Sema participa de reunião do Comitê de Bacia do Rio Grande em Barreiras

1562926967Materia

Encerrando uma agenda de trabalho na região Oeste da Bahia, o secretário estadual do Meio Ambiente (Sema), João Carlos Oliveira participou na quinta-feira (11), no município de Barreiras, da reunião ordinária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Grande (CBHG). Dentre as pautas discutidas, destaca-se a apresentação da contratação do Plano de Bacia do Rio Grande que vai beneficiar as cidades de Luís Eduardo Magalhães, Catolândia, Cristópolis, Cotegipe, Wanderley, Angical, Barreiras, Riachão das Neves, Santa Rita de Cássia, Mansidão e  Formosa do Rio Preto.

De acordo com o presidente do CBHG, Demósthenes Júnior, a expectativa é muito grande na questão de já iniciar os próximos estudos. “Iremos agora apreciar o plano de trabalho para consolidar de fato o plano de Bacia do Rio Grande. Assim, Estado e a sociedade, com seus vários atores sociais, irão ter ferramentas importantes para realizar uma gestão eficaz dos recursos hídricos na região”, destacou. Na ocasião, o coordenador de Recursos Hídricos do Inema, Bruno Jardim, explicou aos membros do Comitê a proposta para a cobrança pelo uso da água e abordou o tema sobre outorgas.

Entre os outros encaminhamentos da reunião, também teve a apresentação do plano de manejo da Área de Proteção Ambiental (APA) da Bacia do Rio de Janeiro, situada entre Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, que está sendo elaborado pelo Inema e que precisa ser examinado pelos conselheiros. Outro ponto discutido foi a proposta de um encontro promovido pelo CBHG, com a participação de secretários municipais do Meio Ambiente e de Educação de todos municípios da Bacia para a formatação de um programa de educação ambiental na região do Rio Grande.

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Grande é um colegiado de caráter consultivo  normativo e deliberativo, instituído pelo Governo do Estado e composto por representantes dos poderes públicos municipal, estadual e federal, representantes da sociedade civil organizada e dos usuários da água. Sua função é discutir e deliberar sobre os assuntos de interesse comum, visando a harmonização do uso e a mediação de conflitos.

Ascom Sema

Secretaria de Agricultura de São Desidério e SEBRAE realizam Seminário sobre Compras Institucionais para agricultores familiares

1

2

A manhã de quinta-feira, 11, foi de conhecimento e orientação para dezenas de agricultores familiares de São Desidério com o Seminário de Compras Institucionais que deu enfoque a organização da agricultura familiar para participação em chamadas públicas. O evento é uma parceria entre a Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Econômico (SEAGRI) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Pequenas Empresas (SEBRAE).

“A gente participa para adquirir mais conhecimento e melhorar nossas possibilidades de venda, nunca tivemos esse apoio antes, temos que aproveitar”, revela a agricultora do Assentamento Vitória, Ildair Rosa Barros.

Pequenos agricultores de 15 comunidades participaram do Seminário que explorou o tema Compras Institucionais. “São Desidério é um município de grande extensão territorial, a maior parte da população é rural e são pequenos agricultores, temos realizado vários trabalhos por meio dos Programas Municipais Prolavoura e Proleite, mas estamos investindo também em parcerias de capacitação para que os pequenos agricultores estejam aptos para ampliar sua comercialização, em especial as Associações que estamos lutando para se legalizarem”, confirma a Superintendente da SEAGRI, Isterffannye Oliveira.

Outras reuniões já estão agendadas para continuar com o processo de orientações. “O conhecimento é a chave para o crescimento desses pequenos empreendimentos, seguido pelo apoio técnico e pelo aproveitamento de oportunidades, São Desidério está no caminho certo e somos parceiros para este desenvolvimento”, alerta o Consultor do SEBRAE, Sândalo Paim.

Com o trabalho desenvolvido pela SEAGRI, nos dois últimos anos o município registrou um crescimento de pequenos produtores, Cooperativas e Associação, de aproximadamente 20 comunidades, habilitados em Chamadas Públicas, passando de 30 projetos apresentados em 2017 para 60 projetos de vendas apresentados para o Programa Nacional de Alimentação Escolar este ano.

