1ª Mostra de Talentos + que Especiais apresenta arte e sensibilidade dos alunos da educação especial, em Barreiras

Capa

DSC_1039

DSC_1051

DSC_1054

DSC_1069

DSC_1088

DSC_1108O Palácio das Artes recebe durante os dias 10 e 11, a exposição do projeto “Arte transpondo limite: o desafio de incluir” e a 1ª Mostra de “Talentos + que Especiais”, promovido pela Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer através da Subdiretoria Municipal de Acessibilidade e Inclusão. Ao todo, 35 escolas municipais da sede e do campo participam do evento que envolve aproximadamente 300 alunos atendidos pela Sala de Recursos Multifuncionais da Educação Especial.

 Sentimentos em formas e cores, pinturas, esculturas e expressões artísticas são algumas das formas que crianças e adolescentes com deficiência encontraram para transmitir a mensagem das experiências e vivências que permitem liberar a criatividade. Ao lado da mãe Mônica Santos, a aluna do 5º ano, Raissa Cristina de 14 anos sorria o tempo todo e mostrava seu quadro com multicolagens. “Estou muito feliz em acompanhar a evolução de minha filha, que já reconhece as cores, formas e objetos. Agora, o próximo passo será ensinar a cozinhar”, disse Mônica.

Na abertura nessa manhã de terça-feira, 10, a secretária de educação Cátia Alencar, os pais, estudantes das escolas municipais e particulares compareceram para prestigiar. Conversando com o aluno Gabriel Lima da Paz, da Escola Municipal Luiz Viana, a secretária Cátia elogiou as produções e o empenho dos professores do Atendimento Educacional Especializado-AEE.

“Tudo preparado com muito carinho e dedicação dos alunos, monitores e professores das salas de recursos multifuncionais. Esse projeto tem como foco o incentivo à socialização, espírito colaborativo, integração e boa convivência, além disso, a participação dos alunos com deficiência, transtornos e altas habilidades/superdotação é fundamental para o desenvolvimento cognitivo, motor e afetivo, por meio da arte”, ressaltou a secretária Cátia.

A subdiretora da Acessibilidade e Inclusão, Eliene Fernandes convidou a população para conferir os trabalhos e enfocou os benefícios para os alunos com o projeto. “Estaremos aqui nesta terça e quarta-feira, 10 e 11, com todos nossos alunos e a presença das 35 escolas que participaram da construção desse projeto, que envolve a sensibilidade, expressão e afetividade. Convidamos a população para prestigiar os trabalhos e ganhar uma nova perspectiva do mundo, porque temos sim, artistas mais que especiais nas escolas municipais”, finalizou.

Fonte: Dircom