Obras dos Centros Educacionais de Roda Velha e da sede de São Desidério estão em fase de finalização

1 (1)

2

3

município de São Desidério receberá em breve duas grandes obras que levarão mais qualidade à educação pública municipal. Os Centros Educacionais em finalização são construídos com recursos próprios da Prefeitura. Um está localizado no Distrito de Roda Velha e o outro na sede do município.

Os dois Centros dispõem da mesma estrutura com dois pisos, (térreo e superior) compostos de 17 salas de aula, auditório, área administrativa, sala de informática, biblioteca, área de recreação, ginásio esportivo, consultório odontológico, consultório médico, laboratório de experimentos químicos, pátio, sanitários comuns e sanitários adaptados para portadores de necessidades especiais.

A unidade de Roda Velha está com 98% de execução dos serviços programados, o trabalho se concentra na instalação de portas, aparelhos de ar-condicionado e limpeza do prédio. A unidade da sede está com 85% de execução dos serviços programados, está sendo realizado o trabalho de instalação do sistema de combate a incêndios, dos vidros, pias em granito, complementação da pintura e construção de passeios e muros externos.

“São espaços amplos que oferecerão mais conforto e segurança aos alunos, professores e demais servidores, garantindo também a melhora no processo de ensino/aprendizagem”, comenta a secretária de educação, Iléia Almeida.

Fonte: Ascom São Desidério

Prefeitura de Barreiras prepara ruas do bairro Morada da Lua de Baixo para receber pavimentação asfáltica  

DSC_0003

DSC_0004

DSC_0009

DSC_0969

DSC_1003

A Prefeitura de Barreiras, através da Secretaria de Infraestrutura, continua dando prioridade ao bem-estar da população com avanços de obras importantes no município. Pavimentação asfáltica nos bairros, bloquetes na zona rural, sinalização das ruas, construção do canal da Santa Luzia, macrodrenagem na Serra do Mimo são algumas das intervenções de infraestrutura que estão mudando o visual urbano e garantindo qualidade de vida aos moradores.

A obra de pavimentação asfáltica no bairro Morada da Lua de Baixo é um exemplo dessas mudanças, e as intervenções já estão em fase avançada. Executada por meio do maior programa de pavimentação asfáltica do Nordeste, o Pavimenta Barreiras, o bairro vai ganhar mais de 70 mil metros quadrados de asfalto.

Nessa tarde de segunda-feira (8), as principais ruas começaram a ganhar imprimação. A Rua Pedro Batista e Gonçalves Dias já estão sendo preparadas para receber asfalto nos próximos dias, homens e máquinas trabalham na limpeza, estabilização do solo, sub-base e base de diversas ruas no bairro. De máscara, na porta de sua casa na esquina da Rua Professor Josafá Marinho com a Rua Cel. Martiniano Caparrosa, o aposentado Nerivaldo Campos comemora.

“É uma visão maravilhosa, por anos sonhamos com essa obra e finalmente posso vê o asfalto chegando na minha rua, no meu bairro, trazendo melhores dias. Agora nossos imóveis serão valorizados, vamos ter condições de receber visitas e até mais segurança com as rondas noturnas. Eu sabia que a Prefeitura de Barreiras não iria esquecer da Morada da Lua de Baixo”, ressaltou Nerivaldo.

Para o morador Adilson Tavares que tem uma borracharia localizada na Rua Dom João V, a obra de pavimentação já está dando impacto positivo na movimentação comercial do bairro. “Aqui ainda está preparando a rua para asfaltar, mesmo com a poeira e as máquinas melhorou muito o movimento de clientes. Os moradores estão felizes, o comércio ganha e tudo melhora com asfalto, estamos gratos pela obra”, disse o borracheiro.

Com o compromisso de anunciar a obra e começar no outro dia, o prefeito Zito Barbosa tem acompanhado a obra considerada um grande sonho dos moradores da Morada da Lua. Mesmo com o momento de crise e da pandemia, o município tem mantido a continuidade das obras e iniciado tantas outras.