Ascom São Desidério

Água de barragem invade cidades na Bahia e deixa desalojados

whatsapp-image-2019-07-11-at-16.58.44

A água de uma barragem que fica no povoado de Quati, em Pedro Alexandre, a cerca de 435 km de Salvador, invadiu, na manhã desta quinta-feira (11), a cidade vizinha de Coronel João Sá e deixou cerca de 300 pessoas desalojadas. Não há informações de desalojados em Pedro Alexandre.

Conforme a Defesa Civil da cidade, as fortes chuvas que caem na região do Rio do Peixe contribuíram para o transbordamento da água. Não houve feridos.

A Prefeitura de Pedro Alexandre – que fica no nordeste baiano, perto da divisa com Sergipe – decretou estado de calamidade e emergência após o município ter sido tomado pela água.

Coronel João Sá fica a 45 km de Pedro Alexandre. Os desalojados fazem parte de cerca de 120 famílias que moram às margens do Rio do Peixe, que corta a região. A água que vazou da barragem seguiu o curso do rio e, por volta das 15h30, chegou a João de Sá.

O percurso do rio entre as duas cidades é de cerca de 80 km. Não há informações da velocidade que a água chegou ao local, e nem da extensão dos prejuízos. Os desalojados foram levados para ginásios de esportes e escolas de João Sá.

Desde o início da manhã, a administração de Coronel João Sá, que fica em um nível abaixo da barragem e é cortado pelo Rio do Peixe, pediu para que as famílias que moravam às margens do rio deixassem o local.

Coronel João Sá já tinha áreas alagadas, mas por conta da chuva A preocupação adicional era justamente com a enxurrada provocada pelo transbordamento da barragem do Quati.

Segundo a Defesa Civil de Pedro Alexandre e a Secretaria de Comunicação de Coronel João Sá, a barragem de Quati transbordou por volta das 6h desta quinta, e se rompeu às 11h.

(mais…)

Prefeito Zito Barbosa recebe Comissão da Paz para discutir o projeto de videomonitoramento de Barreiras

Capa (1)

DSC_0607

DSC_0617

DSC_0627

DSC_0631

A segurança do cidadão barreirense foi pauta de discussão, na última sexta-feira (5) durante reunião entre o prefeito Zito Barbosa e integrantes da Comissão da Paz, presentes ainda o secretário de Segurança Cidadã e Trânsito, Júnior Sampaio e o secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Carlos Costa. O sistema de videomonitoramento de Barreiras norteou as conversas.

Como forma de unir esforços e buscar aprimorar o projeto já existente, construído pela Comissão da Paz e Polícia Militar, integrando a proposta ao sistema que a Prefeitura irá implantar em todas as sedes escolares, unidades de saúde e demais prédios públicos municipais, o prefeito Zito Barbosa propôs a criação de uma comissão composta por secretarias municipais e integrantes da Comissão da Paz.

“Vamos promover os ajustes necessários no projeto já existente e que vamos implantar nas unidades da administração municipal, com a ampliação de câmeras instaladas, visando alcançar pontos estratégicos da cidade, melhorando assim a segurança da nossa população”, disse o prefeito.

“O sistema de videomonitoramento possui um custo relativamente baixo para o Município, considerando o retorno que ele oferece. Nós poderemos juntos com a Prefeitura, ir atrás de recursos e mostrar que é um projeto da comunidade de Barreiras e que é fundamental para a garantia da segurança”, disse o representante da Comissão da Paz, Gil Arêas. (mais…)

Estratégias de prevenção e combate aos incêndios florestais são debatidas no Oeste da Bahia

unnamed

O Subcomitê de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do Oeste, por meio da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), realizou nesta quarta-feira (10),  em Barreiras, o 1º Seminário de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do Oeste da Bahia. Contando com a presença do secretário estadual, João Carlos Oliveira, o encontro realizado na Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) reuniu especialistas e pesquisadores, com o objetivo de promover um espaço de diálogos, trocas de experiências e inovações sobre a temática de prevenção e combate de incêndios florestais.

