Saiba como desbloquear as contas digitais do auxílio emergencial

280520_aplicativo_caixa_tem3275

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, explicou nesta quarta-feira (22) como vai funcionar o procedimento para liberação de acesso no aplicativo Caixa Tem, que é uma poupança digital usada por quem recebe o auxílio emergencial de R$ 600. Ontem (21), o banco estatal informou ter bloqueado contas com suspeita de fraude, mas não detalhou quantas contas foram suspensas no total. O caso também está sendo investigado pela Polícia Federal (PF).

Quem acessar o aplicativo Caixa Tem e estiver com a conta bloqueada terá que verificar em qual das situações se encontra: suspeita de fraude ou inconsistência cadastral. Cada caso terá uma mensagem específica e vai requerer um procedimento diferente.

“Temos um grupo com suspeita de fraude, [que representa] 51% das contas bloqueadas. Neste caso, o cliente precisa procurar uma agência para desbloquear. São as contas com suspeita de fraude e aquelas que já sofreram fraude”, afirmou Guimarães durante uma coletiva de imprensa. Outra parte dos beneficiários que teve a conta bloqueada não precisará ir até uma agência e poderá fazer um recadastramento online, com envio de documentação de forma digitalizada.

“Temos um segundo grupo, com 49% desses [acessos] que foram bloqueados, com uma inconsistência cadastral. O que deve ser feito é um novo acesso ao aplicativo para envio de documentação [online]. Essa inconsistência cadastral evita a necessidade de ida a agência e vai acelerar a liberação do cadastro”, acrescentou Guimarães.    (mais…)

Embasa retira novas irregularidades na rede de água em Ibotirama

Retirada de irregularidade sistema de água ibotirama2

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) vem reforçando ao longo deste mês de julho as ações de combate a irregularidades em Ibotirama, no Oeste da Bahia. As equipes de campo identificaram e retiraram nove pontos de água furtada nos bairros Alto Cruzeiro, Campo Verde, Centro e Morada Real. As ações vêm sendo realizadas em caso de denúncias ou em pontos onde começam a prejudicar o fornecimento da área onde o desvio da água é realizado de forma clandestina.

Segundo o gerente da Embasa em Ibotirama, o objetivo da ação é regularizar o abastecimento prejudicados pelos furtos de água e reduzir os índices de violações à rede distribuidora. “Além de reduzir a oferta de água, prejudicando quem está pagando a conta em dia, também pode prejudicar a qualidade da água e obstruir a rede no momento que ocorre este tipo de interferência externa sem os protocolos adequados. Estamos sempre buscando o apoio da população para impedir que novas irregularidades aconteçam”, afirma.

ALERTA | A prática de furto de água é qualificada crime contra o patrimônio, de acordo com o artigo 155 do Código Penal Brasileiro, cujo parágrafo 3º, ao tratar de furtos, equipara “à coisa móvel a energia elétrica ou qualquer outra que tenha valor econômico”. A pena prevista na lei é reclusão de um a quatro anos e multa. Caso identifique ligações clandestinas de água, a população pode denunciar, anonimamente, pelo telefone 0800 0555 195, agência virtual pelo site: www.embasa.ba.gov.br, ou aplicativo do celular.

Ascom Embasa

Após autorização, moradores da localidade Angélica Ayres, no Rio de Ondas, comemoram o início da pavimentação mista em asfalto e bloquete

Capa

DSC_093a

DSC_0110

DSC_0120

Prefeitura de Barreiras, através a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Obras, Serviços Públicos e Transporte, autorizou na manhã de segunda-feira (20) as obras de pavimentação mista, em asfalto e bloquetes para urbanização da localidade Angélica Ayres, no Rio de Ondas. Considerada um dos principais pontos turísticos de Barreiras, a localidade recebe pela primeira vez intervenções de pavimentação, que estão sendo executadas com recursos próprios do município através do Programa Pavimenta Barreiras.