“Esse é nosso compromisso com o povo de Barreiras, cuidar das pessoas proporcionando melhor qualidade de vida. Já transformamos o bairro Morada Lua de Cima, com a tão sonhada pavimentação asfáltica, requalificamos as escolas Quininha Melo e Carmosa Francisca, entregamos a Unidade de Saúde Gláucia Aguiar, que serve aos dois bairros, e estamos construindo mais uma escola modelo. Realizamos uma das maiores obras da nossa gestão que é o canal de micro e macrodrenagem, agora estamos executando a pavimentação asfáltica do bairro Morada da Lua de Baixo, faço questão de acompanhar de perto e compartilhar da alegria da população que confiou em nosso trabalho e agora está recebendo os benefícios. Estamos vivendo um momento de crise, com essa pandemia que assola nosso país, mas Deus tem nos abençoado e seguimos firmes trabalhando pela nossa população”, pontuou o prefeito Zito Barbosa.

Dircom Barreiras

Ministério da Saúde corrige dados sobre covid-19

Teste da vacina contra a doença de coronavírus (COVID-19) na Tailândia

O Ministério da Saúde divulgou há pouco que “corrigiu duplicações e atualizou os dados divulgados sobre casos e óbitos por covid-19 no último domingo”. Ontem foram publicados dois boletins: o primeiro apontava 1.382 mortes nas últimas 24 horas e o segundo, 525 mortes.

A confirmação dos números divulgados hoje (8) pelo ministério mostra que apenas o Distrito Federal e o Mato Grosso do Sul mantiveram os números de óbitos do primeiro balanço. Houve correções também nos números de novos casos registrados pelos estados.

No comunicado de hoje, o ministério destaca, em especial, a mudança dos números em Roraima, que havia anunciado 762 óbitos e, após verificação do Ministério da Saúde, o número foi consolidado em 142. Outra situação corrigida foi em relação ao número de casos confirmados no Ceará, que passou de 62.303 para 64.271 após atualização.

tabela_ms

Fonte: Odestaque/ Agência Brasil

Barreiras Registra 8 novos casos de Coronavírus (COVID-19)

Boletim Informativo
A Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Saúde, informa a situação epidemiológica do município. Hoje foram identificados 20 (vinte) novos casos com características que indicam suspeição de Coronavírus (COVID-19), preenchendo os critérios indicativos para coleta. Tratam-se de 15 (quinze) pessoas do sexo masculino, com idades entre 19 e 62 anos e 05 (cinco) pessoas do sexo feminino, com idades entre 19 e 91 anos.

Informa ainda que no dia de hoje foram concluídos 50 resultados, sendo que 42 (quarenta e dois) testaram negativo e 08 (oito) testaram positivo. Os casos que testaram negativo tratam-se de 24 (vinte e quatro) pessoas do sexo masculino, com idades entre 19 e 68 anos e 18 (dezoito) pessoas do sexo feminino, com idades entre 05 e 66 anos.

Já os 08 (oito) casos que testaram positivo referem-se a 05 (cinco) pessoas do sexo masculino, com idades entre 19 e 48 anos. Destes, 04 tiveram contato com casos confirmados e 01 (um) sintomático. E 03 (três) pessoas do sexo feminino com idades entre 29 e 57 anos. Destas, 02 (duas) tiveram contato com casos confirmados, e a terceira trata-se de uma profissional de saúde, sintomática.

A Secretaria de Saúde registra atualmente 123 (cento e vinte e três) casos confirmados por Teste Rápido e RT-PCR. Destes, 70 (setenta) estão recuperados, 52 (cinquenta e dois) estão em isolamento domiciliar, 01 (uma) pessoa do sexo masculino está internada em estado estável e o município não registra nenhum óbito. Já os casos que aguardam resultado somam 22 (vinte e dois).

Barreiras contabiliza hoje 2.111 (dois mil cento e onze) casos notificados, sendo que o primeiro caso notificado no Sistema e-SUS VE foi em 26 de março de 2020. E 603 (seiscentos e três) casos descartados, cujos resultados foram negativos.

Tão logo os demais resultados dos exames dos casos suspeitos sejam concluídos, serão divulgados. A Secretaria de Saúde manterá a publicação de um boletim diário para que a população fique devidamente informada sobre o assunto.

Barreiras – BA, 06 de junho de 2020.

Anderson Luiz Vian de Abreu
Secretário Municipal de Saúde

Nova data das eleições municipais será decidida em junho

Entrevista coletiva do ministro Roberto Barroso por videoconferência. Brasília-DF, 26/05/2020 Foto: Roberto Jayme/ASCOM/TSE

Na última quinta-feira, a Lei Complementar nº 135, mais conhecida como Lei da Ficha Limpa, completou 10 anos. A legislação é considerada um avanço na elaboração, por mobilização popular, e em seu conteúdo.

