Nomes que poderão representar o oeste na politica em 2018

page-768x597
O ano de 2017 ainda não terminou mas as eleições de 2018 já estão batendo na porta. Em Barreiras 9 nomes estão no páreo para disputar o próximo pleito. As pesquisas eleitorais e o cenários estadual e nacional terão forte impacto na definição das candidaturas a deputado. Outro fator importante é a movimentação partidária. Nos últimos dias passou a interessar muita a situação do PMDB da Bahia que pode não mais fazer parte da base aliada de ACM Neto. Isso terá graves consequências em Barreiras. Isso posto vamos aos nomes para as eleições do próximo ano.

Jusmari Oliveira, secretária de Desenvolvimento Urbano da Bahia, é considerada uma das mais fortes concorrentes ao parlamento. Não se sabe ainda se ela será federal ou estadual. Tem o apoio do governador Rui Costa, do senador Otto Alencar, do prefeito de Luis Eduardo Magalhães, Oziel Oliveira e de diversas lideranças da região. É nome de grosso calibre e grande potencial eleitoral.

Karlúcia Macêdo 
– Possível candidata a deputada estadual. Se for oficializada como candidata de Zito Barbosa bota a mão na taça e pode chegar ao parlamento baiano. Resta saber como fica a situação do PMDB. Se ficar com Neto é um cenário. Se romper é outro completamente diferente,

Tito – O ex-presidente da Câmara disputou as eleições municipais, teve 17 mil votos e saiu das urnas ungido como nova liderança política de Barreiras. Pode ser candidato a deputado federal e vem tentando unificar a oposição na cidade. Dono de um bom discurso, seguramente, terá um papel importante nas próximas eleições.

Pablo Barrozo – Também quer o apoio do prefeito de Barreiras Zito Barbosa. Tem marcado presença com frequência em Barreiras, tem aliados no governo municipal e, ainda conta com o fato de ser amigo do possível candidato ao governo da Bahia, ACM Neto. Boas chances de se reeleger.

Antonio Henrique Júnior – Manteve praticamente quase todos apoios que teve na eleição passada. Faz parte da base do governo de Rui Costa e tem peregrinado pelo Oeste levando obras ações consideradas importantes. Pode se reeleger.

Marcos Pires – Traz consigo o legado do PSC que tem uma militância fiel. Conta com o apoio do partido e de lideranças estaduais que querem eleger um deputado da região. Seu partido não faz mais parte da base aliada de Zito Barbosa mas vem caminhando com independência o que conta muito para os embates futuros.

Dra. Graça Melo – Vereadora atuante, trabalha nos bastidores abrindo espaço para uma candidatura a deputada estadual. Deve tomar uma decisão em meados de março.

Demir Barbosa – Ex-prefeito de São Desidério, irmão do prefeito de Barreiras, Zito Barbosa, Demir é detentor de um cargo no governo de Rui Costa. É um nome que não pode ser descartado.

Vereador Nereu do Gás – Foi candidato a deputado federal nas últimas eleições e teve cinco mil votos em Barreiras. Agora, na condição de vereador, se for candidato pode ter uma votação mais robusta. Faz bom trabalho na Câmara e vem recendo o reconhecimento da população, principalmente dos redutos oposicionistas. Resta saber que posição terá o seu partido, a REDE.

São esses os nomes dos prováveis candidatos a deputado estadual e federal por Barreiras. A lista pode aumentar uma vez que tem gente que pode ser candidato mas ainda não se manifestou. É gente que se entrar na parada, virá com muito peso.

Fonte: Mural do Oeste

BOLSONARO COGITA CHAPA COM MAGNO MALTA NA VICE PARA PRESIDÊNCIA, DIZ COLUNISTA

292059O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) considera a possibilidade de compor chapa com o senador Magno Malta (PR-ES) na vice. A informação foi publicada pela coluna Radar Online, de Veja. Evangélico, Malta se envolveu em polêmica recentemente por levar ao plenário do Senado um homem acusado de pedofilia, algemado e com uniforme de detento. O homem, que aindanão foi julgado, não estrava com advogado e chorou no interrogatório. Por causa disso, o Senado considera encerrar a CPI dos Maus-tratos contra Crianças e Adolescentes, presidida por Magno. Considera-se que Malta está passando dos limites. Malta também havia imposto depoimento compulsório do artista Wagner Schwartz, que se apresentou nu no Museu de Arte Moderna de São Paulo. Na última terça-feira (14), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), vetou a condução coercitiva.

