Faculdade São Francisco de Barreiras celebra 20 anos de atuação no município

Secretário de saúde de Barreiras prestigiou o jantar festivo 

CAPA (1)

DSC_23.58

DSC_23.59

DSC_24.01

As comemorações em homenagem aos 20 anos de atuação da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB) no oeste da Bahia, foram encerradas no sábado (20), com um jantar comemorativo para funcionários e convidados. O secretário de saúde de Barreiras, Anderson Vian, egresso da instituição de ensino, participou representando a gestão municipal, e, em seu pronunciamento, destacou a importância da FASB para o desenvolvimento regional.

“São 20 anos de história de uma instituição de ensino superior pioneira nos cursos na área da saúde, como Medicina, por exemplo. Tive a satisfação de integrar a terceira turma de Fisioterapia formada pela faculdade. Hoje, compondo a gestão municipal, conseguimos importantes parcerias com a FASB, com a ampliação de novas unidades de saúde, há a expansão do campo de estágio e também, novas oportunidades de emprego para os profissionais formados pela instituição”, disse.

Sobre a FASB: Em 1999 a Faculdade São Francisco de Barreiras era credenciada pelo Ministério da Educação (MEC) para iniciar as atividades, a aula inaugural para os então dois primeiros cursos – Ciências Contábeis e Administração – foi realizada em uma sede provisória, no Shopping Center Rio de Ondas. Após duas décadas, a instituição de ensino cresceu e se transformou. Hoje são 10 cursos de graduação, dois tecnológicos e três de pós graduação.  Já graduou 7,2 mil estudantes em uma estrutura própria, construída dentro dos padrões de acessibilidade e segurança. Com equipamentos modernos, laboratórios, ginásio, áreas experimentais para agronomia e uma Unidade de Serviços com atendimentos gratuitos à população carente. Em média, só os cursos de saúde têm realizado, anualmente, 20 mil atendimentos.

Dircom/PMB

1ª Mostra Gastronômica do Pescado foi destaque na última noite da Páscoa no Parque em Barreiras 

CAPA

DSC_36 (3)

DSC_36 (4) (1)

DSC_0208

DSC_0240

DSC_46.36

última noite da Páscoa no Parque reuniu famílias, amigos e a criançada no Parque de Exposição Engenheiro Geraldo Rocha no último sábado (20). Todos foram aproveitar e conferir de perto o espaço que promoveu durante quatro dias, entretenimento e incentivo para a comercialização e o fortalecimento da cadeia produtiva de pescados da região Oeste através das vendas realizadas na Vila do Peixe, além é claro de toda ludicidade espalhada pela Vila da Páscoa e a 1ª Mostra de Gastronomia do Pescado na Vila dos Sabores.

Na inovação da 3ª edição da Páscoa no Parque, a Prefeitura de Barreiras através da Secretaria Municipal de Agricultura e Tecnologia, por meio dos Programas Vale Produtivo e Barreiras Investe, realizou a 1ª Mostra Gastronômica do Pescado com objetivo de valorizar a piscicultura na região e aqueles que fazem desses produtos, deliciosos pratos. Para avaliação, foi convidado o corpo de jurados composto pelos professores da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), Volnei Brito e Marcos Vidal, a coordenadora pedagógica do SENAC, Beatriz Souza e a chef Marina Sabino, que selecionaram os três melhores pratos, levando em consideração os critérios como sabor, aroma, apresentação, atendimento, higiene e limpeza. A escolha e a avaliação dos 10 pratos criados e produzidos pelos restaurantes instalados na Vila dos Sabores também contou com a votação popular durante os quatro dias. (mais…)

Embasa garante conformidade da água distribuída

embasassa2015

Sobre investigação conjunta da ONG Repórter Brasil e da organização suíça Public Eye sobre presença de agrotóxicos na água distribuída no Brasil a partir de resultados de análises registrados entre 2014 e 2017 no Sisagua (Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano), a Embasa esclarece que a interpretação dos dados divulgados em matéria jornalística não informa que os níveis detectados nas amostras dos municípios citados estão bem abaixo do valor máximo permitido (VMP) pelo Ministério da Saúde.

Vale ressaltar que, no período considerado na investigação (2014-2017), os equipamentos e procedimentos utilizados nas análises da Embasa indicavam com precisão a presença quase nula, ou em concentração inferior ao VMP, de 23 das 27 substâncias de agrotóxicos monitoradas nas análises. Para as outras quatro substâncias, o nível de precisão era mais baixo. Em 2018, porém, laboratórios de terceiros foram contratados para verificar com mais precisão a presença dessas quatro substâncias e os resultados, já disponíveis no Sisagua, atestam que a água distribuída pela empresa está em conformidade com a Portaria de Consolidação nº5 de 2017, norma que determina os parâmetros de potabilidade da água no Brasil.

