Anvisa proíbe 29 lotes do complexo de vitaminas Pharmaton

VitaminaA Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou o recolhimento, suspensão de distribuição e comercialização de 29 lotes do complexo de vitaminas Pharmaton. A empresa Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda comunicou o recolhimento voluntário dos produtos por identificarem que os lotes apresentam valores do teste de desintegração fora das especificações nos estudos de estabilidade de acompanhamento. No total, foram 11 lotes de Pharmaton em frasco de vidro âmbar com 30 cápsulas gelatinosas moles, 8 lotes de Pharmaton em frasco de vidro âmbar com 100 cápsulas gelatinosas moles e 10 lotes de Pharmaton em frasco de vidro âmbar com 60 cápsulas gelatinosas moles.

Bahia noticias

Bom Jesus da Lapa tem primeiro conjunto de energia solar em funcionamento

placas solar

parque-solar-bahia-foto-enelComeçou a operar o maior parque para geração de energia solar do Brasil,  localizado em Bom Jesus da Lapa. O empreendimento é composto por duas usinas – Bom Jesus da Lapa (80 MW) e Lapa (78 MW), com capacidade instalada total de 158 MW.

A Enel, através de sua subsidiária brasileira renovável Enel Green Power Brasil Participações (“EGPB”), iniciou a operação do parque após investimento de aproximadamente US$ 175 milhões (R$ 575 milhões) e prevê fornecimento por 20 anos com venda de volumes específicos de energia gerada pelas usinas para a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica Comercialização da Energia Elétrica (CCEE).

Segundo a empresa, o conjunto Lapa está localizado em uma área com altos níveis de radiação solar e a região é capaz de gerar cerca de 340 GWh por ano, o suficiente para atender às necessidades anuais de consumo de energia de mais de 166 mil lares brasileiros (cerca de 564 mil pessoas), evitando a emissão de cerca de 198 mil toneladas de CO2 na atmosfera.

PREFEITO ZITO BARBOSA RECEBE EMPRESÁRIOS DO GRUPO MARABÁ PARA CONSOLIDAR INVESTIMENTOS EM BARREIRAS/BA.

Dando seguimento ao planejamento de atrair investimentos que contribuam no desenvolvimento da cidade, o prefeito Zito Barbosa, acompanhado do secretário de agricultura José Marques e do subsecretário Rider Castro, recebeu nesta segunda-feira (05), no gabinete, os empresários Jader, Hernanee e Ondumar Marabá Junior do Grupo Marabá. Os empresários Delson da Delcomaq e Tiago Quinteiro também estiveram presentes na audiência.
Durante o encontro, o empresário Ondumar Júnior detalhou ao prefeito sobre o andamento dos investimentos comerciais, que o grupo Marabá está realizando em Barreiras. As obras já iniciaram, e o grupo prevê inaugurar em fevereiro de 2018, o Hipermercado Marabá, numa área particular de 3 mil m²  localizada na Avenida ACM, saída para Salvador. Serão gerados mais de 150 empregos diretos, além de ampliar as opções de ofertas de produtos e promoções para os consumidores da região.

Os irmãos também contaram um pouco da história da família no Oeste da Bahia, iniciada em 2002, quando seu pai chegou no município de Luis Eduardo para consolidar o sucesso no ramo varejista e atacarejo. Hoje, o grupo Marabá possui uma rede de supermercados, com um público variado e atendendo as áreas de maior concentração populacional.

“Alcançamos nossa meta de também presentear Barreiras com nosso supermercado. A chegada do Marabá, vai com certeza melhorar as opções de compra, com preço justo e produtos de alta qualidade, além, é claro de dar nossa parcela de contribuição social, gerando emprego e renda para a cidade”, disse Ondumar Junior.

O prefeito Zito agradeceu a visita, e destacou que Barreiras recebe o grupo Marabá de braços abertos, pois o investimento fortalece o comércio e proporciona novos empregos e renda, contribuindo assim, para que torne a cidade um lugar melhor para se viver e trabalhar.

