Roda Velha: Carreta carregada de soja tomba na BR-020 após Motorista perder o controle da direção

8fd5a55e-4d6c-4d73-a5fc-3ddf92eaef56

857rhg

hhg455gr

hff24df2v

Na manhã desta segunda-feira (04), por volta das 11:00h, motorista de uma carreta carregada de grãos de soja e tinha como destino a cidade de Barreiras, perdeu o controle da direção e tombou na BR-020 próximo o distrito de Roda Velha, município de São Desidério.

O condutor nada sofreu saiu ileso do acidente, o prejuízo foi somente danos materiais.

A policia militar de Roda Velha esteve no local dando apoio e orientando o transito.

Fonte: Odestaque.com.br

 

Tema da redação do Enem surpreende professores

capa_enem2019_abr

O tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano pegou professores de surpresa. Muitas apostas eram nas áreas da saúde, meio ambiente, educação e tecnologia. O tema escolhido é Democratização do acesso ao cinema no Brasil. A prova é aplicada neste domingo (3) junto com linguagens e ciências humanas.

O tema foi divulgado após às 13h30, no horário de Brasília, quando o exame começou a ser aplicado em todo o país. “Eu achei totalmente inesperado, totalmente fora do que a gente estava imaginando”, disse a professora de redação do Colégio Mopi, no Rio de Janeiro, Tatiana Nunes. “Não estava no rol das grandes apostas que os alunos estavam comentando, e isso pode gerar certa ansiedade, mas acho que é um tema legal e acessível ao jovem, algo do tempo dele”, complementa a professora de redação do curso online Descomplica Carol Achutti.

Para o professor de redação do ProEnem, plataforma online de preparação para o exame, Romulo Bolivar, no entanto, o tema não surpreende “quem está se preparando há algum tempo para o Enem, que tem o perfil de cobrar temas atuais, sociais, relacionados à realidade brasileira e que não são moralmente polêmicos”. O tema da redação, segundo o professor, é escolhido no primeiro semestre do ano.

“Eu acho que é um tema interessante, é bem interessante pensar essa questão cultural no Brasil, principalmente com as questões recentes que vêm acontecendo. Acho que é um tema que tem bastante coisa a ser discutida”, diz a professora do Colégio Seriös, em Brasília, Jade Nobre.

A redação do Enem deve ser do tipo dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, desenvolvida a partir da situação-problema proposta e de subsídios oferecidos pelos textos motivadores. Os textos motivadores ainda não foram divulgados. Redações com menos de sete linhas recebem nota zero, assim como as que reproduzem integralmente trechos dos textos motivadores e de itens do Caderno de Questões.

Um texto dissertativo-argumentativo deve ser opinativo e organizado para a defesa de um ponto de vista. A opinião do autor deve estar fundamentada com explicações e argumentos.

Na opinião dos professores, dependendo conforme o que for pedido na prova e nos textos de apoio, os estudantes podem tratar, por exemplo da expansão do cinema por canais da internet. Podem também tratar de incentivos à cultura e de fechamentos de salas de cinema.

“É bom a gente lembrar que em alguns lugares, em alguns centros urbanos do país, tem-se acesso bem fácil ao cinema, com shopping centers, promoções, acesso mais barato para idosos e estudantes. Mas, em muitas cidades, não há sequer uma sala de cinema”, destaca Bolivar.

De acordo com a Agência Nacional do Cinema (Ancine), a Região Sudeste concentra 52% de todas as salas de cinema do país. Ao todo, o Brasil tem 3.347 salas de cinema, das quais 373 são salas de rua. Os dados são do Informe Salas de Exibição 2018, que apontou naquele ano um crescimento de 3,8% do parque exibidor em relação a 2017.

Segundo Tatiana, dependendo da orientação da prova, é possível também abordar a questão da acessibilidade a pessoas com deficiência e também o incentivo ao cinema brasileiro. “Se o tema tiver falando de questão da acessibilidade, pode-se pensar na necessidade de empresas que detêm esse tipo de entretenimento darem condições para as pessoas com deficiência terem acesso aos cinemas. Também pode-se pensar na valorização do cinema brasileiro, porque nosso cinema ainda é muito visto como sendo menor [que o estrangeiro].”

A aplicação do Enem vai até as 19h, no horário de Brasília. O exame segue no próximo domingo, quando os estudantes fazem provas de matemática e ciências da natureza.

Veja os temas da redação de edições anteriores:

Enem 2009: O indivíduo frente à ética nacional

Enem 2010: O trabalho na construção da dignidade humana

Enem 2011:  Viver em rede no século XXI: Os limites entre o público e o privado

Enem 2012: O movimento imigratório para o Brasil no século XXI

Enem 2013:  Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil

Enem 2014: Publicidade infantil em questão no Brasil

Enem 2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira

Enem 2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil e Caminhos para combater o racismo no Brasil – Neste ano houve duas aplicações do exame.