Sem considerar essa informação, a ONG Repórter Brasil e a Public Eye afirmam que a água de alguns municípios baianos está com presença de agrotóxicos acima do nível permitido. No entanto, a partir de 2018, foi possível comprovar que todas as 27 substâncias estavam em total conformidade com o exigido pelo Ministério da Saúde.

Para acompanhar os aperfeiçoamentos ocorridos, nos últimos anos, no método de controle da qualidade da água, a Embasa tem investido na aquisição de equipamentos de alta precisão para fornecer informações com alto grau de confiabilidade e, assim, contribuir para o fortalecimento da rede de segurança da água para consumo humano existente no país.

Gerência de Comunicação Social da Embasa

Prefeitura de São Desidério realiza Audiência Pública para elaboração Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2020

LDO 1

LDO 2

LDO 3

Com o objetivo de elaborar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020, a Prefeitura de São Desidério por meio da Secretaria Municipal de Administração, Finanças e Orçamento (SAF) realizou na manhã desta segunda-feira, 22 de abril, no Plenário da Câmara Municipal, uma Audiência Pública que contou com a presença do vice-prefeito Zé Barbosa, secretários de governo, vereadores e comunidade.

A LDO é um dos instrumentos utilizados para o planejamento com o intuito de concretizar algumas previsões do Plano Plurianual (PPA) que por sua vez, busca nortear suas ações e prioridades com base na Lei Orçamentária Anual. A LDO garante que as ações programadas, em médio prazo, norteiem o administrador ao longo de cada exercício fiscal.

A apresentação técnica da audiência foi conduzida pelo consultor em Planejamento e Gestão Pública, Maglon Ribeiro. “A LDO define todas as receitas e fixa todas as despesas, referentes ao seu respectivo exercício fiscal. Como o PPA e a LDO, também está submetida à Lei de Responsabilidade Fiscal que recomenda critério por parte do administrador, por ocasião da escolha das prioridades do município”, destacou Maglon.

“A LDO configura-se pelas metas e prioridades da administração pública incluindo as despesas do município, definindo acerca da política de aplicação dos recursos para o próximo exercício fiscal, por isso é importante para conduzir os projetos que a Prefeitura irá realizar em 2020”, revelou o secretário de Administração, João Antônio Linhares.

Ascom São Desidério

Homens são presos pela PM por tráfico de drogas e corrupção de menores de doze e quinze anos em Barreiras

Droga

Na madrugada desta segunda-feira (22), por volta de 2h, a Polícia Militar, através da 84ª CIPM, prendeu quatro pessoas em flagrante, por tráfico, associação para o tráfico de drogas e corrupção de menores, na Rua Boa Esperança, bairro Barreirinhas, em Barreiras/BA. No local foram apreendidos 26 gramas de material com aparência análoga a cocaína e quatro gramas de substância análoga à maconha.

Durante a operação, uma criança de doze anos (menina) e três adolescentes de 15 anos (duas meninas e um menino) foram flagrados com drogas e alegaram que estavam apenas se divertindo. Contam que consumiram maconha, cocaína e foram beijadas e acariciadas pelos homens. Uma das adolescentes ressalta que também foi induzida a vender drogas.

De acordo com declarações da Polícia Civil, os menores afirmam que se prostituem com homens e mulheres em várias cidades do Oeste da Bahia, mas vieram de Santa Rita de Cássia, de onde costumam viajar para Barreiras, sem qualquer impedimento dos pais ou responsáveis.

Na delegacia, a menina de doze anos confessou aos plantonistas que faz programas há mais de dois anos e que já saiu de sua cidade para se prostituir em Brasília.

O delegado Francisco Carlos de Sá indiciou os acusados por tráfico de drogas, corrupção de menores e chamou o Conselho Tutelar de Barreiras para adotar outras providências previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Fonte: Alô Alô Salomão

Embasa debate prestação dos serviços de água e esgoto durante audiência pública em Canápolis

16.04.19_audiência pública canápolis1

16.04.19_audiência pública canápolis2

16.04.19_audiência pública canápolis26

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) participou na última terça-feira (16) de uma audiência pública em Canápolis, no oeste da Bahia. Com a presença de representantes do executivo, legislativo e de moradores, o gerente regional, Francisco Araujo Andrade, reforçou em sua apresentação os investimentos para a população os investimentos em melhorias dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário. A Embasa garantiu nos dois últimos anos um aporte de R$ 870 mil na implantação de adutoras, redes de distribuição, reservatórios em conjunto habitacional e extensão de rede para as localidades de Salobro, Umbaúba, Sambaíba, Barreiro e Santo Antônio, na zona rural de Canápolis.

