Apresentamos o Distrito de Roda Velha de cara nova

rua-8

As ruas quase Todas com asfalto e calçadas e placas de sinalização

rua-2

Loteamento Campos Belos

rua-6

Loteamento campos Belos

rua-7

loteamento Lotervel

rua-9

avenida4

Avenida paraná

avenida

Avenida Brasil

avenida6

Avenida Realeza

lago4

Lindo Lago Ideal para quem gosta de laser andar de Jet Ski

lago1

Lago do Rio Roda Velha

lago2

Venham conhecer

lago4

Mais de 11 mil pessoas na Bahia ainda não sacaram o abono salarial

Pagamento poderá ser sacado até o dia 30 de dezembro.
Confira quem tem direito ao benefício e como sacar.

12-1

Abono salarial poderá ser sacado até 30 de dezembro (Foto: Foto: Marcos Santos/ USP Imagens)

Mais de 11,2 mil pessoas em toda a Bahia ainda não sacaram o abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2014. Segundo dados do Ministério do TRablaho (MTE), somados, os benefícios não sacados correspondem a R$ 9,8 milhões. No estado, 29.361 pessoas tinham direito ao abono, das quais 18.152 retiraram o benefício até o dia 29 de novembro. O prazo para saque termina em duas semanas.

Estão aptos a receber o benefício de um salário mínimo (R$ 880) as pessoas que trabalharam pelo menos dois meses com carteira assinada em 2014, com salário mensal médio de até dois salários mínimos, e que tiveram seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O pagamento do PIS/Pasep será feito até o dia 29 de dezembro na rede bancária. Como no dia 30, data-limite para o saque, não haverá expediente bancário, as pessoas que possuem Cartão Cidadão com senha registrada podem sacar o dinheiro em caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal e em casas lotéricas.

Através de nota, o MTE recomendou que as pessoas não deixem o saque para o último dia. “Se houver qualquer problema, o trabalhador não terá mais como resolver no dia 30, pois os bancos não atenderão o público e, depois dessa data, o dinheiro do abono volta para o Fundo de Amparo ao Trabalhador”, explica o coordenador-geral do Seguro-desemprego, Abono Salarial e Identificação Profissional do ministério, Márcio Borges.
(mais…)

FPA define Nilson Leitão como novo presidente

foto

Os parlamentares Nilson Leitão (PSDB-MT) e Tereza Cristina (PSB-MS) vão assumir a liderança da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) por um ano, já que o regimento interno, que previa mandatos de dois anos, mudou. Leitão, que será o novo presidente, se destacou como relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Funai e do Incra na Câmara dos Deputados, que investiga irregularidades na demarcação de terras indígenas e na reforma agrária. Ele assume o cargo em fevereiro e deixou claro que a lista de prioridades é grande. (mais…)

Foragido da Justiça é detido pela PRF em Vitória da Conquista/BA

escudo-prf

Policiais Rodoviários Federais (PRFs) detiveram no final da noite de ontem (13) um homem foragido da Justiça baiana pelo crime de atentado violento ao pudor. A ação ocorreu por volta das 23h30, no KM 828 da BR 116, em Vitória da Conquista, região sudoeste da Bahia.

Durante fiscalização a um ônibus que seguia de Campinas/SP com destino a Salvador/BA, os PRFs realizaram fiscalização na documentação dos viajantes, quando foi encontrado um mandado de prisão em desfavor de um dos passageiros. A expedição da ordem judicial ocorreu em maio de 2013 pelo Tribunal de Justiça da Bahia pelo crime de atentado violento ao pudor cometido em agosto de 2006.

O homem de 35 anos, natural de Irecê/Ba, foi conduzido para a delegacia de polícia judiciária local.

Moradores de Roda Velha do loteamento Campos Belos ainda espera pela a água

 

morador-pegando-agua-1

Morador pegando água no Loteamento vizinhomorador-pegando-agua

Moradores de Roda Velha do loteamento Campos Belos ainda espera pela a água

há 4 dias os Moradores de Roda Velha sofre com a Falta de água no loteamento Campos Belos.

segundo informação da embasa ao blog Odestak que o problema foi na Bomba que bombeia a água mas que os técnicos já se encontra no local

providenciando resolver o problema, a previsão é que o abastecimento volte gradativamente no final desta quarta feira normalizando o abastecimento no período de 24 horas.

ALVO DE OPERAÇÃO DA PF, PREFEITA ELEITA DE CAATIBA SÓ ASSUMIRÁ CARGO EM FEVEREIRO

tania-ribeiro-300x287

A Justiça Federal em Vitória da Conquista garantiu o afastamento de Tânia Ribeiro da prefeitura de Caatiba (BA) até 17 de fevereiro de 2017. A decisão da Justiça Federal foi proferida nesta terça (13). Recém-eleita para o cargo, ela já estava afastada da posição de vice-prefeita desde agosto passado, em função de seu envolvimento em um esquema de fraude a licitações e desvio de recursos da Educação, em parceria com o prefeito Joaquim Mendes de Sousa Júnior, também afastado.