54% dos brasileiros querem ver Lula preso, diz Datafolha

lulaa-625x351Um total de 54% dos entrevistados de pesquisa Datafolha divulgada, nesta segunda-feira, pela Folha de São Paulo, quer ver o ex-presidente Lula preso.

Os entrevistados avaliam que fatos apurados pela Operação Lava Jato são suficientes para esse tipo de medida.

Por outro lado, 40% acham que não há motivo para a prisão de Lula, que governou o País entre 2003 e 2010. Também 5% não quiseram opinar.

GOVERNO SEGUE COM MANUTENÇÃO DE ESTRADAS NO OESTE DA BAHIA – ESTRADA DE ACESSO AO AEROPORTO DE BARREIRAS ESTÁ PASSANDO POR INTERVENÇÃO – A BA-351 TAMBÉM PASSARÁ

Ascom00

Ascom03

Ascom04As obras de recuperação da BA-826, que dá acesso ao Aeroporto de Barreiras, já foram iniciadas pela empresa responsável pela manutenção das rodovias estaduais do oeste baiano. A recuperação da rodovia é um desejo da população que precisa usar o terminal e foi anunciada pelo deputado Antonio Henrique Júnior em abril durante entrevista à rádios da região, após várias audiências com o secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

“Nós pedimos ao governador Rui Costa que esses serviços fossem iniciados e com o novo contrato de recuperação isso está sendo possível. Esse trecho entre Barreiras e o aeroporto é movimentado, portanto, sua requalificação é fundamental”, comentou o parlamentar. A empresa responsável pela manutenção cuidará das rodovias por um ano.

Estradas do Oeste – No total, mais de 960 km de rodovias estaduais no oeste baiano passarão por obras de manutenção, com tapa-buraco, limpeza de valetas, bueiros e roçagem. Entre os trechos dentro do contrato estão a BA-447 entre Barreiras e Angical; BA-463 entre São Desidério e BR-020, passando por Sítio Grande; BA-455 entre Barreiras e Catolândia; BA-351 entre Santa Rita de Cássia e Mansidão; entre outros trechos.

 

Depoimento de Emílio confirma fala de Wagner sobre caixa 2: ‘Todo mundo operou’

images (1)Quatro meses antes de Emílio Odebrecht, presidente do grupo que leva o sobrenome da família, admitir que o caixa 2 “sempre existiu” na empreiteira o ex-governador Jaques Wagner apontou, ao Bahia Notícias, que o artifício era uma regra no sistema político brasileiro. Em novembro do ano passado, Wagner apontou que todos os partícipes do cenário político adotavam a prática para se manter como parte do jogo. “O nome que se dá de caixa 2 dá a impressão que o cara está numa falcatrua. Não, o cara pegou aquele dinheiro e foi fazer campanha. O sistema era esse, todo mundo operou nesse sistema”, disse Wagner, à época coordenador do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Codes) na Bahia. O ex-ministro de Lula e Dilma Rousseff expôs o que a classe política, em diversos momentos, tentou negar. “Eu quero contribuição de campanha, se a contribuição puder ser oficial, é sempre melhor. Aí o empresário diz: ‘Ah, eu não quero dar para que meu nome não apareça. E o cara está precisando. O sistema é esse. O cara que está fazendo a campanha dele vai dizer ‘Não quero’?. Falta uma semana para a campanha, o cara diz ‘Tenho R$ 100 mil aqui’, mas não quero que meu nome fique aí. Você vai dizer ‘não quero, muito obrigado’? E o vizinho vai pegar? O sistema é indutor disso”, explicou Wagner, admitindo que todos os interlocutores políticos sobreviveram nesse “sistema” Em tempos de uma nova lista da Procuradoria Geral da República sobre a Operação Lava Jato com a delação premiada dos executivos da Odebrecht, e de caixa oficial com investigação autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), resta saber quantos operadores políticos ficaram fora do uso de caixa 2.

