RELATÓRIO MOSTRA QUE 40% DAS CRIANÇAS BRASILEIRAS ENTRE 0 E 14 ANOS VIVEM NA POBREZA

1437472152_294616_1437487497_noticia_normal-99Cerca de 17 milhões de crianças até 14 anos vivem em domicílios de baixa renda. O número representa o equivalente a 40,2% da população brasileira nessa faixa etária. Quando separado por região, o Norte e o Nordeste apresentam as piores situações: 60,6% e 54% das crianças vivem com renda domiciliar per capita pensal igual ou inferior a meio salário mínimo. Desse total, 5,8 milhões vivem em situação de extrema pobreza, caracterizado pela renda per capita inferior a 25% do salário mínimo. As informações foram reunidas no relatório ‘Cenário da Infância e Adolescência no Brasil’, divulgdo pela Fundação Abrinq. Em sua quarta edição, a publicação reúne 23 indicadores sociais divididos nos temas trabalho infantil, saneamento básico, mortalidade e educação. “Nesta edição, além de retratar a situação das crianças no Brasil, também apresentamos a Pauta Prioritária da Infância e Adolescência no Congresso Nacional. O conteúdo revela as prinicpais proposições legislativas em trâmite no Senado e na Câmara dos Deputados, com os respectivos posicionamentos da Fundação Abrinq baseados na efetivação e proteção de direitos da criança e do adolescente no Brasil”, explicou Heloisa Oliveira, administradora executiva da instituição. A violência contra crianças e adolescentes é um dos temas abordados no estudo, que identificou o assassinato de 10.465 crianças e jovens até 19 anos no Brasil em 2015 – o que corresponde a 18,4% dos homicídios cometidos no Brasil naquele ano. Em mais de 80% dos casos, a morte ocorreu por arma de fogo. A região nordeste concentra a maior parte desses homicídios (4.564), sendo 3.904 por arma de fogo. Cerca de 153 mil denúncias de violações de direitos de crianças e adolescentes chegaram ao Disque 100 em 2015, das quais 72,8% das ligações se referia a casos de negligência, 45,7% de violência psicológica, 42,4% de violência física e 21,3% de violência sexual. Quanto ao trabalho infantil, o documento mostrou que as condições estão mais precárias, embora tenha diminuído o número de crianças e adolescentes, entre 10 e 17 anos, nessa condição. Por outro lado, cresceu em 8,5 mil o número de crianças de 5 a 9 anos ocupadas. Considerando os dois grupos de crianças, mais de 60% delas são do Nordeste e do Sudeste, mas a maior concentração de trabalho infantil ocorre no Sul. Apesar dos dados negativos, uma perspectiva positiva: a cobertura em creches passou de 28,4% em 2014 para 30,4% em 2015. Até 2024, a meta estabelecida pelo Plano Nacional de Educação é chegar a 50%.

São Desidério: secretaria de meio ambiente realiza atividades para comemorar o dia mundial da Água.

tttt
Para celebrar o Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, a Secretaria  Municipal de Meio Ambiente de São Desidério, realizará nessa quarta-feira, 22, algumas atividades com o objetivo de despertar a população para a conscientização sobre a relevância da água para a sobrevivência humana e toda vida terrestre.
 
A programação começará às 8h30min, em frente à Secretaria Municipal de Infraestrutura, com o Lançamento do Projeto de Recuperação da Área de Preservação do Rio São Desidério, onde será feita a limpeza de uma área degradada pelo acúmulo de lixo às margens do rio.
 
E a partir das 17h30min, no Centro Cultural Celso Barbosa, acontecerá uma mesa redonda com os diversos segmentos que utilizam deste recurso natural:  EMBASA, Bahia PCH, Comitê da Bahia do Rio Grande, Secretaria Municipal de Agricultura, Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Lazer e Turismo (SECULT) e Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Para abrilhantar o evento haverá também participação especial do cantor Rodrigo Rocha e apresentação teatral com a Companhia Trakinus.
 
Fonte:ASCOM Prefeitura Municipal de São Desidério

PM impedi roubo a banco em Irecê e segurança é reforçada na região.

WhatsApp-Image-2017-03-20-at-11.36.0Guarnições do 7º Batalhão da Polícia Militar (Irecê) frustraram, na madrugada desta segunda-feira (20), uma tentativa de roubo a banco naquela cidade. Durante troca de tiros um dos criminosos foi atingido, mas conseguiu escapar. De imediato policiais civis iniciaram as investigações e localizaram, durante a manhã, um dos veículos utilizados pela quadrilha. Na Hilux de cor prata foram encontrados explosivos, máscaras e carregadores de fuzis.
A polícia acredita que a quadrilha é a mesma que recentemente teve fuzis apreendidos e uma roça de maconha avaliada em R$ 5 milhões destruída. Outras duas operações recentes também apreenderam explosivos e armamentos de grosso calibre atribuídos ao grupo. ” Tudo indica que a ação de ontem tinha o objetivo de levantar recursos para reaparelhar o grupo, mas a polícia mostrou, mais uma vez, que aqui na Bahia a criminalidade é encarada de frente”, destacou o secretário da Segurança Pública.
Testemunhas começaram a ser ouvidas e imagens de câmeras serão analisadas e poderão ajudar na identificação dos criminosos.

Militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), do Grupamento Aéreo (Graer) e da Companhia Independente de Policiamento Especializado da região Chapada reforçam o patrulhamento na região.

Barreiras:Motorista embriagado provoca acidente e termina preso.

NISSAN

NISSAN-02O acidente aconteceu na tarde deste domingo, 19, por volta das 16h 08, na Rua Rui Barbosa, Vila Regina.

De acordo com a Polícia Militar, Pedro Luiz Dall’oglio conduzia o veiculo Nissan/Frontier, cor verde, de placa OKJ-1060/Barreiras-BA, quando bateu contra a caminhonete S – 10, de cor prata, dirigida por Laércio Ursino da Silva, que estava em companhia do seu filho, Teo Ursino Andrade, de 3 anos.

A criança recebeu socorro do SAMU e foi encaminhada para o Hospital Do Oeste. O airbag impediu que Laercio sofresse graves ferimentos, mas ainda ficou levemente lesionado nas pernas. Os policiais encaminharam Pedro para a delegacia da Polícia Rodoviária Federal, onde faria o teste do bafômetro, que não foi possível por falta de aparelho etilômetro.

O delegado ressalta que ele infringiu quatro Artigos do Código Nacional de Trânsito. O 303, por Praticar lesão corporal culposa na direção de veículo automotor; 304, por deixar o condutor do veículo, na ocasião do acidente, de prestar imediato socorro à vítima, ou, não podendo fazê-lo diretamente, por justa causa; 305, por afastar-se o condutor do veículo do local do acidente, para fugir à responsabilidade penal ou civil que lhe possa ser atribuída, e o 306, por conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência.

O delegado Francisco Carlos de Sá informou que o causador do acidente estava visivelmente embriagado e resistiu à prisão, obrigando os policiais usarem da força para imobilizá-lo. “A situação dele não permite que eu arbitre fiança”, comentou.

O motorista está preso no complexo policial do bairro Aratu.

Fonte:odestak/Alô Alô Salomão

FGTS: MAIS DE 7 MILHÕES LEVARAM CALOTE DO PATRÃO

fgts-1Os patrões deixaram de pagar o FGTS de mais de SETE MILHÕES de trabalhadores.

Os dados são da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

O valor não pago pelas empresas chega a mais de 24 BILHÕES DE REAIS. Isso representa mais da metade do que deve ser sacado pelos trabalhadores.

O empregado que estava trabalhando, e sabe que tem direito ao dinheiro deve primeiro saber por que a conta de FGTS está vazia. E se a culpa for do antigo patrão é necessário entrar com uma ação na justiça.

Mas mesmo que o trabalhador entre com a ação na justiça agora, ele não vai poder sacar o dinheiro dentro do calendário de saques da Caixa.

De acordo com a Caixa Econômica, cerca de 30 MILHÕES de trabalhadores têm direito ao saque das contas inativas do FGTS.

IRECÊ: UM BANDIDO BALEADO EM INTENSA TROCA DE TIROS ENTRE POLICIAS E BANDIDOS DURANTE ASSALTO À BANCOS

sssssd-82

ferido1-35

dddff-02

WhatsApp-Image-2017-03-20-at-01.34.47

Casa Próxima ao Banco Também ficou destruída

casa1

WhatsApp-Image-2017-03-20-at-02.05.18

WhatsApp-Image-2017-03-20-at-02.10.25A onda da de explosões de banco que aterroriza cidades do Nordeste brasileiro chegou à antiga Capital do Feijão. Na madrugada desta segunda-feira (20), por volta de 1h, bandidos invadiram as agências do Banco do Brasil e do Bradesco da cidade de Irecê, a 340 km de Livramento de Nossa Senhora. Na ação os bandidos mostraram muita ousadia e agressividade.

Eles arrombaram caixas e cofres e deram tiros de armas de grosso calibre, atingindo imóveis no centro da cidade, assustando a população. Os moradores acordaram assustados com os tiros efetuados pela quadrilha.

Os bandidos destruíram as agências e acabaram levando uma quantia de dinheiro ainda não revelada. Populares que residem nas proximidades das agências passaram momentos de terror.

Fonte:odestak/L12Noticias

Motociclistas morrem em Acidente no município de Santa Rita de Cássia.

Santa-Rita-07
santa-rita-02Dois motociclistas morreram em uma colisão frontal envolvendo duas motos, numa estrada vicinal no interior de Santa Rita de Cássia, no Oeste da Bahia, na tarde deste sábado (18). Segundo dados registrados em relatório apresentado no Departamento de Polícia Técnica em Barreiras/BA, o fato ocorreu no povoado de Campo Baixo, por volta das 15h 00. No documento não há informações sobre as circunstâncias do acidente.