A decisão foi motivada por pedido do Ministério Público Federal (MPF) em Vitória da Conquista, que moveu ação de improbidade contra ambos os gestores públicos e outras 11 pessoas envolvidas no esquema desmontado pela Operação Mato Cerrado.

A intenção do MPF é garantir que Tânia Ribeiro permaneça sem acesso a documentos da prefeitura que comprovam o ocorrido, além de evitar que ela faça uso de seu cargo para seguir praticando atos ímprobos. O pedido é previsto pelo artigo 20 da Lei 8.429/92.

De acordo com as investigações do MPF, em parceria com a Polícia Federal, a Receita Federal e a Controladoria-Geral da União, houve fraude em licitações para contratar cooperativas constituídas irregularmente, viabilizando a transferência ilegal de pagamento de servidores públicos.

A análise do sigilo dos dados bancários e telemáticos pela Assessoria de Pesquisa e Análise do MPF na Bahia demonstrou que os investigados superfaturavam as notas fiscais, incluíam parentes na folha de pagamento e apropriavam-se de verba pública. Tânia Ribeiro recebeu suborno de cooperativa contratada ilicitamente e foi responsável pela contratação de seu filho pela mesma empresa, praticando nepotismo, apesar da vedação legal.

Aiba inaugura Fazenda Modelo para formação técnico-profissional na área rural

 

 

 

produtor-homenageado-paulo-mizote-ascom-aiba-1-300x200

Paulo Mizote, produtor homenageado

Um ambiente ideal para promover o aprendizado, conciliando aulas teóricas e práticas. Esta é a finalidade da Fazenda Modelo Paulo Mizote, uma instalação onde os alunos matriculados no Programa Jovem Aprendiz na Área Rural recebem formação técnico-profissional. O local, equipado com salas de aula, laboratório e lavouras, funciona há três anos, mas só foi inaugurado nesta segunda-feira (12), pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), por meio do Instituto Aiba, entidade responsável pelo programa.

Segundo o superintendente do Instituto Aiba, Helmuth Kieckhöfer, o ato foi uma espécie de prestação de contas para com todos os parceiros que contribuíram para a implantação da Fazenda Modelo. “Muitos devem se perguntar a razão de inaugurar algo que já funciona, mas fizemos questão de reunir todos os responsáveis por isso aqui e prestar-lhes uma satisfação. Não o fizemos antes porque queríamos que tudo estivesse pronto e em seu devido lugar para a entrega oficial. Aproveitamos a oportunidade para homenagear o produtor Paulo Mizote, dando o seu nome à Fazenda, como forma de agradecimento por toda a sua contribuição para que isso se tornasse uma realidade”, ressaltou.

Criado em 2013, o Programa Jovem Aprendiz na Área Rural atende à Lei 10.097/2000, cujo texto determina que toda empresa, seja ela indústria ou propriedade rural, tenha uma cota de aprendizes. Sob a coordenação da Aiba, o Cetep e o Senar/Faeb ofereceram a capacitação aos matriculados. O programa conta ainda com o apoio da Codevasf, que cedeu o terreno para a implantação da Fazenda Modelo; e do Ministério do Trabalho, responsável por viabilizar recursos, através do sistema de compensação de multas. Somado a tudo isso, empresas do ramo agrícola e os produtores associados da Aiba também investiram recursos para a infraestrutura, doaram equipamentos e maquinários.

“Esse é o resulto de um esforço coletivo. Quando tomamos conhecimento de que precisávamos implantar esse projeto, pensamos em como fazer para levar esses jovens às fazendas que ficam a 100, 200 Km de distância da cidade. Era inviável, pois em um turno eles estudam e no outro deveria passar por essa formação supervisionada. Não conseguiríamos, portanto, cumprir a carga horária e ainda os submeteríamos a riscos. Aí, veio a ideia de instalar um ambiente controlado e que fosse perto da cidade. Neste sentido, todos os parceiros foram fundamentais para a concretização desse sonho. Hoje, os jovens entram aqui alunos e saem profissionais”, disse o presidente da Aiba, Júlio Cézar Busato.

Durante a formação, que dura aproximadamente 10 meses, os alunos têm aulas teóricas e práticas sobre Saúde do Trabalhador Rural, Importância das Culturas do Milho e da Soja, Preparo do Solo, Manejo da Cultura, Manejo Fitossanitário e Irrigação, dentre outras disciplinas. Além da sala de aula, é na Fazenda Modelo que eles têm o contato com a terra e aprendem técnicas de plantio e a operar equipamentos agrícolas.