Ela impede a candidatura e até retira mandatos de pessoas condenadas por decisão transitada em julgado ou por órgãos colegiados da Justiça, seja por prática de crimes comuns, contra o erário público e até em disputas eleitorais.

A lei mudou a história do Brasil. “Ela simboliza a superação de um tempo em que era socialmente aceita a apropriação privada do Estado e, sobretudo, a naturalização do desvio do dinheiro público”, avalia o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e também um dos onze ministros Supremo Tribunal Federal (STF).

Barroso estará à frente das eleições municipais de 2020, que deverão ter a data remarcada por decisão do Congresso Nacional por causa da pandemia de covid-19. A seguir a entrevista do ministro concedida à Agência Brasil.

Que balanço o senhor faz da Lei da Ficha Limpa?

Luís Roberto Barroso – Acho que foi uma lei extremamente importante para a vida política brasileira por muitas razões. Primeiro ponto que merece ser destacado é que ela foi resultado de um projeto de lei de iniciativa popular que contou com mais de 1,5 milhão de assinaturas. Houve mobilização da sociedade para que fosse editada uma lei, prevista na Constituição, cujo propósito era proteger a probidade administrativa e a moralidade para exercício do mandato – considerando a vida pregressa dos candidatos.

Basicamente, a lei tem um conteúdo: ela torna inelegível, ou seja, não podem se candidatar para cargo eletivo, por oito anos, aquelas pessoas que tenham sido condenadas por crimes graves que a lei enumera, os que tenham tido as contas rejeitadas, ou que tenham sido condenadas por abuso de poder político e poder econômico, sempre por órgão colegiado – portanto, sempre com direito a pelo menos um recurso. (mais…)

Prefeitura de Barreiras amplia ações no enfrentamento ao novo coronavírus com a instalação de lavatórios para higienização das mãos em espaços públicos

Capa

DSC_0005

DSC_0020

DSC_0119

DSC_9237

DSC_f671

Mais uma alternativa no enfrentamento contra o novo coronavírus está sendo implementada pela Prefeitura de Barreiras através da Secretaria de Assistência Social e Trabalho.  Articulado dentro do projeto Cidade Social estão sendo instalados 80 lavatórios públicos, equipados com pia, torneira, água corrente e sabão líquido, em  pontos estratégicos na cidade e povoados da zona rural, principalmente nos espaços com maior circulação de pessoas, entorno do Centro de Abastecimento (Feira Livre), áreas próximas de instituições financeiras e de equipamentos socioassistenciais.

De acordo com o gestor do fundo de assistência social, Ailton José, o objetivo é oferecer à população alternativas para evitar a proliferação do novo coronavírus, uma vez que a lavagem constante das mãos é uma das principais recomendações do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde (OMS).

“Estamos realizando distribuição de máscaras, campanhas educativas e ações de enfrentamento à Covid-19, e agora a Secretaria de Assistência Social está instalando 80 lavatórios públicos, que estarão à disposição da população. Vamos também auxiliar nas orientações para lavar as mãos corretamente e todas as medidas preventivas, para que juntos possamos combater o contágio do vírus ”, explicou o gestor.

As estruturas portáteis ficarão disponíveis durante o dia inteiro, facilitando a higienização das mãos nos horários em que a população estiver nas ruas. No entorno do Centro de Abastecimento, foram instalados 12 equipamentos, dando prioridade aos pavilhões que comercializam hortifruti. “Muito boa essa atitude de colocar pias com água e sabão aqui na feira livre, porque pegamos em dinheiro e alimentos, então lavar as mãos vai ajudar a prevenir a doença”, disse dona Socorro, feirante do CAB.

Os primeiros lavatórios foram instalados na manhã de quinta-feira (04), na entrada das secretarias de Saúde e de Assistência Social, localizadas no antigo shopping, assim como no Centro de Abastecimento (CAB). Nesta manhã de sexta-feira (5) iniciam as instalações nos equipamentos socioassistenciais, atendendo os quatros CRAS, CREAS, CRAM, Casa dos Conselhos e Centro POP. “Além dos espaços públicos, estamos colocando os lavatórios em todos os equipamentos da assistência, incentivando os demandatários e crianças que façam uso do sabão e lavem as mãos constantemente”, observou Ailton José.