JUÍZA TRANSFORMA EM RÉU SERVIDOR QUE CHAMOU GEDDEL DE ‘GOLPISTA’

gdA Justiça Federal acolheu na última terça-feira (7) uma queixa-crime do ex-ministro Geddel Vieira Lima contra um servidor do governo federal que, em agosto, o chamou de “golpista” dentro de um avião.
Na decisão, a juíza substituta Pollyanna Kelly Alves diz que o termo pode ser entendido como “expressão injuriosa apta a ofender a dignidade ou o decoro”.
A juíza, apesar de ter decidido dar sequência ao processo por injúria, descartou as queixas do peemedebista por calúnia ou difamação -quando se acusa alguém falsamente da prática de um crime ou de um fato ofensivo à reputação.
Pollyanna Kelly Alves justificou a decisão dizendo que, a partir do impeachment de Dilma Rousseff, “a expressão tornou-se banalizada e ordinariamente utilizada”.”As palavras ‘golpe’ e ‘golpistas’ evidenciam, no contexto atual, o inconformismo daqueles que se sentiram insatisfeitos com o resultado do processo político constitucional de impedimento da ex-presidente da República”, escreve a magistrada.
A Justiça deu prazo para que o servidor apresente sua resposta à acusação pelo crime de injúria. Só então decidirá pela condenação ou absolvição.
Em um voo de Brasília a Salvador em agosto do ano passado, quando Vieira Lima era ministro-chefe da Secretaria de Governo, o servidor federal Edmilson Dias Pereira anunciou a presença do peemedebista no avião em voz alta.”Senhoras e senhores, nós temos aqui no avião, o Ministro Geddel Vieira Lima, do governo golpista do Michel Temer, que é parceiro do Eduardo Cunha. […] Golpista! Golpista! Vocês vão ficar marcados para sempre como golpistas”, afirmou.Pereira filmou o episódio, que foi postado em redes sociais.
A reportagem não conseguiu contato com a defesa de Pereira. Na ação, segundo a decisão da Justiça, ele argumenta que a manifestação é parte do “exercício da livre manifestação do pensamento e da liberdade de expressão”.
Em outra ação, o ex-ministro pede ainda uma indenização de R$ 50 mil ao servidor público. Com informações da Folhapress.
Notícias ao Minuto

LEM:Forças policiais fazem mega operação em Luís Eduardo Magalhães.Ba

 IMG-20170315-WA0009

IMG-20170315-WA0003

IMG-20170315-WA0004

IMG-20170315-WA0005

IMG-20170315-WA0006

IMG-20170315-WA0007

lem

lem1

lem2

lem3

Durante a tarde de ontem terça-feira, 14-03, aconteceu nos bairros Sol do Cerrado, Solar dos Buritis e Santa Cruz, em Luis Eduardo Magalhães, a OPERAÇÃO SATURAÇÃO que contou com a participação de diversas instituições que compõem o Sistema de Segurança Pública, movidas pelo dever de garantir a ordem pública.

A Operação Saturação foi criada em Barreiras, sob a coordenação do CPR-O e tem como objetivos, reforçar o policiamento, combater a criminalidade e reduzir os índices de CVLI, aumentando a sensação de segurança na comunidade.

Graças aos bons resultados obtidos em Barreiras, nesta data, a OPERAÇÃO SATURAÇÃO foi desencadeada em Luís Eduardo Magalhães, sendo empregadas 31 (trinta e uma) viaturas, 01 (um) helicóptero e 116 (cento e dezesseis) agentes de segurança, sendo 18 da 85ª CIPM; 12 da CIPE-CERRADO; 16 da CIPT-OESTE; 04 da 83ª CIPM; 05 da 84ª CIPM; 07 da CIPRv; 04 do Grupamento Aéreo; 32 Policiais Civis; 02 Agentes da PRF; 08 agentes da Guarda Municipal de LEM e 08 agentes da SUTRANS.

A Operação alcançou os objetivos almejados, trazendo grande sensação de segurança para a comunidade, obtendo ao final os seguintes resultados:

•    02 armas de fogo;
•    01 simulacro de arma de fogo;
•    01 arma branca;
•    16 pessoas apresentadas na delegacia;
•    01 menor apreendido;
•    12 cumprimentos de mandado de busca e apreensão;
•    01 cumprimento de mandado de prisão preventiva;
•    01 pequena porção de maconha; e
•    18 veículos apreendidos

Fonte:85 CIPM

Governador Rui Costa entrega Base do Grupamento aéreo da PM em Barreiras

1487364018
1487364018WhatsApp_Image_20170217_at_17.37.03
A primeira etapa da Base Avançada do Grupamento Aéreo (Bavan/Graer) foi inaugurada pelo governador Rui Costa em Barreiras, no oeste da Bahia, nesta sexta-feira (17). Localizada ao lado do Aeroporto do município, a unidade dará suporte às operações ostensivas e investigativas, além das ações de resgate e salvamento.
Fazem parte da estrutura um helicóptero, dois helipontos, um hangar e sede com alojamento para os policiais, sala de capacitação e dependências administrativas. “A função desse equipamento não é apenas cuidar do combate a crimes organizados, mas apoiar a polícia na segurança das cidades e da zona rural. Este helicóptero chega em até 20 minutos a várias cidades da região. Ainda vamos trazer alguns equipamentos e adequar a pista, para que um avião também possa fazer o pouso e vir diretamente para a Base Avançada”, afirmou Rui.
O espaço foi erguido e equipado por meio de uma parceria público-privada (PPP) e é o primeiro ponto fixo de apoio do Graer no interior do estado. Na ocasião, o governador ainda entregou 24 viaturas e quatro motocicletas para as polícias Militar e Civil. O secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, e outras autoridades também participaram do evento.
 
