Biometria já alcançou mais de 90% do eleitorado baiano

Na reta final do recadastramento no estado, TRE-BA calcula que mais de 900 mil eleitores baianos ainda podem ter seus títulos cancelados

unnamed

Mais de 90% dos eleitores baianos já informaram seus dados biométricos à Justiça Eleitoral. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), dos 10.514.883 eleitores do estado, 9.562.998 (90,95%) já estão biometrizados. Somente em 2019, foram realizadas 2.280.588 revisões. Apenas nos dois primeiros dias de atendimento de 2020, foram realizadas mais de 10 mil revisões. Os dados podem ser conferidos no Biomaps, aplicativo para monitoramento da biometria.

Dos 417 municípios baianos, 175 já finalizaram o recadastramento biométrico. Nessas localidades, os eleitores que não participaram da revisão dentro do prazo podem regularizar seus títulos eleitorais com cadastro das digitais diretamente nos cartórios ou postos do TRE-BA.

Atualmente, dos TREs de grande porte no país – com mais de 10 milhões de eleitores –, o TRE-BA é o que possui maior percentual de cadastro biométrico. Além disso, considerando os 27 tribunais eleitorais, o Regional baiano é o segundo com maior número de eleitores cadastrados, ficando atrás apenas de São Paulo.

Ciclo atual de biometria 

Em seu terceiro e último ciclo da revisão biométrica, o estado pretende, até 18 de fevereiro de 2020, alcançar 100% de eleitores biometrizados. Para isso, o desafio é revisar – dentro do prazo estipulado – os 951.885 de eleitores baianos que ainda não responderam ao chamado da Justiça Eleitoral. Atualmente, 242 cidades estão em processo de recadastramento de seus eleitores e aquele que desconsiderar a convocação terá seu título cancelado. Nas Eleições Municipais de 2020, todo o eleitorado baiano deverá ser identificado por biometria.

Ascom TRE-BA