A obra integra o maior programa de pavimentação do Nordeste e consiste na  pavimentação com asfalto novo nas avenidas principais, como as que dão acesso ao Restaurante Casa do Rio, Clube da Cotia, Clube BNB e desde à ponte sobre o Rio de Ondas até a entrada que dá acesso ao Vau da Boa Esperança.  As ruas internas da localidade terão pavimentação em bloquetes, uma alternativa eficiente para a melhoria da infraestrutura e que está sendo executada em vários bairros do município, principalmente nas comunidades rurais.

Mais de 200 famílias serão beneficiadas com as obras. O comerciante Cícero Moreira Lima mora há 18 anos na localidade Angélica Ayres, para ele ver o início das obras foi como receber um presente do céu. “Ao ver as máquinas logo cedo nessa localidade me encheu de esperança, vivemos muito tempo na espera de dias melhores e graças a Deus teve início com essa gestão. Tenho um pequeno comércio e devido a poeira tenho que limpar várias vezes no dia, mas agora tenho certeza que viveremos outra realidade, porque só quem nunca teve asfalto na porta de sua casa, sabe da importância e o impacto na qualidade de vida e para o nosso progresso”, pontuou Cícero.

De acordo com o secretário de infraestrutura, João Sá Teles, as obras que já iniciaram irão melhorar a trafegabilidade de turistas e moradores, favorecendo positivamente o comércio local, uma vez que a receptividade aos turistas será aprimorada em 100%.

“A gestão municipal tem a prerrogativa de atender por igual todos os munícipes, seja na zona urbana ou nas comunidades rurais, e assim tem sido desde 2017 através de um amplo programa de pavimentação e requalificação na infraestrutura de Barreiras, que envolve também a urbanização das sedes dos povoados. Os trabalhos de pavimentação nessa localidade Angélica Ayres terão um significado ainda mais importante, tanto para os moradores como para os turistas, que frequentam a localidade, inclusive de forma mais intensa durante o Carnaval, uma vez que aqui, nesse ponto do Rio de Ondas, também é um ponto turístico muito frequentado em nosso município”, salientou o secretário.

Dircom Barreiras

São Desidério adere à prorrogação da Campanha de vacinação contra o Sarampo, que segue até 31 de agosto

CAMPANHA SARAMPO

Seguindo o que determina o Ministério da Saúde e a Campanha Nacional ‘O Brasil livre do Sarampo’, no município de São Desidério, desde março, as equipes de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde (SESASD) estão empenhadas na Campanha de Imunização contra o Sarampo. A vacinação seguirá até 31 de agosto para adultos de 20 a 49 anos.

As pessoas devem procurar o posto de vacinação mais próximo de sua residência portando o cartão de vacinação. Em São Desidério a vacina encontra-se disponível no Centro de Saúde Florentino Augusto de Souza, nos Postos de Saúde da Família (PSF’s) Antônio Pereira da Rocha e Otacílio Jesuíno de Oliveira, na sede, e nos PSF’s ou Unidades Básicas de Saúde dos distritos de Sítio Grande e da região de Roda Velha, assim como também nos Postos de Saúde da zona rural.

“O prazo anterior do término da vacinação era até 31 de julho e foi prorrogado para 31 de agosto para que possa ser vacinado o maior número de pessoas. Essa vacina é tríplice viral e além do Sarampo, também previne a Caxumba e Rubéola. É muito eficaz e a única maneira para proteger contra essas doenças”, destacou a enfermeira que faz parte da equipe da Atenção Básica, Ana Carla Moreno.

Sarampo – É uma doença grave e de alta transmissibilidade. Uma pessoa infectada pode transmitir para até outras 18 pessoas. A disseminação do vírus ocorre por via aérea ao tossir, espirrar, falar ou respirar. Neste caso, não é necessário o contato direto porque o vírus pode se disseminar pelo ar a metros de distância da pessoa infectada.

Ascom São Desidério

NOTA INFORMATIVA SÃO DESIDÉRIO

FB_IMG_1595296157331

A PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO DESIDÉRIO, POR MEIO DA SECRETARIA DE SAÚDE, INFORMA A POPULAÇÃO QUE HOJE, DIA 20/07/2020, DOS 12 CASOS COM CRITÉRIO DE COLETA DE EXAMES, 11 TESTARAM NEGATIVOS E 01 TESTOU POSITIVO PARA COVID-19, QUE TRATA-SE DE 01 PESSOA DO SEXO MASCULINO COM IDADE DE 53 ANOS, RESIDENTE NA SEDE DO MUNICÍPIO, NO BAIRRO PÔR DO SOL.
O PACIENTE APRESENTA SINTOMAS LEVES, ESTÁ CUMPRINDO O ISOLAMENTO DOMICILIAR E SEGUE ACOMPANHADO PELA EQUIPE DE SAÚDE.