“Este é um passo significativo em uma mudança de paradigma, porque estávamos vendo as empresas de Barreiras se instalarem em Luis Eduardo. A chegada do grupo Marabá em Barreiras é um exemplo de mudança e de expansão comercial. Vamos seguir trabalhando para que Barreiras, se torne uma excelente opção de investimento para os empresários que já tem negócios estabelecidos em Luis Eduardo”, concluiu.
Diretoria de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Barreiras – Bahia

 

Brotas de Macaúbas-BA: Jovem inconformado com fim de relacionamento comete suicídio por enforcamento

apresentac3a7c3a3o1Um jovem de 25 anos, por nome de Edmilson Pereira Portela, popularmente conhecido como “Di”, cometeu suicídio na madrugada do dia (04/06) na cidade de Brotas de Macaúbas/BA.

Segundo relato de familiares, o mesmo teria avistado sua ex-namorada com outro rapaz na praça da igreja matriz, onde ocorria a festa do Divino, e ficou transtornado. O término do relacionamento ocorreu há 3 meses atrás, e Edmilson não havia se conformado ainda, então foi até sua casa por volta de 3:30 da manhã, na tentativa de pegar um facão para atingir o rapaz, mas foi contido pelo padrasto.

Após alguns minutos, onde a situação aparentava estar tranquila, o próprio padrasto ouve um barulho estranho no quarto do jovem, e foi ver o que tinha acontecido, quando se deparou com o enteado pendurado por uma corda no pescoço, já em óbito.

Fonte(E-brotas)

Secretaria de Segurança Pública da Bahia questiona pesquisa do IPEA em que cidades baianas figuram como mais violentas

Nove municípios baianos estão entre 30 mais violentos do país, de acordo com a pesquisa “Atlas da Violência”, divulgada nesta segunda-feira (5) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FSBA).

O dado considera os municípios com mais de 100 mil habitantes. Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, ficou em segundo lugar na lista com taxa de 92,5 homicídios por cem mil habitantes e 5,2 mortes violentas de causas indeterminadas (MVCI), abaixo apenas de Altamira (PA), cuja soma da taxa de homicídios e de MVCI é de 107 por cem mil habitantes.

Na relação ainda figuram Simões Filho, em 5º lugar (92,3); Teixeira de Freitas, em 7º (88,1); Porto Seguro, em 9º (86); Barreiras, em 14º (78); Camaçari, em 15º (77,7); Alagoinhas, em 18º (75,7); Eunápolis, em 19º (75,1); e Feira de Santana, em 30º (68,5).

Não há municípios baianos e nordestinos entre os mais pacíficos do Brasil (considerando cidades com mais de 100 mil habitantes), segundo a pesquisa.

E nota, a Secretaria da Segurança Pública ressalta, “que desconhece a metodologia utilizada para a contagem das mortes nos estados brasileiros, como a publicada pelo IPEA esta semana. A diferença no resultado dos rankings divulgados por tais estudos mostram a discrepância da forma de coleta de dados, apontando, em cada uma delas, um município diferente como o mais violento por 100 mil habitantes”.

Ainda segundo a SSP, enquanto não houver uma padronização na coleta destas informações junto a todos os estados, pesquisas como a publicada em nada vão colaborar para entender a real situação dos municípios e a dinâmica da violência no país.

“Exemplificando, em uma cena de crime com 5 mortos por arma de fogo, na Bahia, e demais estados nordestinos, são contabilizados 5 homicídios. Em outros estados, com essa mesma situação, é contabilizado apenas 1 homicídio. Outro ponto diferente é a utilização da classificação ‘mortes a esclarecer’. Tem estado que no final do ano computa 4 mil homicídios e outras 3 mil mortes a esclarecer. Nestes casos as pesquisas utilizam apenas o dado ‘oficial’ de 4 mil”, disse.

De acordo com a SSP, “o Ministério da Justiça já reconheceu que a falta de metodologia única para contagem dos casos colabora para a criação equivocada de rankings de cidades. Logo, se cada estado contabiliza de forma diferente é impossível compará-los”.