Mais de 200 jovens já passaram por lá desde a sua implantação, em 2013. Destes, cerca de 150 foram diplomados e muitos já estão no mercado de trabalho. É o caso da Carol de Souza, ex-aluna do Programa Jovem Aprendiz na área Rural, e que hoje trabalha no setor financeiro da Fazenda Santo Antônio do Rio Grande. “A formação foi muito importante para que eu estivesse empregada hoje. Graças a ela eu pude concorrer a uma vaga de monitor de pragas na fazenda e logo depois surgiu a oportunidade de atuar no administrativo, no escritório da fazenda. Sou imensamente grata pela oportunidade e deixo aqui um conselho aos jovens matriculados: dediquem-se, pois vale muito à pena”, pontuou.

Além das seis turmas que já foram formadas, outras duas estão em andamento. Ao todo, mais 67 jovens recebem a capacitação, com vistas ao primeiro emprego no campo. “A experiência é maravilhosa. Aqui nós não somos alunos e sim trabalhadores, pois temos responsabilidades, somo devidamente registrados e recebemos por isso. Estou me preparando e espero ser contratado após essa fase”, disse Israel Oliveira Júnior, que tem 18 anos, e é um jovem aprendiz da Fazenda Xanxerê.

Marli Pereira, auditora fiscal do MTE, visita o laboratório de pragas da Fazenda Modelo.

Para o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras (SPRB), Moisés Schmidt, a implantação do programa no Oeste da Bahia não só atende à legislação como também cumpre o papel social do produtor rural. “A Fazenda Modelo é um local controlado, onde esses futuros profissionais aprendem de forma segura. Esse projeto nos faz ver que além de alimentos, o produtor rural planta sonhos, esperança e educação”, salienta.

Durante a cerimônia de inauguração, a auditora fiscal e coordenadora do programa de aprendizado do Ministério do Trabalho e Emprego da Bahia, Marli Pereira, elogiou a estrutura da Fazenda Modelo e a metodologia nela aplicada. “Estou surpresa com o que aqui encontrei. Vocês todos estão de parabéns, sobretudo os jovens que se inscreveram no programa e que poderão desfrutar de tudo isso. No final, nós é quem ganhamos, pois teremos uma sociedade melhor”, disse. “Eu estive aqui na região em outras ocasiões para fiscalizar o trabalho nas fazendas. Agora, retorno para uma tarefa mais prazerosa: não a de penalizar, mas a de ver que os produtores rurais estão cumprindo a Lei e dando a sua contribuição para um mundo melhor e mais justo”, completou.

Ascom Aiba

Agricultores do Oeste da Bahia mantêm posse das terras depois de decisão favorável no CNJ

O Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu, nesta terça-feira (13), que cerca de 300 agricultores de Formosa do Rio Preto, no oeste da Bahia, permanecerão com a posse de suas fazendas e com a garantia do direito de continuar produzindo milho, feijão, soja e algodão nas terras que adquiriram, pagaram e que foram certificadas em cartório há cerca de 30 anos.

O Plenário ratificou a liminar concedida pelo relator, Ministro João Otávio de Noronha, que manteve os agricultores baianos na posse das terras derrubando a Portaria 01/GHS, editada pelo juiz de Formosa do Rio Preto, que, de forma totalmente ilegal, tinha deferido administrativamente a reintegração de posse a uma única pessoa física que nunca teve posse e nunca plantou na região, fazendo com que se tornasse o maior latifundiário do país.

O julgamento do CNJ garante aos produtores rurais a legítima posse de 340 mil hectares, sendo 251,5 mil, com produção agrícola, para cerca de 300 famílias do oeste da Bahia. Ao tornar ilegal a Portaria 01/GHS, de Formosa do Rio Preto, a decisão do CNJ afirma a ocorrência de irregularidades na decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), como por exemplo, à violação do direito ao contraditório e a ampla defesa, visto que nenhum dos representantes das 300 famílias de agricultores foi ouvido nem antes, e nem depois do cancelamento das suas matrículas.

A decisão do CNJ também considerou que os produtores adquiriram as áreas de boa-fé e que não é lícito ao juiz, em decisão administrativa, tomar medida de tamanha gravidade contra produtores que há anos estão regularmente instalados no local. (mais…)

Muro cede e lama toma conta de rua.

Muro cede e lama toma conta de ruasade a em Vitória da Conquista após chuva Tempesttinge cidade do sudoeste da Bahia há seis dias. Após ceder, pedras de muro caíram em canal.

muro

O muro de uma marmoraria em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, cedeu após uma forte chuva atingir a cidade nesta segunda-feira (12). A cidade já enfrenta um temporal há seis dias. As pedras do muro que caiu foram parar em um canal. No bairro Conveima, no município, as ruas estão esburacadas, cheias de lama e a quantidade de água que escorre, aumenta os problemas causados pela chuva.

De acordo com a estação meteorológica da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), em seis dias já foram registrados 76 mm de chuva em Vitória da Conquista. A média esperada para este mês de dezembro na cidade é de 127,5 mm.