A PREFEITURA INFORMA AINDA QUE HOJE SURGIRAM MAIS 23 NOVOS CASOS SUSPEITOS COM CRITÉRIO PARA COLETA DE EXAMES, QUE SERÃO DIVULGADOS POSTERIORMENTE A CONCLUSÃO DOS EXAMES.

COMUNICA TAMBÉM QUE HOJE 11 PESSOAS SAÍRAM DO ISOLAMENTO DOMICILIAR, E PASSAM A SER CONSIDERADOS CASOS CURADOS.

EM TEMPO, REFORÇA OS PEDIDOS A TODA POPULAÇÃO SOBRE A IMPORTÂNCIA DE SEGUIR AS MEDIDAS PREVENTIVAS, COMO O DISTANCIAMENTO SOCIAL E O USO OBRIGATÓRIO DA MÁSCARA E ÀQUELES QUE FORAM CONFIRMADOS O CONTÁGIO DO CORONAVÍRUS, NO CASO DE DESCUMPRIMENTO DO ISOLAMENTO DOMICILIAR, OU INTERNAMENTO HOSPITALAR, O INFRATOR SERÁ RESPONSABILIZADO E PENALIZADO CRIMINAL E ADMINISTRATIVAMENTE COM PERMISSÃO DE USO DE FORÇA POLICIAL, CONFORME DECRETO MUNICIPAL.

SÃO DESIDÉRIO – BAHIA, 20/07/2020.

Fiscalizações reforçam cumprimento do Decreto Municipal que intensifica medidas restritivas e de combate ao coronavírus, em Barreiras

CAPA (1)

DSC_01f5

DSC_9e32c

DSC_5082

DSC_b825

DSC_ba48

A rotina das fiscalizações se intensificou em Barreiras, com a publicação do Decreto 135 https://www.barreiras.ba.gov.br/diario/pdf/2020/diario3236.pdf na quinta-feira (16). As equipes compostas pela Guarda Civil Municipal e órgãos das secretarias de Saúde, Educação, Meio Ambiente, Agricultura, Infraestrutura, Indústria e Comércio com o apoio da Polícia Militar, estão nas ruas, fazendo cumprir as normativas do documento.

Dentre as novas medidas de combate ao coronavírus vigentes, estão o fechamento pelo período de 15 dias, de bares, distribuidoras de bebidas, restaurantes, pizzarias, lanchonetes, pastelarias, quiosques, trailers e lojas de conveniências. Também, academias de ginástica, lutas, musculação, estúdios de danças, treinamentos funcionais, crossfit, natação, hidroginástica e áreas afins. Outra medida é a proibição da permanência e trânsito de público em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 21h às 05h até o próximo dia 31.

Neste domingo (19) sob a vigência do novo decreto, os profissionais percorreram o centro, bairros e zona rural da cidade,  fiscalizando pontos de venda de bebidas alcoólicas e confirmaram o fechamento de bares e restaurantes, estes, poderão comercializar seus produtos com entregas em domicílio até às 20 horas. “Realizamos algumas interdições por descumprimento do novo Decreto e ontem foi o primeiro dia do toque de recolher. Tudo transcorreu na normalidade, principalmente no centro da cidade e bairros mais próximos. Nos bairros periféricos tivemos pouca dificuldade com os pequenos estabelecimentos e na zona rural, foi bem tranquilo. Durante o dia foi mais complicado e a noite, mais calmo”, avalia o diretor da vigilância sanitária, Canuto Ayres.