O gestor da pasta ambiental, João Carlos Oliveira destacou que o Governo do Estado cumpre mais um passo importante em prol do meio ambiente com a realização desse encontro no oeste baiano, região que representa o agronegócio do estado. “Isso aumenta a nossa responsabilidade em promover ações proativas e preventivas para evitar os incêndios que causam danos ambientais, econômicos e sociais”, afirmou. Por isso, de acordo com o secretário, o Programa Bahia Sem Fogo é prioridade e o debate com as comunidades, associações, ONGs, poder público, brigadistas, estudantes e pesquisadores é um caminho para se construir políticas públicas voltadas para a preservação ambiental.

Para o geógrafo e professor da Ufob, Ricardo Reis, investir em prevenção e monitoramento de maneira conectadas em rede, englobando o poder público, setor produtivo, comunidades e universidade, é um ótimo caminho a seguir para se antecipar ao combate aos incêndios florestais. “Além da conscientização com a presença efetiva do Estado e de outros atores sociais, é preciso fazer um estudo mais aprofundado para entender a motivação dos incêndios. É importante trabalhar a análise comportamental daquela população, se teve uma expansão de uma comunidade, até o apego cultural mais forte de localidades ligadas às tradições relacionadas ao fogo”, explica o professor.

O fortalecimento do Subcomitê do Oeste da Bahia foi destacado pela coordenadora de fiscalização preventiva de campo do Inema em Feira de Santana, Fabíola Cotrim, como uma forma de avanço da prevenção e combate aos incêndios florestais na região. “Em 2009, implantamos essa instância através de uma demanda da própria sociedade, formando uma rede social bastante atuante na região. Nessa trajetória fomos reconhecidos como um dos melhores subcomitês em ação, não só na Bahia, como em outros estados brasileiros. Então, é um ganho muito grande para nós, a exemplos daqueles líderes comunitários e brigadistas voluntários, que enfrentam diariamente com a prevenção e combate aos incêndios florestais”, disse.

A utilização do uso do fogo como plano de prevenção e combate aos incêndios em espaços naturais foi outro tema importante do seminário, sendo abordado pelo comandante do Corpo de Bombeiros de Figueira da Foz – Portugal, Nuno Osório. Ele apresentou técnicas de redução de material combustível como forma de prevenção dos incêndios florestais, com exemplos práticos da aplicação deste método em Portugal. “O simples fato de não fazer fogueiras, queimar lixo orgânico e limpeza de terreno com fogo já não ajudam mais. Estamos voltando a atenção a equipamentos operacionais que podem facilitar e acelerar os combates, assim como as novas tecnologias que contribuem nesse processo”, explicou.

O evento também contou com a palestra sobre o tema “Produtos meteorológicos do programa de queimadas do INPE – Experimentos de campo, focos de queimadas e risco do fogo”, que foi abordado pelo pesquisador e meteorologista do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), José Guilherme Martins.

Estiveram presentes o vice-reitor da Ufob, Jacques de Miranda; o prefeito de Correntina, Nilson Rodrigues; o coordenador regional do Inema, Saul Reis; além de representantes do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, da Prefeitura de Barreiras, da Conservação Internacional, da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), e da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa).

http://www.meioambiente.ba.gov.br/2019/07/11780/Estrategias-de-prevencao-e-combate-aos-incendios-florestais-sao-debatidas-no-Oeste-da-Bahia.html

Ascom Sema

SUPERMERCADO REDENÇÃO

O cliente encontra tudo em um só lugar, produtos alimentícios, produtos de limpeza e um completo açougue com os melhores cortes de carnes bovinas, suínas, frios e congelados.

Frutas e verduras com ótimos preços, venham conferir! Nas compras avista ou no cartão debito a partir de R$ 100,00 tem 5% de desconto durante todo mês de julho não deixe de economizar.

O Supermercado Redenção agradece a sua preferência.

Jaidi-07

Jaidi Supermercado-26

Jaidi-04

Jaidir Frios e açougue

Jaidi-06

Venham conferir! Supermercado Redenção, Rua Amazonas Centro de Roda Velha. Fone: 3684-2324

Fonte: Publicidade

Secretaria de Assistência social abre inscrições para apresentação de trabalhos acadêmicos no III Festival da Juventude

1

O Festival da Juventude organizado pela prefeitura de São Desidério por meio da Secretaria de Assistência Social que traz em sua terceira edição o tema central ‘Juventude e Resistência no Território’ será realizado nos dias 15 e 16 de agosto e conta com muitas novidades. Uma delas é a apresentação de trabalhos acadêmicos na programação do evento. Os interessados em submeter seus trabalhos podem se inscrever pelo e-mail [email protected] até o dia 21 deste mês.