A vice-prefeita Karlúcia Macêdo, vem acompanhando de perto a instalação dos equipamentos e recomenda que a população precisa colaborar fazendo a higienização das mãos e cuidando dos equipamentos. “É fundamental que a população colabore fazendo o uso correto e zelando desses equipamentos, para que todos possam ser beneficiados, Barreiras conta com a colaboração de todos para vencermos o Coronavírus” disse Karlúcia.

Na próxima semana, os pontos de instalações vão abranger a Prefeitura, Secretarias Municipais, Garagem Municipal, Albergue São José, Casa de Retiro São Bento, Cemitérios, Praça Sabino Dourado, Praça Castro Alves, Praça dos Sentidos, Praça do São Pedro, Praça Diego Dourado da Igreja Santa Catarina, Praça do Memorial Dom Ricardo, Praça 24 Horas, Praça Morada Nobre, Parque Multiuso Dom Ricardo Weberberger, Praça Padre Armindo, Praça Nossa Senhora de Fátima (Flamengo), Praça da Maçonaria, Praça da Sustentabilidade Dr. Geraldo Nunes, Praça Joaquim Neto, além dos bairros Barreiras I, Residenciais São Francisco, Arboreto I e II; e comunidades rurais Tatu, Baraúna, Barrocão e Mucambo.

Dircom Barreiras

Prefeitura de São Desidério lança Campanha ‘Lixo tem lugar e hora certa’ para mobilizar população sobre o descarte correto do lixo

IMG-20200604-WA0021

A Prefeitura de São Desidério por meio das Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Turismo (SEMATUR), de Infraestrutura (SEINFRA) e a Vigilância Sanitária, lança a Campanha ‘Lixo tem lugar e hora certa’, com o objetivo de sensibilizar a população quanto ao descarte do lixo na sede do município.

A campanha visa orientar os moradores e comerciantes para que fiquem atentos quanto aos horários de passagem do caminhão que recolhe o lixo nas ruas, no intuito de manter a limpeza das vias públicas evitando o acúmulo de lixo.

“O caminhão passa todos os dias para recolher o lixo nas ruas, mas a população também precisa se conscientizar e ficar atenta para não colocar o lixo na frente da casa depois que o caminhão passa. Pedimos que aos domingos, que não temos expediente, para manterem o lixo produzido em casa e descartar somente na segunda-feira. Essa campanha depende muito dos moradores e comerciantes, pois para manter nossa cidade limpa depende de todos nós”, destacou o chefe da Limpeza Pública, Rafael Xavier.

Ascom São Desidério

Decreto regulamenta descarte adequado de medicamentos

medicamentos

Um decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro nesta sexta-feira (5) regulamenta a chamada logística reversa de medicamentos, que trata do descarte ambientalmente correto desses produtos, por parte de toda a cadeia produtiva do setor. A medida foi assinada no Palácio do Planalto, em uma cerimônia transmitida por videoconferência, que reuniu, além do presidente e ministros, os representantes do setor farmacêutico. A data também marca o Dia Mundial do Meio Ambiente.

A partir de agora, de acordo com o decreto, os consumidores devem efetuar o descarte dos medicamentos domiciliares vencidos ou em desuso, incluindo as embalagens, nos pontos de coleta, sejam eles drogarias, farmácias ou outros pontos definidos pelos comerciantes. As drogarias e as farmácias terão de disponibilizar e manter, em seus estabelecimentos, pelo menos um ponto fixo de recebimento a cada 10 mil habitantes. Caberá às indústrias fabricantes e às empresas deistribuidoras os processos de recolhimento e descarte final dos produtos.

Durante uma videoconferência para marcar a assinatura do decreto, o ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles afirmou que a medida estabelece metas para que o maior volume possível de medicamentos inutilizados seja recolhido e descartado corretamente.

“A população poderá levar o medicamento usado, aquele medicamento vencido, aquele medicamento que não mais tem utilidade, que está no canto de uma gaveta, poderá devolver na farmácia em que ela vai normalmente. A pessoa entrega o medicamento e a cadeia toda se mobiliza para dar a destinação correta”, explicou. Além da logística reversa de medicamentos, o governo federal já havia estabelecido, ao longo do ano passado, o mesmo procedimento para o descarte de baterias automotivas e de produtos eletro-eletrônicos. Segundo Salles, o próximo setor que deve regulamentar um procedimento de descarte correto é o de embalagens, como o de sacolas plásticas.