Enem 2017: Desafios para formação educacional de surdos no Brasil

Enem 2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet

Fonte: Agência Brasil

Venham conferir as ofertas do Supermercado Redenção

O cliente encontra tudo em um só lugar, produtos alimentícios, produtos de limpeza e um completo açougue com os melhores cortes de carnes bovinas, suínas, frios e congelados.
Frutas e verduras com ótimos preços, venham conferir!
Não deixe de economizar Supermercado Redenção agradece a sua preferência.

zzz

Jaidi-07

Jaidi Supermercado-26

Jaidi-04

Jaidi-06

zzzVenham conferir! Supermercado Redenção, Rua Amazonas Centro de Roda Velha. Fone: 3684-2324

Fonte: Publicidade

Embasa continua trabalhando na recuperação de asfalto em Barreiras

A empresa se compromete a sanar o “passivo” deixado pela antiga empresa onde foram realizadas intervenções de manutenção da rede de água e esgotamento sanitário

recomsposição asfáltica embasa barreiras

recomsposição asfáltica embasa barreiras2

recomsposição asfáltica embasa barreiras3

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) continua trabalhando na recuperação asfáltica em áreas onde houve intervenção para manutenção das redes de água e esgotamento sanitário em Barreiras, no Oeste da Bahia. No último levantamento da empresa, foram contabilizados desde o mês de julho um total de 595 pontos de asfalto recuperados, dentre serviços executados até o último domingo (13), ou de pendências deixadas pela antiga empresa terceirizada.

“A população começa a perceber a diferença na recuperação do pavimento onde há intervenções ligadas principalmente aos reparos de vazamento e novas ligações, cujos serviços precisam cortar o asfalto. Tudo vem sendo executado de forma rápida e dentro do padrão especificado em acordo com a Prefeitura de Barreiras”, afirma o gerente regional da Embasa, Francisco Araújo Andrade.

Apesar de esforços de cobrança com advertências e multas pela falta de cumprimento do contrato pela terceirizada, a antiga empresa deixou cerca de 600 pontos sem recomposição do asfalto ou passeio em toda a cidade. A previsão é que as recuperações deste “passivo” seja finalizado até o mês de dezembro. “A partir deste mês uma nova empresa terceirizada foi contratada por meio de licitação pública para prestar os serviços para a Embasa, e logo nas primeiras reuniões, este será ponto fundamental para que a empresa contratada preste um serviço de qualidade para a Embasa em Barreiras e nas demais cidades da regional”, afirma.

Parceria – A Embasa mantém a parceria com o município de Barreiras no sentido de informar, por meio da Secretaria de Infraestrutura, os pontos que vem sendo recuperados e quais aqueles onde há ainda a necessidade de intervenções do passivo deixado pela antiga empresa e das novas intervenções. O acordo também determina que, em caso de novas ligações onde existe asfalto, os usuários devem solicitar autorização da Secretaria de Infraestrutura para que a Embasa possa realizar as escavações e implantar o ramal de água.

Ascom Embasa

Escola Municipal Presidente Médici promove Desfile da Primavera com foco nas diversidades da fauna e flora do Cerrado

DSC_0794

DSC_0800

DSC_0812

capa

DSC_0759

A estação mais colorida do ano foi festejada nessa quinta-feira (31), com o Desfile de Primavera promovido pela Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer através da Escola Municipal Presidente Médici. Com muita alegria, animação e uma mistura de cores, mais de 350 alunos saíram pela rua Marechal Deodoro, chamando a atenção dos moradores do bairro, que assistiram ao desfile das sacadas e portas de casa.

A ação encerra o projeto “Educação para leitura: educação, cidadania e primavera” que tratou das temáticas primavera, belezas, preservação da fauna e da flora do Cerrado, transformação da natureza com roupas e objetos recicláveis, trabalhadas em sala de aula dentro de todas as disciplinas. Os alunos do Pré ao 5º ano, e os portadores de deficiência assistidos pela Sala de Recursos foram acompanhados pelos pais, professores, amigos e apoiadores do evento.

Incentivando a participação coletiva também foi preparada uma rifa para ajudar no desfile, que premiou com primeiro lugar em vendas a aluna Isabely Vitória (2º ano B) como rainha e três princesas Sarah Liz (5º ano A), Victoria Amary (Pré II-B) e Ana Carolina (4º ano A). Uma cesta de produtos de beleza também foi sorteada.

