que sirva para todos, e que, a partir disso, cada um tome outras decisões de acordo com a necessidade local.

O principal objetivo é o de comunicar a população de que o momento é crítico e pedir que a circulação seja reduzida imediatamente, sendo a forma de diminuir a ocupação nos hospitais.

Segundo o governador Wellington Dias (PT-PI), porta-voz do grupo, alguns pontos que podem entrar nesse acordo nacional são o de proibição de venda de bebidas alcoólicas a partir de um determinado horário e o de impedimento de eventos com aglomeração.

O plano ainda está em discussão neste domingo (7). Vinte e um estados já concordaram em apoiar o pacto. A consulta ainda está aberta para os que ainda não aderiram.

Os estados que já estão juntos são Piauí, Paraíba, Bahia, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso, São Paulo, Pará, Distrito Federal, Alagoas, Minas Gerais, Ceará, Sergipe, Goiás, Maranhão, Amazonas, Paraná, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Fonte: Bahia Noticias

Veja seus direitos no momento da vacinação

gudjkwe

As vacinas contra o novo coronavírus começaram a ser aplicadas na população brasileira na segunda quinzena de janeiro. Entre os diversos imunizantes que têm sido desenvolvidos por laboratórios em todo o mundo, os primeiros autorizados no Brasil foram a vacina CoronaVac, do laboratório chinês Sinovac, e a vacina feita pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford. Para ser usada no Brasil, as vacinas precisam ter o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Como quantidade de doses importadas e produzidas no país ainda não é capaz de atender a toda a população, a vacinação está sendo feita em etapas, priorizando os grupos mais expostos, como os profissionais de saúde e os de risco, como os idosos.

No entanto, na medida em que a vacinação avança, também foram detectadas fraudes, como o caso de uma enfermeira de Niterói (RJ) que foi indiciada pela polícia por ter simulado a aplicação da vacina em um idoso. Denúncias semelhantes foram registradas em várias partes do país. Por isso, a Agência Brasil ouviu especialistas sobre os direitos do cidadão no momento da imunização.

Direito à informação

Todas as pessoas que forem receber a vacina contra a covid-19 têm direito a pedir informações sobre o imunizante e detalhamento dos procedimentos de aplicação. “É uma questão de saúde pública. Tem direito de perguntar sobre a origem da vacina, quais foram os cuidados tomados, aquelas informações que já não foram disponibilizadas anteriormente”, diz o jurista Acacio Miranda.

Assim, a pessoa e um eventual acompanhante têm o direito de pedir esclarecimentos sobre os procedimentos e sobre a própria vacina. Também pode pedir para checar o frasco de onde foi tirado o medicamento, desde que não interfira na segurança da aplicação. “Ele não pode tocar na ampola. Pode olhar, pode exigir que seja informada cada etapa, até o descarte da seringa”, acrescenta a especialista em direito público Jocinéia Zanardini.

Filmar ou fotografar

Também é possível filmar ou fotografar a vacinação. Miranda ressalta que nesses casos o único cuidado é preservar a imagem do profissional de saúde responsável pela aplicação. “Como regra a pessoa pode filmar, desde que resguarde os diretos de imagem dos profissionais da saúde. Ela pode fazer uma autoimagem, um vídeo dela mesma”, explica.

Isso, no entanto, pode ser alterado caso as prefeituras, governos estaduais ou o governo federal editem decretos, ou caso sejam aprovadas leis que regulamentem a captação de imagem nos estabelecimentos de saúde ou durante a vacinação. Porém, os responsáveis locais, como gerentes de unidades básicas de saúde, não têm poder para proibir filmagens.

A presença de um acompanhante durante a imunização está prevista no Estatuto do Idoso.

Irregularidades

Caso suspeite de alguma irregularidade, a pessoa que está recebendo a vacina pode pedir a presença de um superior hierárquico. Se não for suficiente, podem ser acionadas a ouvidoria do município ou o Ministério Público.

Há ainda a possibilidade de registrar um boletim de ocorrência, caso a vacina não seja efetivamente aplicada com artifícios como a seringa vazia ou com outro produto que não o imunizante. “É um crime, peculato, está desviando um bem público: a vacina é um bem público”, ressalta Jocinéia.