Fonte:Bahia Noticias

BAHIA TEM NOVE CIDADES NO RANKING DE 30 MAIS VIOLENTAS DO PAÍS, DIZ IPEA

A cidade de Lauro de Freitas, localizada na Região Metropolitana de Salvador (RMS), está em segundo lugar entre os 30 municípios mais violentos com população superior a 100 mil habitantes, de acordo com dados, referentes ao ano de 2015, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgados nesta segunda-feira (5).
O município baiano, que tinha em 2015 população de 191.426 habitantes, ficou atrás apenas da cidade de Altamira (PA). Lauro de Freitas computou, no ano em questão, 177 homicídios e 10 Mortes Violentas com Causa Indeterminada (MCVI). Segundo o estudo, a média foi de 92.5 homicídios a cada grupo de 100 mil habitantes, em 2015.
Além de Lauro de Freitas, a Bahia ainda tem mais oito cidades no ranking dos 30 municípios mais violentos: Simões Filho (5º lugar), Teixeira de Freitas (7º), Porto Seguro (9º), Barreiras (14º), Camaçari (15º), Alagoinhas (18º), Eunápolis (19º) e Feira de Santana (30º).
Em Simões Filho, também na Região Metropolitana de Salvador (RMS), que tem 133.202 habitantes, foram registrados 112 homicídios e 11 MCVI. Já em Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia, com 157.804 habitantes, foram computados 114 homicídios e 25 MCVI.
Em Porto Seguro, também no extremo sul baiano, que tem população de 145.431 pessoas, o número de homicídios chegou a 123 e o de MCVI, 2. Na região oeste do estado, em Barreiras, com 153.918 habitantes, foi registrado 1 homicídio e 119 Mortes Violentas com Causa Indeterminada.
Com população de 286.919 pessoas, em Camaçari, na RMS, foram 207 homicídios e 16 MCVI. Em Alagoinhas, que tem 154.495 habitantes, o Atlas mostra que ocorreram 103 homicídios e 14 Mortes Violentas com Causa Indeterminada.
Ainda no extremo sul da Bahia, em Eunápolis, a cidade com população de 113.191 pessoas teve 66 homicídios e 19 MCVI. A cerca de 100 km de Salvador, em Feira de Santana, município com 617.528 habitantes, ocorreram 218 homicídios e 205 Mortes Violentas com Causa Indeterminada.
Já a lista dos 30 municípios mais pacíficos, também com população superior a 100 mil habitantes, não há nenhum município baiano.
G1

Publicidade

FeijoadaPara aqueles que adoram o prato típico mais famoso no Brasil, mas que não tem tempo de preparar em casa, a FEIJOADA DA ANA oferece opções que vão agradar o seu paladar e o seu bolso.
Todos os sábados, das 11h às 14h, a FEIJOADA DA ANA fornece o KIT FEIJOADA que serve 2 pessoas e o MARMITEX com porção individual.
Adquira seu KIT e delicie-se na tranquilidade de seu lar. Preparados com ingredientes selecionados, o KIT e o MARMITEX vem guarnecidos com feijoada, arroz, farofa de couve e torresmo
KIT FEIJOADA – R$ 20,00
MARMITEX – R$ 12,00
Aquilo que é bom a gente repete!!
A cada compra realizada você ganha uma assinatura, ao completar seu Cartão Fidelidade com 10 assinaturas, a próxima é grátis!!
Rua Holanda, Campos Belos (Próximo às casas da Agrosul)
Tel.: (77) 9 9983-9083

Carros com placas de finais 2,3,4 e 5 têm prazo de IPVA prorrogado

Sefaz divulgou novos prazos para pagamento (Foto: Divulgação)Sefaz divulgou novos prazos para pagamento (Foto: Divulgação)

A Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA) divulgou que o prazo para pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para veículos com placas de finais 2, 3, 4 e 5 será prorrogado. Por conta da greve dos vigilantes, que afetou o funcionamento de parte das agências bancárias da Bahia, o vencimento que seria entre 29 e 30 de maio foi esticado par ao dia 8 e 9 de junho. Os proprietários de veículos com placas de final 2 deveriam pagar até o dia 29 podem quitar até o dia 8 de junho, enquanto os que possui automóveis com placas com finais 3 e 4 podem pagar até o dia 8 e 9, respectivamente. Para placas com final de 5, o pagamento do IPVA com desconto de 5% ou da primeira cota deve ser feita até a próxima sexta (9). O pagamento deve ser realizado em uma agência ou caixa eletrônico do Banco do Brasil, Bradesco ou Bancoob, com o número do Renavam em mãos.