Na oportunidade, Andrade também demonstrou em sua apresentação como funcionam os dois sistemas e as dificuldades enfrentadas na operação do sistema de água nos últimos anos.  “Ao pertencer a um sistema integrado com outros municípios da região, já existe uma dificuldade pela extensão da rede adutora entre a estação que trata a água que é distribuída. A instabilidade da energia elétrica na região provoca interrupção e em alguns casos, até mesmo, pane nos equipamentos que bombeiam a água para a cidade. Tudo isto também eleva os riscos de danificar a rede adutora que leva água para Canápolis”, explicou.

O gerente da Embasa também explica que parte da sede municipal fica em uma parte alta o que dificulta o restabelecimento do abastecimento em casos de paradas no sistema, cuja distribuição funciona por gravidade. “Nossas equipes estão estudando formas de minimizar o tempo do retomada do sistema e a população deve ser orientada a ter reservação (caixa d´água) para amenizar os transtornos causados por eventuais interrupções do sistema de água”, afirma. Ao abrir a audiência pública, a prefeita de Canápolis, Myriam Gonçalves Teixeira, apontou a importância destes esclarecimentos para a população sobre as ocorrências de falta de água.

O presidente da Câmara de Vereadores, Alvino de Oliveira Alves, agradeceu a participação dos gerentes e técnicos da empresa na audiência pública, e acredita, que as dúvidas foram sanadas com o objetivo de atender a demanda do município. Ao final da audiência pública, foi criada uma comissão com integrantes do executivo, legislativo, população e Embasa para garantir a melhoria contínua do serviço prestado para a população.  A Embasa beneficia 1619 imóveis com água tratada e canalizada na sede e em oito localidades da zona rural da Canápolis. Em relação ao sistema de esgotamento sanitário, o sistema foi inaugurado em 2013, e garante a coleta e o tratamento com uma cobertura de 78% da sede municipal.

Assessoria de Comunicação da Embasa
Unidade Regional de Barreiras (UNB)

LEM: Prefeito perde foro especial em caso que apura desvio e falsidade ideológica

Oziel-p-LemO prefeito de Luís Eduardo Magalhães, no extremo oeste, Oziel Oliveira, vai responder por um processo referente a uma gestão passada dele na Justiça de 1° grau. A decisão, publicada nesta segunda-feira (22), é da desembargadora Ivete Caldas Silva Freitas. Conforme a magistrada, Oliveira é acusado de crime de responsabilidade – no caso de apropriação de verbas públicas, e falsidade ideológica – quando também era prefeito da cidade em 2004.

Como os supostos fatos ocorreram em gestão anterior, a desembargadora atendeu à determinação recente do Supremo Tribunal Federal (STF). Em maio do ano passado, a Corte estabeleceu que os gestores só têm direito ao foto especial [o foro privilegiado] quando os fatos ocorram durante o mandato e tenham relação com a gestão corrente. As acusações contra Oziel Olveira foi feitas pelo Ministério Público do Estado (MP-BA).

Fonte: Bahia Noticias

Blog Odestaque

Brasil: Ministério da Saúde abre hoje segunda fase da vacinação contra gripe

C-P-S2

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe entra em nova etapa hoje (22) em todo o país. A primeira fase, que teve início em 10 de abril, vacinou crianças, gestantes e puérperas. A partir da próxima segunda-feira (29), o Ministério da Saúde abrirá ao restante do público-alvo.

A partir desta segunda, também podem receber a vacina trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

De acordo com o ministério, 41,8 mil postos de vacinação estão à disposição da população. Além disso, 196,5 mil profissionais estão envolvidos, com a utilização de 21,5 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais.

A doença

A influenza é uma doença sazonal, mais comum no inverno, que causa epidemias anuais, sendo que há anos com maior ou menor intensidade de circulação desse tipo de vírus e, consequentemente, maior ou menor número de casos e mortes.

No Brasil, devido a diferenças climáticas e geográficas, podem ocorrer diferentes intensidades de sazonalidade da influenza e em diferentes períodos nas unidades federadas. No caso específico do Amazonas, a circulação, de acordo com o ministério, segue o período sazonal da doença potencializado pelas chuvas e enchentes e consequente aglomeração de pessoas.

Até o fim de março, antes do lançamento da campanha, foram registrados 255 casos de influenza em todo o país, com 55 mortes. Até o momento, o subtipo predominante no país é influenza A H1N1, com 162 casos e 41 óbitos. O Amazonas foi o estado com mais casos registrados: 118 casos e 33 mortes. Por isso, a campanha foi antecipada no estado.

Fonte: Agência Brasil

Blog Odestaque