Fonte: AgênciaBrasil

Governadores pelo Clima discutem soluções socioeconômicas e ambientais para o semiárido

1614290434ww

O secretário do Meio Ambiente da Bahia, João Carlos Oliveira participou na tarde desta quinta-feira (25) do evento “Governadores pelo Clima – Construindo soluções interconectadas para o semiárido”, promovido pelo Centro Brasil no Clima (CBC) e o Instituto Clima e Sociedade (ICS) e coordenado pelo ex-secretário do Meio Ambiente de Pernambuco e articulador do CBC, Sérgio Xavier.

O encontro faz parte da agenda do Programa Governadores Pelo Clima e contou com a presença de 11 secretários estaduais do Meio Ambiente, representantes da Alemanha, União Europeia e especialistas do setor elétrico. Os chefes de estado discutiram um plano de ações para o desenvolvimento de uma economia de baixo carbono no semiárido brasileiro que conecta Energias Renováveis, Regeneração do Rio São Francisco, Oportunidades de Produção do Hidrogênio Verde, Capacitação e Geração de Empregos.

O secretário João Carlos Oliveira ressaltou o papel de destaque que a Bahia ocupa na geração de energias eólica e solar fotovoltática. “Por dois anos consecutivos a Bahia se manteve como líder nacional na geração de energia por fontes renováveis. Em 2020, a Bahia gerou 32% de toda energia solar do país, e 29,5% da energia eólica nacional. Desde o ano passado, o estado tem investido na ampliação de energias renováveis com outros tipos de energias limpas, como a biomassa e o biogás. Portanto, nada mais natural, que outras tecnologias possam ser incorporadas à sua matriz energética, como o hidrogênio verde”, afirmou.

O hidrogênio verde é um combustível com alto potencial de uso na geração de energia. O termo é utilizado para se referir ao hidrogênio obtido a partir de fontes renováveis, em um processo no qual não haja emissão de carbono. Este método utiliza a corrente elétrica produzida por energias renováveis, geralmente eólica ou solar, para separar o hidrogênio do oxigênio que existe na água. Como a região Nordeste, em especial a Bahia, é líder na produção de renováveis, possui alto potencial de expansão dessas fontes localizadas no semiárido brasileiro, com localização e infraestrutura portuária privilegiada, que facilita a exportação.

Para Annette Windmeisser, chefe da Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável da Embaixada da Alemanha, o Brasil pode se tornar um player global na geração dessa fonte de energia. A Alemanha aposta no hidrogênio verde para descarbonizar a indústria química, de cimento e siderúrgica. O país que se tornar fornecedor mundial de tecnologias verdes a hidrogênio terá que importar o combustível de outros países, que produzam com base renovável, como o Nordeste brasileiro.

Ascom Sema

Bahia tem restrição total de atividades não essenciais a partir de sexta-feira

Prefeito decreta LOCKDOWN em Quatro Marcos; medidas vão de 2 a 8 de julho e  podem...

A Bahia terá restrição das atividades não essenciais a partir desta sexta-feira (26) até as 5h de segunda-feira (1º), numa tentativa de conter o avanço da Covid-19. A medida foi divulgada nesta quinta (25) pelo governador do estado, Rui Costa, e pelo prefeito de Salvador, Bruno Reis.

Apesar de começar oficialmente às 20h, as restrições se iniciam algumas horas mais cedo para determinados setores.

De acordo com o governador, bares e restaurantes não terão funcionamento presencial em nenhum horário a partir do início do período de restrição, e a venda de bebidas alcoólicas está proibida durante esse período, inclusive em supermercados. Os shoppings também ficarão fechados no final de semana.

O que pode e o que fecha

Na Bahia, o início das restrições na sexta será feito de acordo com o seguinte escalonamento:

  • Lojas e comércio de rua: fecharão das 17h de sexta-feira (26) às 5h de segunda-feira (1º);
  • Bares, restaurantes, pizzarias, lojas de conveniência e similares: fecharão das 18h de sexta-feira (26) às 5h de segunda-feira (1º);
  • Shoppings e centros comerciais: fecharão das 20h de sexta-feira (26) às 5h de segunda-feira (1º).

Apesar disso, o delivery de alimentos está permitido até a meia noite de sexta, e é preciso que as empresas forneçam transporte próprio para esses trabalhadores.

A circulação de pessoas na rua está liberada normalmente, desde que não tenha aglomerações. O transporte público também vai poder funcionar normalmente. O governador não deu detalhes sobre o transporte intermunicipal.