(Bahia Notícias)

INCO MESES E DOIS DIAS DE TRABALHO SÃO NECESSÁRIOS SÓ PARA PAGAR OS IMPOSTOS, DIZ DADOS

aumento-de-impostos-site-00Segundo reportagem especial do Jornal a Globo, cinco meses e dois dias é o tempo que o brasileiro teve que trabalhar em 2017 só para pagar impostos. Segundo o Instituto Brasileiro em Tributação, se juntarmos todo o nosso ganho aqui no Brasil em um ano, serão 153, dias trabalhados apenas para pagar os impostos e alimentar os cofres do governo, ou seja, 41,91% do ano. Pagamos mais imposto que países como a Argentina, Bélgica, Japão, Estados Unidos, Uruguai e Chile. Há países em que a população paga um valor maior em impostos, como a Dinamarca, a França e Suécia, no entanto são países Desenvolvidos, o que não o caso do Brasil. O pior de tudo que do tempo trabalhado para pagar os impostos, um mês do seu tempo foi para pagar a conta da corrupção, um valor geral que chega a duzentos bilhões por ano.

Lula processa Veja por capa com ex-primeira-dama Marisa Letícia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ajuizou, na última semana, ação contra a revista Veja e os jornalistas responsáveis pela capa do mês de maio. A publicação trouxe imagem de Marisa Letícia com a manchete “A morte dupla – Em seu depoimento ao juiz Moro, Lula atribui as decisões sobre o tríplex no Guarujá à ex-primeira-dama, falecida há três meses”.Para os advogados, a matéria insinua que Lula seria o responsável pela “morte dupla” de sua falecida esposa ao incriminá-la durante seu depoimento. Os causídicos relatam que o ex-presidente jamais atribuiu à mulher a prática de qualquer ato ilícito.
Confira a íntegra da nota:
A afronta à memória de D. Marisa Letícia Lula da Silva e a divulgação de afirmações falsas relativas ao depoimento prestado pelo ex-Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, em 10/05/2017, ao juízo da 13ª. Vara Federal Criminal de Curitiba, fundamentam ação de reparação de danos morais hoje (1/6/2017) protocolada por nosso cliente em face da Abril Comunicações S/A, que edita a revista Veja, e dos repórteres Daniel Pereira e Robson Bonin.
Chocam tanto a capa da publicação (edição nº 2530) e o teor da reportagem que a acompanha quanto o despudor da insinuação de que Lula seria o responsável pela “morte dupla” de sua falecida esposa ao incriminá-la durante seu depoimento.
O ex-Presidente jamais atribuiu à D. Marisa a prática de qualquer ato ilícito. Ao contrário. Naquela oportunidade, esclareceu, mais uma vez, que sua esposa comprou, em 2005, uma cota da Bancoop e fez a gestão do investimento até 2014, quando decidiu não ficar com uma unidade da OAS, que assumira a conclusão do empreendimento após acordo celebrado pelo Ministério Público de São Paulo e homologado pela Justiça Paulista.
O ex-Presidente ainda reafirmou não ter ocorrido qualquer ato ilícito, pois D. Marisa somente investiu valores na cota que havia adquirido, não tendo solicitado ou recebido a unidade 164-A, do Condomínio Solaris. Ela esteve neste imóvel por duas vezes – uma delas acompanhada de Lula – e desistiu da compra. Em 2015, D. Marisa propôs ação judicial contra a Bancoop e a OAS pedindo a devolução dos valores que foram investigados na cota. Ainda não houve julgamento do pedido.
Tais informações são públicas e foram reiteradas vezes divulgadas por nós, não podendo ser ignoradas pelos autores do texto, senão pelo claro objetivo de atacar a honra e a reputação de Lula, assim como a memória de sua esposa.
Bocão News