Para a professora aposentada Dilcilene Vidal que acompanhava a neta Mariana, a celebração tem um significado especial. “É uma estação bonita, simboliza também a importância de preservamos a natureza. Essa iniciativa com os pequenos é essencial, porque vamos formar cidadãos mais conscientes”, disse. Da porta de casa, a cabeleireira Neide Pereira e o neto acompanharam a passagem dos pequenos. “Uma maravilha! Parabéns à escola pela iniciativa de realizar esse desfile e animar a rua. Estão todos lindos”, disse.

Segundo a diretora da escola Presidente Médici, Leda de Sousa, o desfile tem o objetivo de promover a integração entre família, escola e comunidade escolar, festejando a estação. “Primavera é um período de renovar as forças, de acreditar que podemos renovar sonhos e projetos, por isso trabalhamos o tema com mais de 380 crianças, e esse contato com os frutos, animais e bioma Cerrado despertou o sentimento de pertencimento e necessidade de preservação ambiental. A todo momento reforçamos esse comportamento, porque o nosso hoje é o espelho vivo do amanhã”, concluiu a diretora.

A Cootrans e a Guarda Civil Municipal também acompanharam o desfile, com o ordenamento do trânsito e segurança dos alunos, que desfilaram pelas ruas Marechal Deodoro, Ipanema, Guadalajara e Natércio de Lucena da Nobrega, retornando à escola para uma confraternização.

Dircom Barreiras

Coelba realiza operação de combate ao furto de energia no Oeste baiano

Em mais uma Operação Varredura de combate ao furto de energia na região Oeste, os técnicos da Coelba realizaram inspeções em hotéis, supermercados, restaurantes e em grandes fazendas nos municípios de Barreiras, LuísEduardo Magalhães e São Desidério. Foram inspecionadas 87 unidades consumidoras, 22 foram autuadas por situação irregular.

Em toda região Oeste do estado, de janeiro a setembro deste ano, mais de 20 mil unidades foram inspecionadas e pelo menos 11,8 mil unidades foram autuadas e desativadas, por apresentarem irregularidades. A energia recuperada nessas operações é suficiente para abastecer o município de Barreiras por um mês.

O furto de energia é crime, sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro, cuja pena pode alcançar até oito anos de reclusão. Além de representar riscos de acidentes graves à população, a energia furtada é paga por outros consumidores, através do repasse na tarifa de energia, conforme determina a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Como denunciar

Para reduzir os riscos e o furto de energia, a Coelba mantem um programa constante de inspeções. A empresa possui canais de denúncia para casos de fraudes e furtos, como o telefone 116 ou o site www.coelba.com.br. Não é preciso se identificar para passar as informações.

Confira o que pode e o que não pode no Enem

capa_enem2019_abr

Neste domingo (3) será aplicada a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em mais de 1,7 mil cidades de todo o país. O exame segue no próximo domingo (10). Quase 5,1 milhões de candidatos estão inscritos na edição deste ano. Desses, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 2,4 milhões, o que representa quase metade do total, farão a prova pela primeira vez.

É importante, portanto, estar atento às regras para não correr o risco de ser eliminado, nem de perder a prova. Uma das primeiras medidas é verificar o local do exame, disponível na Página do Participante e no aplicativo do Enem, disponível para que possa ser baixado nas plataformas Apple Store e Google Play. O local de prova está no Cartão de Confirmação da Inscrição.

No dia do exame, é preciso tomar alguns cuidados. Antes de entrar na sala, os estudantes receberão um envelope porta-objetos, onde deverão guardar tudo que não é permitido na hora da prova. Esse envelope deve ser fechado e lacrado e deve ficar debaixo da cadeira até o fim da aplicação.

Neste ano, se qualquer aparelho eletrônico emitir algum som durante a prova, mesmo estando dentro do envelope, o participante será eliminado.

Rio de Janeiro - Candidatos estudam momentos antes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Rio de Janeiro – Candidatos estudam momentos antes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) (Fernando Frazão/Agência Brasil)

A medida é novidade em relação às edições anteriores do Enem. A recomendação é que as baterias dos celulares sejam retiradas. Alguns aparelhos tocam o alarme mesmo desligados.

Já dentro da sala, cada participante receberá a prova e deverá conferir os dados no cartão de resposta e na folha da redação. A dica é destacar, com muito cuidado, o cartão-resposta e a folha de rascunho do caderno de questões, pois eles não poderão ser substituídos se forem danificados.

Nos dois dias de prova, os estudantes deverão estar nos locais de aplicação antes das 13h, no horário de Brasília, quando os portões serão fechados. A prova só começará a ser feita às 13h30, mas quem conversar a partir das 13h, será eliminado. Só é possível falar com o aplicador ou o fiscal de prova.

Para fazer o Enem, os estudantes passarão por uma revista. Lanches e artigos religiosos também serão vistoriados. Caso o participante não permita essa revista, também será eliminado. Na página do Enem, há uma lista completa de todas as atitudes que determinam a eliminação no exame. (mais…)