Barreiras: Polícia Militar acusado de falsificação de documento é investigado

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

O soldado Washington Fernandes Pereira, 35 anos, está preso no quartel da polícia militar de Barreiras/BA, acusado de falsificar documento oficial da Polícia Militar com intenção de retirar um veículo (S-10), que se encontra aprendido no pátio municipal de Barreiras, local reservado para apreensão de veículos em situação irregular. De acordo com o Subcomandante do Comando de Policiamento da Região Oeste (CPRO), Tenente Coronel Camilo Uzêda, o militar foi preso em flagrante, no instante em que usava o documento forjado.

Ressaltou que o documento foi elaborado de forma fraudulenta em um computador da unidade, mas o capitão (comandante da companhia) agiu com austeridade e destacou uma guarnição para localizar e prender o infrator. “Chegando ao pátio, a equipe o encontrou em um processo de argumentação, fazendo a retirada do veículo”, destacou.

Após a prisão, Uzêda observou que o equipamento (computador) foi lacrado, devido à necessidade de investigação interna e realização de pericia. Falou sobre possibilidade de outras fraudes, crime militar e possível encaminhamento do equipamento para exame criterioso e sistemático por meio de auditoria militar do estado.

O policial possuía estabilidade no emprego, porque estava há mais de dez anos na instituição (PM). “Infelizmente, não sabemos o que se passa pela cabeça das pessoas, pois terminam se enveredando pelo caminho negativo, mesmo tendo toda uma estrutura da corporação”, destacou.

No momento da detenção, o PM também estava com documentos em nome de Kelvin Marques Esteves. Ele e os documentos foram apresentados na Polícia Civil, onde aconteceu a lavratura do flagrante.

Fonte: Alô Alô Salomão