Antes de iniciar as diligências da noite, fiscais e coordenadores se reuniram com o secretário de Saúde Anderson Vian para os últimos detalhes sobre a atuação durante as fiscalizações. O trabalho prosseguiu nas ruas, praças e pontos que normalmente são considerados de encontros e de maiores aglomerações. Após as 21h, Barreiras estava com ruas vazias, as pessoas se recolheram em suas casas, conforme orientações dos órgãos em saúde pública, sob as orientações do Comitê de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE) que propôs medidas restritivas considerando a ocupação dos leitos hospitalares a análise de especialistas sobre o cenário da pandemia do novo coronavírus.

“A nossa maior preocupação é com a preservação das vidas, as pessoas precisam entender que estamos vivendo um momento muito delicado. A Prefeitura de Barreiras e os profissionais que estão na linha de frente, estão arriscando as próprias vidas para proteger as nossas. Por isso, pedimos que todos colaborem, fazendo a sua parte, respeitando as medidas restritivas e as preventivas, fazendo distanciamento social, evitando aglomerações, usando máscara e higienizando as mãos com água e sabão ou álcool gel. Estas fiscalizações serão mantidas, mas, mais importante é as pessoas entenderem que são fundamentais no combate ao vírus”, diz o secretário Anderson Vian.

Dircom/PMB 

Brasil registra 632 óbitos e mais de 20 mil casos de covid-19 em 24h

2020-04-01t102852z_125263690_rc2mvf9f72ss_rtrmadp_3_health-coronavirus-china-scientists

Na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada no início da noite de hoje (20), consta que foram registradas 632 novas mortes por covid-19 entre ontem(19) e hoje, totalizando 80.120. O balanço apresenta também 20.257 novos casos confirmados de covid-19 nas últimas 24 horas. No total, 2.118.646 pessoas foram diagnosticadas com a covid-19 no Brasil desde o início da pandemia e 1.409.202 se recuperaram da doença.

De acordo com o Ministério da Saúde, 629.324 pacientes estão em acompanhamento. Há ainda 3.946 óbitos em investigação.

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 3,8%. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 38,1. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 1008,2.

Aos sábados, domingos e segundas-feiras, o número diário registrado tende a ser menor pela dificuldade de alimentação dos bancos de dados pelas secretarias municipais e estaduais. Já às terças-feiras, o quantitativo em geral é maior pela atualização dos casos acumulados aos fins de semana. (mais…)

Prefeitura de Barreiras inicia atendimento em leitos de UTI para pacientes com Covid-19, no Hospital Central

Capa

DSC_0001

DSC_0005

DSC_0009

DSC_0065

Na manhã desta segunda-feira, 20, o secretário municipal de saúde Anderson Vian, acompanhado da coordenadora do Núcleo Regional de Saúde Oeste, Suzete Dias e representantes da equipe médica e administrativa do Hospital Central, realizou a última vistoria nos leitos de UTI e enfermaria contratados pela Prefeitura de Barreiras, antes da unidade receber os primeiros pacientes acometidos da Covid-19.

De acordo com Anderson Vian, a Secretaria Municipal de Saúde já está apta para fazer a regulação dos primeiros casos com quadro de moderado a grave.

“Os leitos foram contratados pela Prefeitura de Barreiras e são exclusivos para pacientes atingidos pela Covid-19. Temos um total de 20 leitos, 10 de enfermaria e 10 de UTI para atendimento à população do município que necessitar de assistência médica.  A regulação será feita pela nossa unidade de referência que é o Pronto Atendimento Coronavírus, baseada na taxa de ocupação desta unidade e do Hospital do Oeste. Quando a taxa do HO superar a marca dos 80%, os pacientes de Barreiras que surgirem serão encaminhados ao Hospital Central”, explicou Anderson Vian.

Também compõem as ações de retaguarda no combate ao novo Coronavírus, a higienização de espaços públicos e de atendimento à saúde, fiscalização de estabelecimentos comerciais e do cumprimento de leis e decretos, além de ações de cidadania nos bairros.

“Oferecemos os leitos, mas trabalhamos para que a nossa comunidade não necessite. Para isso, além das iniciativas do poder público e da sociedade civil organizada é importante que cada indivíduo assuma a responsabilidade de se manter em segurança, saindo apenas quando necessário, respeitando as medidas sanitárias e de controle social”, concluiu o secretário de saúde.