Todas as atividades sociais, sejam elas religiosas, políticas ou culturais, também estão proibidas neste período. Atividades físicas coletivas também foram suspensas neste período. Atividades individuais, como corridas e caminhadas, podem ser feitas.

Primeiro, o governador e o prefeito chegaram a falar sobre a restrição para a capital e os 13 municípios da região metropolitana. Mas logo em seguida, Rui anunciou que toda a Bahia deve ter a restrição, incluindo municípios que não tinham entrado no toque determinado anteriormente.

whatsapp-image-2021-02-25-at-13.50.30

Taxas de ocupação

Até esta quinta-feira, Salvador registrava 84% de taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para adultos. No geral, o percentual de ocupação geral dos leitos (UTI, clínicos, adultos e pediátricos) é de 83%.

Na região metropolitana, a situação é semelhante. Ainda na quarta-feira (24), antes do decreto de restrição para a Bahia, a prefeitura de Guanambi, no sudoeste baiano, já havia anunciado uma restrição que começará a partir da segunda-feira (1º) e durará 10 dias.

Na região metropolitana, a prefeitura de Madre de Deus também anunciou restrição. Lá, a prefeitura registrou aumento 385,1% nos casos ativos de Covid-19.

Na terça-feira (23), o governador Rui Costa já havia sinalizado que, caso o toque de recolher não ajudasse a frear os números da pandemia, seria necessário a restrição.

Fonte: Odestaque/ G1

Boletim Informativo Coronavírus (COVID-19) nº 377, de 25 de fevereiro de 2021

Boletim 25-02-2021

A Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Saúde, informa a situação epidemiológica do município. Hoje foram identificados 10 (dez) novos casos com características que indicam suspeição de Coronavírus (COVID-19). Trata-se de 06 (seis) pessoas do sexo feminino com idades entre 19 e 73 anos. E 04 (quatro) pessoas do sexo masculino com idades entre 31 e 65 anos.

Informa ainda, que no dia de hoje foram concluídos 66 (sessenta e seis) resultados, sendo que 46 (quarenta e seis) testaram negativos e 20 (vinte) testaram positivos. Os 46 (quarenta e seis) casos que testaram negativos trata-se de 28 (vinte e oito) pessoas do sexo feminino com idades entre 09 e 67 anos. E 18 (dezoito) pessoas do sexo masculino com idades entre 20 e 73 anos.

Já os 20 (vinte) casos que testaram positivos, trata-se de 10 (dez) pessoas do sexo feminino, com idades entre 10 e 76 anos. Destas, 04 (quatro) são sintomáticas, 04 (quatro) tiveram contato direto com casos confirmados e 02 (duas) preencheram requisitos para coleta. E 10 (dez) pessoas do sexo masculino, com idades entre 18 e 55 anos. Destes, 06 (seis) são sintomáticos e 04 (quatro) tiveram contato com caso confirmado.

Os 20 (vinte) casos positivos de hoje, foram confirmados mediante Teste Rápido, assim como 31 (trinta e um) dos 46 (quarenta e seis) que testaram negativo, totalizando 51 (cinquenta e um) que não foram diminuídos dos 49 (quarenta e nove) que aguardavam resultado.

A Secretaria de Saúde registra atualmente 9.484 (nove mil quatrocentos e oitenta e quatro) casos confirmados por Teste Rápido e RT-PCR. Destes, 9.255 (nove mil duzentos e cinquenta e cinco) estão recuperados, 116 (cento e dezesseis) estão em isolamento domiciliar, 03 (três) pacientes estão internados e o município registra 110 (cento e dez) óbitos. Já os casos que aguardam resultado somam 44 (quarenta e quatro).

Barreiras contabiliza hoje 26.147 (vinte e seis mil cento e quarenta e sete) casos notificados, sendo que o primeiro caso notificado no Sistema e-SUS VE foi em 26 de março de 2020. E 15.545 (quinze mil quinhentos e quarenta e cinco) casos descartados, cujos resultados foram negativos. De acordo com orientações recentes do Sistema e-SUS VE, o número total de notificados poderá sofrer variações em função dos descartes de casos com sintomas gripais.

Tão logo os demais resultados dos exames dos casos suspeitos sejam concluídos serão divulgados. A Secretaria de Saúde manterá a publicação de um boletim diário para que a população fique devidamente informada sobre o assunto.

Barreiras – BA, 25 de fevereiro de 2021.
Melchisedec Alves das Neves
Secretário Municipal de Saúde