SECOM Governo da Bahia/Mural do Oeste

BAHIA: PREFEITO APARECE SEGURANDO FAIXA EM APOIO A TRAFICANTE DE DROGAS

pedras-7-760x600
A cidade de Muritiba, no recôncavo baiano, está em festa. O evento, que já parte do calendário cultural do município, é conhecido como Festa do Senhor do Bonfim e mistura sincretismo religioso, fé e festa de rua, com muita participação popular.
O prefeito da cidade, Danilo Marques Sampaio, Danilo de Babão (PRB), resolveu participar fantasiado do que a população local chama de “Cão”, quando os moradores se pintam com óleo queimado e correm atrás da lavagem, ao som de uma charanga.
O inusitado, porém, foi a faixa em que o prefeito permitiu ser fotografado. A faixa, escrita com as palavras “Força Didiu, você vai sair dessa”, foi levada pelo grupo de cães, que enviou uma mensagem a Anadilson das Mercês, preso por tráfico de drogas no dia 8 de dezembro, do ano passado, junto com uma quadrilha.
Na ocasião, a quadrilha foi apreendida com 20kg de maconha e pouco mais de 3kg de cocaína. Segundo o Major da PM, Márcio Amorim de Marcelo, os presos já estavam sendo investigados  pelo abastecimento de droga na região.
A imagem, que circulou nas redes sociais, tem gerado polemica na cidade.
Fonte Tribuna da Bahia

Governador Rui Costa se reúne com lideranças da Chapada para garantir preservação do rio Utinga

rui rioFoto: Mateus Pereira/GOVBA

O governador Rui Costa se reuniu nesta segunda-feira (13), na Governadoria, com prefeitos e produtores de municípios da Chapada Diamantina para debater medidas para controlar e monitorar a vazão do Rio Utinga, subsistema hidrográfico integrante do Rio Paraguaçu.

“Queremos ouvir todas as sugestões e o depoimento de quem conhece a área e buscar soluções negociadas, porque na escassez nós precisamos ter bom senso e equilíbrio para priorizar o abastecimento humano, mas cuidar também da produção agrícola e criação de animais”, afirmou o governador.

A reunião integra o plano de ações do Governo do Estado para lidar com a diminuição no nível das águas causada pela seca na região nas proximidades do rio, muito importante para a agropecuária desenvolvida nas cidades de Utinga, Wagner, Andaraí e Lajedinho. No início do mês, uma equipe com representações da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) e Secretaria de Infraestrutura Hídrica (Sihs) fez uma visita técnica à região no início do mês para apresentar aos prefeitos, estratégias para controlar a situação.

rui rio1Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O Governo do Estado já vem realizando ações sistemáticas para recuperação e manutenção da barragem e preservação do Rio Utinga. Ao todo, são R$ 15 milhões em investimentos previstos e realizados nos municípios de Utinga, Wagner, Lajedinho e Lençóis, para perfuração de poços,  construção de sistemas simplificados de água, operação e manutenção da Barragem da Cabeceira do Rio (Utinga), assistência técnica,  entre outras intervenções. Para os próximos 15 dias, será apresentado aos prefeitos da região um plano de ação emergencial que garanta o abastecimento de água para consumo humano.

Para o secretário do Meio Ambiente, Geraldo Reis, a solução passa por ações de todos, não apenas governo e municípios, mas também da população. “É uma situação delicada, nos reunimos com os prefeitos, produtores e lideranças comunitárias e estamos dando continuidade nas conversas hoje. É um desejo do governador dialogar com essas comunidades buscando essas alternativas para proteger a vida das pessoas que dependem deste rio tão importante”.

Participaram da reunião além dos prefeitos das cidades de Wagner, Lençóis, Andaraí, Lajedinho e Utinga, representantes das secretarias do Meio Ambiente (Sema), de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), de Desenvolvimento Rural (SDR), da Casa Civil e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).