Os corpos das vítimas, Leandro de Souza, 19 anos e Reginaldo Barbosa do Nascimento, 33 anos, foram apresentados no IML regional para realização de necropsia, após serem submetidos a exames periciais no local do acidente, realizados pelo perito criminal Claudemiro Pires. Ambos não usavam capacetes e sofreram traumatismo craniano grave.

De acordo com a senhora Jacira Santana, que é esposa de Leandro, a trágica ‘batida’ aconteceu no momento em que seu marido e o outro motociclista tentaram desviar de uma poça de lama. “Ele estava indo me pegar na casa de minha mãe”, comentou.

O casal residia em Brasília e estava a passeio no município de Santa Rita de Cássia. Quando questionada sobre o acidente, Jacira se recusou dar maiores informações. Ela e sua sogra, a senhora Zélia Maria de Matos Souza aguardam a liberação do corpo de Leandro no IML local. O mesmo será sepultado no município de Remanso/BA, onde moram seus familiares. Reginaldo deve ser levado de volta para Santa Rita de Cássia.

Fonte;odestak/Alô Alô Salomão

Inscrições para remanescentes do proUni começam dia 27 de março.

262996As inscrições para bolsas remanescentes do Prouni para o primeiro semestre de 2017 devem ser feitas de 27 de março a 5 de abril, para quem não estiver matriculado na instituição, e até 5 de maio para os já matriculados. O Prouni é destinado à concessão de bolsas de estudo integrais e parciais (50%) para estudantes de cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas com ou sem fins lucrativos.
No caso da bolsa integral, a renda familiar mensal per capta do interessado não poderá exceder a um salário mínimo e meio. E não pode ser superior a três salários mínimos para os demais, mediante critérios definidos pelo Ministério da Educação. Podem se inscrever os que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e que obtiveram nota igual ou acima de 450 pontos, além de superior a zero na redação.
Professores da rede pública de educação básica, integrantes do quadro permanente da instituição, também poderão se inscrever para cursos de licenciatura, independentemente da renda. A conclusão da inscrição assegura ao candidato apenas a expectativa de direito à bolsa, mas a concessão é condicionada à comprovação de atendimento dos requisitos legais e regulamentares do Prouni. Nos dois dias úteis seguintes, ele deverá comparecer à instituição de ensino para proceder a comprovação das informações prestadas.

Saiba o que fazer se a empresa não depositou seu FGTS

1068820-120-20ebc_abr_10.03.2017-4658Com a permissão para o saque das contas inativas do fundo de garantia do tempo de serviço (FGTS) muitos trabalhadores estão recebendo más notícias: as empresas onde trabalhavam não fizeram os depósitos regularmente. Quem faz parte deste grupo deve denunciar as empresas envolvidas, para tentar recuperar o dinheiro. Desde o anúncio do saque de contas inativas, o Ministério do Trabalho recebeu mais de 5 mil denúncias sobre a falta de depósitos do benefício.

Para fazer a denúncia, é necessário ter em mãos a carteira de trabalho e o extrato da conta do FGTS da empresa em questão. A identidade do trabalhador pode ser mantida no anonimato, caso ele prefira. Ele deve procurar o sindicato que representa sua categoria profissional ou ir a um posto ou gerência do Ministério do Trabalho. A relação de unidades do ministério pode ser encontrada neste site.

Outra opção é fazer a denúncia ao Ministério Público do Trabalho ou uma reclamação na Justiça do Trabalho. Se a empresa não existir mais, o trabalhador deve entrar com uma ação na Justiça do Trabalho.

Como funcionam os depósitos?

Segundo a lei, o empregador é obrigado a depositar mensalmente, até o dia 7 de cada mês, o valor correspondente a 8% da remuneração de cada trabalhador no mês anterior. Além disso, as empresas são obrigadas a comunicar mensalmente os empregados sobre os valores recolhidos. Ou seja, o trabalhador não precisa fazer nada para que o valor do FGTS seja depositado. O que se pode fazer, contudo, é acompanhar os depósitos. O chefe da Divisão de Fiscalização do FGTS no Ministério do Trabalho, Joel Darcie, lembra que qualquer trabalhador pode checar se os depósitos estão sendo feitos corretamente.

Como ver o extrato do FGTS?

É possível consultar o extrato do FGTS pela internet, no site da Caixa. Lá, será preciso informar o número do PIS/PASEP (presente na carteira de trabalho, no Cartão PIS/PASEP ou no cartão cidadão). O trabalhador irá preencher uma ficha cadastral e criar uma senha. Feito isso, é possível consultar o saldo e as movimentações de todas as contas do FGTS em seu nome.

Também é possível acessar o saldo pelo aplicativo da Caixa chamado FGTS. Quem tem o cartão cidadão pode ver o saldo diretamente nos caixas eletrônicos.

Outra opção é ir até uma agência da Caixa, com Cartão do Trabalhador ou Carteira de Trabalho e o cartão ou número do PIS.

A Caixa, no entanto, só tem informações em seu sistema a partir de maio de 1992. Se o profissional ingressou em um emprego antes dessa data, ele precisará verificar na carteira de trabalho qual era o banco responsável por receber os depósitos e solicitar o extrato, segundo o Ministério do Trabalho.