Embasa avalia ações de combate a perdas em Barreiras neste primeiro trimestre

Ação de retirada de ligação clandestina em Barreiras2

Ação de retirada de ligação clandestina saída para angicalA Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) avaliou as ações dos primeiros três meses do ano, principalmente nos bairros Cidade Nova, Nova Conquista, e na localidade da zona rural, Barreiras Sul. As equipes técnicas realizaram um “pente fino” com ações que abrangeram retirada de vazamento, substituição de hidrômetro, supressão de ligações clandestinas e by pass, dentre outros.

Segundo a gerente da Embasa em Barreiras, Daryanne Mascarenhas, as equipes suprimiram um total de 160 ramais clandestinos em imóveis habitados, desabitados e em lotes, que desencadearam também na reativação de ligações inativas e cadastro de novas ligações. “As ações de combate às perdas  beneficia diretamente os usuários do sistema de água que podem perceber a melhoria do fornecimento de água direcionada para os imóveis e que antes se perdia”, afirma.

A área operacional também iniciou a ação na localidade Barreiras Sul, na zona rural de Barreiras, com a substituição de hidrômetros e retirada de vazamentos. Neste local, a área social focou as atividades do projeto “De Olho nas Perdas”, durante a Semana da Água, em março, que abrangeu a posse dos estudantes da escola da localidade que receberam o título simbólico de “Agentes mirins de combate a perdas”, reunião comunitária com a população e com os agentes comunitários de saúde.

Para a assistente social da Embasa, Geisa Mendes, o objetivo é integrar o trabalho das áreas operacional e de mobilização social nas áreas onde as perdas são elevadas. “A partir dessa mobilização, surgiram denúncias de irregularidades já repassadas para a área operacional, a sensibilização dos moradores de que as perdas de água prejudicam o abastecimento regular para aqueles que pagam as suas contas em dia”, afirma.

Ainda dentro do projeto de perdas, a área operacional da Embasa vai executar uma extensão de rede de cerca de 600 metros para regularizar a situação de 28 imóveis do bairro Nova Conquista, e de 280 metros, para a retirada de 11 ligações clandestinas no bairro Buritis.

Fonte: Ascom Embasa – Unidade Regional de Barreiras

Blog Odestaque