Dircom Barreiras

Após cinco meses, barreiras sanitárias são encerradas e equipes passarão a exercer outras ações em São Desidério

1

A Comissão Municipal de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Enfrentamento à COVID-19 após várias reuniões e discussões entre os membros decidiu encerrar as atividades das barreiras sanitárias neste domingo, 19 de julho de 2020, em São Desidério.

Foram cinco meses de trabalho árduo das equipes da Vigilância em Saúde e servidores de outros setores nas entradas/saídas da cidade, onde foram realizados os serviços de aferição de temperatura, orientações sobre as medidas preventivas, como também o impedimento da entrada de vendedores ambulantes na cidade, em cumprimento ao que determina o Decreto Municipal nº 026/2020.

A partir de agora as equipes irão colaborar no reforço do monitoramento dos casos positivos, fiscalização de denúncias de aglomerações, no comércio local e no trabalho preventivo e de enfrentamento a Covid-19. “Fizemos um trabalho excelente, todas as medidas foram tomadas com objetivo de conter o avanço do contágio da Covid-19. Quero agradecer a cada um pelo trabalho prestado, que não foi fácil, pois se não houvesse boa vontade, não teríamos realizado esse trabalho”, relatou a coordenadora da Vigilância Sanitária, Luzeni Alves.

Mais de 20 servidores estiveram trabalhando nas barreiras, divididas em dois turnos, devidamente capacitados e protegidos por EPI’s, prestando os serviços de verificação de temperatura e orientação aos motoristas e passageiros que adentravam ao município.

“Ficaremos eternamente gratos a todos os servidores que contribuíram e fizeram sua parte nas barreiras sanitárias no combate a Covid-19 e que demonstraram através do trabalho diário o verdadeiro espírito de cooperação e união”, destacou o prefeito Zé Carlos.

As medidas de prevenção continuam valendo para todos os cidadãos que ingressarem no território do Município, ou seja, é obrigatório, o uso de máscara de proteção individual e dispor de álcool 70% para higienização das mãos, além de manter o distanciamento social.

Ascom São Desidério

Vacina chinesa contra covid-19 começará a ser testada amanhã em SP

20_07_2020_vacina_sao_paulo

A vacina chinesa contra o novo coronavírus, chamada de CoronaVac, começará a ser testada em voluntários brasileiros a partir de amanhã (21). A vacina será aplicada em 890 voluntários da área da saúde do Hospital das Clínicas, na capital paulista.

A vacina é aplicada em duas doses. A primeira delas começa a ser aplicada amanhã. A outra dose será aplicada após 14 dias. Os pesquisadores do Hospital das Clínicas vão analisar os voluntários em consultas que são agendadas a cada duas semanas. A estimativa é concluir todo o estudo da fase 3 de testes em até 90 dias.

Ao todo, os testes com a CoronaVac serão realizados em nove mil voluntários em centros de pesquisas de seis estados brasileiros: São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná. A pesquisa clínica será coordenada pelo Instituto Butantan e o custo da testagem é de R$ 85 milhões, custeados pelo governo.

Os testes serão acompanhados por uma comissão de pesquisadores internacionais, que terão acesso à plataforma científica para observar o andamento e garantir transparência em todo o processo.

Caso seja comprovado o sucesso da vacina, ela começará a ser produzida pelo Instituto Butantan a partir do início do ano que vem, com mais de 120 milhões de doses, o suficiente para vacinar cerca de 60 milhões de brasileiros.

“A partir do fechamento do estudo, que deve acontecer em setembro, entramos na fase de acompanhamento, que é muito contínua. A qualquer momento, a partir daí, poderemos ter a  abertura parcial do estudo que indique a sua eficácia. Se esse estudo for concluído antes do final deste ano – e essa é uma expectativa real – poderemos ter essa vacina disponível para a população brasileira já no início do próximo ano”, disse Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan.

Segundo o governador de São Paulo, João Doria, a vacina, caso seja aprovada, será destinada a todos os brasileiros. “Isso será feito através do Sistema Único de Saúde, universal e gratuito a todos os brasileiros. O Instituto Butantan terá todo o domínio da tecnologia. É isto que prevê o acordo com o laboratório Sinovac.”  (mais…)