Para Nelson Mussolini, presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos Farmacêuticos (Sindusfarma), o decreto é um marco para o setor e deve beneficiar centenas de milhões de pessoas no país. “Vamos atingir aproximadamente 120 milhões de brasileiros, com mais de 10 mil pontos de recolhimento. É um fato a ser comemorado. Foram quase 10 anos com dezenas de reuniões envolvendo 17 entidades da cadeia farmacêutica”, destacou.

Pelo decreto, que ainda será publicado no Diário Oficial da União (DOU), no prazo de dois anos, todas as capitais do Brasil e os municípios com população superior a 500 mil habitantes deverão contar com os pontos de coleta de medicamentos vencidos. Esse prazo será de até cinco anos para os municípios com população superior a 100 mil moradores.

Antes de enviar os recipientes, as farmácias devem registrar, no Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão dos Resíduos Sólidos, o peso dos produtos armazenados temporariamente.

“O modelo proposto é eficiente, fazendo com que o resíduo percorra o mesmo caminho que percorreu para chegar aos pacientes, até a destinação final, ambientalmente adequada, diminuindo a possibilidade que o próprio processo gere mais danos ao meio ambiente”, afirmou  Oscar Yazbek Filho, da Associação Brasileira do Atacado Farmacêutico (Abafarma).

Fonte: Agência Brasil

São Desidério já contabiliza 37 casos de COVID-19

IMG-20200604-WA0036NOTA INFORMATIVA

A PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO DESIDÉRIO, POR MEIO DA SECRETARIA DE SAÚDE,
INFORMA A POPULAÇAO QUE HOJE, DIA 04/06/2020, DOS 10 EXAMES REALIZADOS 01 TESTOU POSITIVO PARA COVID-19, SENDO PELO MÉTODO PCR, 09 TESTARAM NEGATIVO POR MEIO DE TESTE RAPIDO.
O CASO POSITIVO TRATA-SE DE UMA PESSOA DO SEXO MASCULINO, DE 25 ANOS DE IDADE, RESIDENTE NO DISTRITO DE RODA VELHA.
APRESENTA-SE EM BOM ESTADO CLINICO, SINTOMAS LEVES E CUMPRE O ISOLAMENTO EM CASA.
ESTÁ SENDO ACOMPANHADO PELA EQUIPE DE SAUDE.
A SECRETARIA DE SAÚDE MANTERÁ A POPULAÇÃO INFORMADA.
TODOS SOMOS IMPORTANTES NO COMBATE AO CORONAVIRUS, FIQUE EM CASA E SE PRECISAR SAIR USE MASCARA.

SÃO DESIDERIO – BAHIA,04/06/2020.
SECRETARIA DE SAÚDE

Em virtude da pandemia do coronavírus, as contas do 1º quadrimestre de 2020 de São Desidério serão apresentadas de forma virtual

audiência

A cada quatro meses, a população de São Desidério é convidada a participar de audiência pública presencial para prestação de contas quanto aos investimentos aplicados. No atual momento, porém, em decorrência das medidas de enfrentamento à Covid-19 (novo coronavírus), em que não se deve ter aglomeração, a ação será realizada de forma virtual.

A sessão será transmitida ao vivo a partir das 09 horas da segunda-feira, 08 pelos canais oficiais da Prefeitura de São Desidério, Instagram, youtube e facebook e também pelo facebook da Câmara Municipal de Vereadores de São Desidério, onde os internautas acompanharão a Demonstração e Avaliação do Cumprimento das Metas Fiscais e Apresentação do Relatório Detalhado da Gestão do SUS – referentes ao 1º Quadrimestre de 2020 do município de São Desidério.

 “Em cumprimento aos dispositivos da Lei Complementar 101/2000 e da lei complementar de 141/2012, o Executivo tem a obrigação de prestar contas à população do que foi aplicado e diante do atual cenário em que estamos vivendo, tivemos que buscar estratégias para apresentarmos as contas, garantindo assim transparência, um dos pilares desta gestão”, declara o secretário de Administração, João Antônio Linhares.

Ascom São Desidério