Embasa promove encontro com agentes comunitários de saúde de Wanderley, no Oeste da Bahia

17.10.19_reunião com agentes comunitários Wanderley

17.10.19_reunião com agentes comunitários Wanderley2

No final da tarde desta quarta-feira (16), a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) se reuniu com os agentes comunitários de saúde do município de Wanderley, no Oeste da Bahia. Eles puderam saber mais sobre as etapas do tratamento, dicas de consumo racional, monitoramento do consumo e identificação de possíveis perdas de água como vazamentos dentro dos imóveis e na rede de água. Wanderley integra o sistema de abastecimento integrado cuja captação e estação de tratamento ficam localizados no distrito de Pixaim, na zona rural de Muquém do São Francisco.

Antes da apresentação, o agente Lindomar Santos Passos, acreditava que era mais fácil para chegar água nas torneiras. “Existe todo um processo de bombeamento para a água ser tratada e vir do São Francisco até a nossa cidade. É preciso usar a água sem desperdícios”. Já Elis Rejânia Alves, avalia que este tipo de reunião é fundamental para esclarecer dúvidas do dia-a-dia. “Essa informação de que o reservatório no imóvel pode ajudar a reduzir o consumo em até 20% foi bastante interessante. É uma dica que vou repassar para quem vem consumindo mais , principalmente no tempo mais quente”, explica.

Na oportunidade, os agentes comunitários de Wanderley receberam cartilhas sobre a importância dos reservatórios, que são obrigatórios na rede interna dos imóveis para garantir a reservação mínima em caso de uma eventual interrupção do sistema de abastecimento que podem ser caudados por causa de falta de energia, reparos na rede distribuidora ou manutenções preventivas e emergenciais do sistema.

Durante a apresentação, a assistente social da Embasa, Geisa Mendes, reforçou os procedimentos de análise que vem demonstrando a qualidade da água distribuída dentro dos parâmetros de potabilidade determinados pela portaria de Consolidação Nº 5/2017, do Ministério da Saúde. A atividade integrou o programa “De Olho nas Perdas” da Embasa, que vem contando com o apoio da população para informar as perdas de água em caso de vazamentos na rede distribuidora e de irregularidades como ligações clandestinas e by pass (desvio do ramal do hidrômetro).

Ascom Embasa