O edital de convocação está disponível no Diário Oficial no site da prefeitura saodesiderio.ba.gov.br, mais informações podem ser obtidas no prédio da SAS situado à Rua Doutor Valério de Brito próximo à Prefeitura ou pelo telefone (77) 3623-2285. É importante ler o edital e conhecer como participar.

Ascom Prefeitura de São Desidério

Odestaque

Barreiras sedia 1º Seminário de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do Oeste da Bahia

Capa (1)O Subcomitê de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais da região Oeste da Bahia, através da Secretaria de Meio Ambiente do Estado da Bahia (SEMA), Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos( INEMA) e do Programa Bahia Sem Fogo, com o apoio da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Conservação Internacional e Prefeitura de Barreiras, promoveu nesta manhã de quarta-feira, 10, a abertura do 1º Seminário de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do Oeste da Bahia.

DSC_25.30A programação do evento foi realizada na Universidade Federal do Oeste da Bahia-UFOB, e reuniu palestrantes brasileiros e portugueses que estiveram compartilhando experiências com as equipes técnicas, brigadistas, profissionais ligados ao meio ambiente, produtores rurais, associações e acadêmicos. O objetivo foi discutir medidas de combate aos incêndios florestais, com a meta de diminuir os índices de queimadas que colocam o Oeste da Bahia, como a região de maior ocorrência e foco de incêndios no estado.

DSC_0517

DSC_0432

DSC_0433

DSC_0436

DSC_0478

DSC_0485

Na abertura oficial, a chefe de gabinete da Prefeitura de Barreiras, Marileide Carvalho, que representou o prefeito Zito Barbosa no evento, recepcionou o secretário estadual de meio ambiente João Carlos Oliveira. Participaram ainda compondo a mesa, o prefeito de Correntina, Nilson Rodrigues, o presidente da ABAPA representando também a AIBA, Júlio Busato, assessora do INEMA, Fabiola Cotrim, o vice reitor da UFOB prof. Jacques Miranda, Henrique Carvalho da CI Brasil e o Capitão Cedraz, representando o comando geral do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia.

“Estamos hoje em Barreiras discutindo o amanhã, o futuro da preservação ambiental em consenso com a produtividade. Tudo interdepende, e é preciso continuar movendo essa produtividade agrícola aliada às medidas de prevenção de incêndios que influencia a vida de todos, mas principalmente dos produtores. Quero parabenizar o empenho do secretário de meio ambiente de Barreiras, Demósthenes Junior, dos parceiros Aiba e Abapa, e todos que estão envolvidos nessa causa, salientando que esse espaço é para o debate, disseminação de estudos, alternativas, tecnologias e inovação, para que continuemos em parceria protegendo esse bioma único do cerrado”, disse o secretário estadual de meio ambiente.

A chefe do gabinete Marileide Carvalho, apontou as ações proativas desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente em parcerias com o PrevFogo, o 17º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar e Instituições. “Nos aproximamos da época mais seca do ano, e nossa preocupação é maior com o aumento dos incêndios. Sabemos do trabalho que vem sendo realizado em parceria com todos as associações, ONG´s, instituições e trago a mensagem do prefeito Zito Barbosa de apoio a essa iniciativa através da Secretaria de Meio Ambiente e Turismo com o excelente desempenho da equipe do secretário Demósthenes Junior, para buscar soluções e contribuir em todos os aspectos”, destacou a chefe de gabinete.

A educação ambiental também foi destaque durante o seminário, que ainda discutiu “Prevenção e Monitoramento” com o professor Ricardo Reis (UFOB), “Produtos meteorológicos do programa de queimadas do INPE com o pesquisador meteorologista Dr. José Guilherme e a palestra “Manejo Integrado do Fogo – o uso do fogo na prevenção e combate aos incêndios em espaços naturais”, com o Eng. Nuno Osório e profissionais portugueses de Figueira da Foz, distrito de Coimbra-Portugal.

Fonte: Dircom PMB