Junta do Serviço Militar de São Desidério realiza orientação sobre alistamento e entrega do Certificado de Dispensa de Incorporação

1

2

3A Junta do Serviço Militar (JSM) Nº194 em São Desidério, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração, Finanças e Orçamento realizou na manhã desta quarta, 10, na plenária da Câmara de Vereadores, uma reunião de orientação para o alistamento militar e juramento à Bandeira Nacional com certificação de Dispensa de Incorporação de alguns jovens alistados.

O evento teve início com a participação do Delegado da JMS Regional, 1º Tenente Fabiano que explicou sobre a Missão do Exército Brasileiro, a Obrigatoriedade do Alistamento Militar e as Formas de Ingresso. “Este momento é de extrema importância para que os jovens possam tirar suas dúvidas sobre como funciona o alistamento militar, agradecemos a parceria com a os poderes Executivo e Legislativo por apoiar este trabalho no município”.

 A secretária da JSM em São Desidério, Poliana dos Santos, lembra que todos os jovens do sexo masculino devem procurar a JSM situada no prédio da Secretaria de Assistência Social para o alistamento a partir dos 18 anos. Já as mulheres são isentas do alistamento em tempo de paz. “É preciso que estejamos atentos ao cumprimento desse dever para que os jovens mantenham sua documentação em dias, dentro da legalidade”, alerta.

É o que pretende fazer o estudante Caio Felipe. “Já tenho 18 anos e achei essa reunião muito proveitosa porque tirou muitas dúvidas e agora tenho que ir o mais rápido possível me alistar”, avalia. O alistamento também pode ser realizado por meio do endereço eletrônico www.alistamento.eb.mil.br

Após o momento de orientação, alguns jovens saodesiderianos fizeram a execução do Hino Nacional Brasileiro e prestaram juramento à Bandeira. Em seguida receberam o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI), documento que dispensa o cidadão do serviço militar obrigatório na condição de soldado. Embora dispensados, ficam à disposição, caso o Serviço Militar, possa vir a precisar de efetivo, por exemplo, em casos de guerra.

Ascom SD Texto e foto: Jackeline Bispo